quarta-feira, 30 de maio de 2018

Adiando o inevitável

Do ponto de vista institucional, o debate diário de comunicados do Conselho Diretivo contra comunicados da Mesa da Assembleia Geral a que temos assistido nos últimos dias é um upgrade em relação ao bate-boca Facebook vs Instagram entre presidente e jogadores que tivemos de suportar em abril, mas não é propriamente refrescante. Pelo contrário, a troca de argumentos e acusações a que temos assistido nos últimos dias de pouco tem contribuído para um esclarecimento real dos sportinguistas. O assunto é complexo, as interpretações dos estatutos não coincidem, e ficarei surpreendido se esta discussão não terminar na barra dos tribunais, considerando as posições antagónicas e aparentemente irreconciliáveis que separam as duas partes.

De um lado, a atuação de Jaime Marta Soares tem sido pautada por uma deprimente combinação da notável incompetência que já lhe era reconhecida, com motivações recém-surgidas que são pouco claras. Os avanços, recuos, voltas e reviravoltas que já protagonizou são dignos da mais elaborada das danças de salão, e tremo só de pensar na eventualidade de ter o bombeiro-comendador ao comando de uma das AGs mais potencialmente explosivas da história do clube.

Do outro, Bruno de Carvalho está empenhado em bloquear todas as iniciativas que o possam colocar à disposição da vontade dos sócios a curto prazo. Não é complicado perceber o que leva o presidente a seguir esta estratégia, havendo duas possíveis leituras: do ponto de vista dos interesses do clube, parece-me elementar que uma AG destitutiva ou eleições sejam empurradas para um período em que não haja uma época desportiva para preparar ou um empréstimo obrigacionista para concretizar; mas esse adiamento também é (muito) conveniente para a agenda do próprio Bruno de Carvalho, já que isso também lhe permitirá ganhar tempo para muitas cabeças esfriarem, para algumas crises expirarem ou serem resolvidas, e para mais títulos serem conquistados. Seja qual for o caso, o tempo corre a seu favor caso não surja uma nova catástrofe (knock on wood).

Mas mesmo num cenário em que o presidente consiga levar a sua avante (ou seja, não realizar a AG e marcar eleições a curto prazo apenas para a MAG e CFD), a sua legitimidade, muito afetada pelos acontecimentos recentes, não sairá minimamente reforçada. Pior, continuaremos a viver um cenário em que basta um par de demissões para fazer cair o Conselho Diretivo e sermos novamente arrastados para eleições - e sabe-se lá se isso acontecerá num bom ou num mau momento para o Sporting.

O melhor cenário - diria mesmo que o único cenário - para dar o muito necessário reforço de legitimidade é a marcação de eleições para todos os órgãos sociais, a realizar algures entre setembro e novembro - mantendo-se a atual direção em funções até lá. Olhando para o imbróglo estatutário em que estamos metidos, creio que deveria caber à própria direção tomar essa iniciativa. Qualquer solução que não passe por aqui será apenas o adiamento de algo que será inevitável. 

28 comentários:

  1. Mestre,

    Concordo com o agendamento das eleições para o período pós-fecho de mercado e são cada vez mais as vozes que defendem essa via.
    Até lá, julgo que não serão tantos assim os que mudarão de opinião sobre quererem, ou não, manter esta Direcção (ou o que resta dela).

    Por outro lado, entendo que até os próprios candidatos que se apresentaram e que se poderão vir a apresentar, terão mais tempo para preparar as suas listas e projectos, apresentando assim algo que tenha ideias e gente credível.

    Já é mais que hora da MAG e de alguns sportinguistas, que muito escrevem na CS e blogosfera, começarem a perceber que fazer as coisas à pressa nesta altura será comprometedor do ponto de vista do EO, negociação das melhores condições de vendas/aquisições de jogadores (essencial para continuarmos e apresentar resultados positivos), bem como a preparação de nova época em todas as modalidades.

    Mas duvido que Marta Soares, o comendador demissionário não demissionário, esteja minimamente preocupado com os interesses do Sporting e não tenha já entrado num estado confronto até às últimas consequências.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pior do que isso.. Marta SóAres é fraco, submisso aos interesses q o comandam -> de lembrar q ele se demitiu em vésperas do jogo da final da taça (NÃO PODIA TER ESPERADO MAIS UNS DIAS??)... ou melhor ele não se demitiu (nem queria, pelas revelações de Luís Giestas), como bom carneiro, Eduardo Proença de Carvalho deu a ordem, e o Carneiro seguiu o rebanho...

      Agora Marta SóAres É UM ZOMBIE, não o deixam morrer nem o deixam viver, i. e., não o deixam demitir, nem o deixam fazer as coisas certas... e o cobardolas sem coluna, tem muito medo e não tem força para se defender a ele mesmo (está numa posição surreal e absolutamente ridícula, de homem sem palavra), quanto mais defender o Sporting e os seus sócios...

      Temos que ajudar o Marta SóAres, e recolher assinaturas para o pôr a andar, tenho A CERTEZA ABSOLUTA QUE ELE ATÉ IA AGRADECER BASTANTE, pois não é exactamente ele que ia-mos pôr a andar, são os interesses q estão agarrados à sua coluna q nem Gou`alds... iríamos libertar Marta SóAres...

      Eliminar
  2. Eu interrogo-me é porque é que explicas as coisas tão bem no texto e depois tiras conclusões tão parvas.

    Suponho que o escrevas a gritar isenção.

    É claro que BdC fará de tudo para empurrar a decisões sobre a direcção para depois do mercado de transferências, porque têm que esfriar as cabeças ou o Marta Soares sai num caixão da AG, tem de preparar a nova época, tem de aprovar a reestruturação financeira.

    Vamos para eleições fazer o quê? Não há candidatos nem programas, só desfiles de croquettes e feiras das vaidades. Se ele marcasse eleições para amanhã, ganhava. Nunca teve abaixo de 51%, mesmo no pico da crise. Ele pessoalmente ganha BOLA com isto, está a cuidar do clube. Que é algo que muita gente NÃO ESTÁ a fazer.

    ResponderEliminar
  3. O teu melhor cenário ignora por completo que o ataque ao posto é precisamente para impedir o Presidente de terminar o que comecou, com o emprestimo obrigacionista e o resgate de grande parte do capital da SAD... a ideia não é salvar o Sporting ao retirar o Bruno de Carvalho do cargo mas sim continuar retirar o homem para continuar tudo na mesma, com ricciardis e holdimos com uma mão dentro do clube.

    Mas claramente seria a solucão ideal para todos. Mas vamos lá ver se isso vier a acontecer se os candidatos aparecem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pior! .. o Mestre ao falar do Facebook vs Instagram parece sugerir que pensa que a MÁXIMA EXIGÊNCIA, *ATITUDE E COMPROMISSO*, não resulta!!.

      Resulta com quase todas as outras modalidades, com 4 Títulos de Campeão Europeu e o 5º a caminho (Futebol Praia), Campeões Nacionais em quase todas as modalidades, até Rugby Feminino -> TODOS OS SPORTINGUISTAS DEVIAM DE OUVIR AS PALAVRAS DA CAPITÃ DO RUGBY E DO SEU Treinador (O Mestre está a ir na guerra psicológica da JORNALIXEIRADA IMUNDA-> tudo o que dizem q está mal é que é o correcto ) ...

      ... mas agora pôr pressão e exigir dos profissionais OBSCENAMENTE MAIS BEM PAGOS DO CLUBE, é um crime de lesa pátria e uma coisa indigna (... por mim se não querem ser campeões, não querem dar 200%... *uta q os pariu, não defendo nada de violento, mas ao *minimo* suspiro da minimazinha insatisfação, vender LOGO ao melhor preço... autênticos CALHAUS COM OLHOS, q não vêem nem percebem que se vão enterrar desportivamente em qualquer me*da nojenta q NUNCA ou muito raramente vai lutar por títulos, como Leicesters por exemplo, e estão bem só porque há muito mais dinheiro... então esses NUNCA, ou só com muita sorte vão ser campeões, pois não têm com eles essas ganas, ESSE ADN... logo muito logicamente não devem interessar por ali além ao Sporting, por muito boas pessoas que sejam, ou muita qualidade técnico táctica que tenham)... e isto não invalida de achar que BdC esteve mal ao dar raspanetes em público (FB significa nada), mas por isso deixar de exigir é que Nunca...

      Eliminar
    2. também ignora q ESTE PRESIDENTE teve 2 sufrágios, dos mais concorridos de sempre e alguma vez, com vitórias absolutamente esmagadoras... e mais um nos tempos próximos e seriam 3 em menos de 2 anos, e completamente desnecessários e bastante detrimentes ao normal funcionamento da instituição (nem em Itália, sítio tradicionalmente de MUITA dificuldade de arranjar claras maiorias e consensos, são assim tão estúpidos para andarem com circos várias vezes ao ano... e Portugal é exemplo inequívoco q "geringonças" funcionam bem muitas vezes... maiorias absolutamente esmagadoras, deveriam funcionar muito melhor!)

      se calhar também ignora q se deve respeitar a vontade dos sócios... se 90% votam num sentido, não é estar a repetir a mesma coisa vezes sem fim até conseguirem mudar opiniões (democracia NÃO É VOTAR, democracia é respeitar a vontade duma maioria, por muito contrária que seja da nossa)

      Eliminar
  4. Não existindo nenhuma evidência de ligação entre a Direção e os acontecimentos da academia e os casos de corrupção denunciados, não vejo nenhuma necessidade de haver qualquer legitimização. Só se for para fazer a vontade a JMS ou à CS, mortinhos por vender mais jornais e fazer especiais sobre o Sporting.
    Os argumentos contra BDC são essencialmente a sua péssima comunicação, a forma como lida com os jogadores e, em geral, com todos os agentes desportivos, internos e externos. Ora, isso sempre foi assim desde 2013. O homem desde sempre mostrou ao que vinha. E essa postura foi validada no ano passado e reforçada já este ano! Ou será que alguém só nestes últimos meses é que se descobriu que o homem é assim?
    Não podemos andar sistematicamente nestas tretas da legitimização. Sempre em eleições e plesbicitos. E isto é válido também para a Direção: a AG deste ano foi uma valente treta, absolutamente desnecessária. Para mim, a par com a renovação de JJ, uma péssima decisão. Ainda assim nada que justifique terminar prematuramente o mandato. No fim, cá estaremos para avaliar e decidir.

    ResponderEliminar
  5. Neste momento, já nem considero legítimo o CD ir a eleições apenas por culpa das imbecilidades do Jaime Marta Soares. Os órgãos demissionários é que precisam de eleições. Só.

    ResponderEliminar
  6. Mestre,

    http://sicnoticias.sapo.pt/desporto/2018-05-30-Ha-mais-um-caso-que-vai-abalar-um-dos-grandes-do-futebol-portugues

    Se isto estiver relacionado com o Sporting, BdC leva a machadada final e vamos para a AG.

    Se isto não estiver relacionado com o Sporting, os holofotes podem virar e BdC pode com isto ganhar o fôlego necessário para adiar a AG/Eleições.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu suponho que seja o assunto sobre o Maritimo e Benfica, ou sobre a contratação do João Amaral.
      Mas não me admirava nada que numa altura em que se fala dos assuntos acima, viesse mais uma história sobre o Sporting.

      É esperar.

      Eliminar
    2. Acho que vão ter uma surpresa muito desagradável.

      Eliminar
    3. Paulo Gonçalves...,para variar.

      Eliminar
  7. ''O melhor cenário - diria mesmo que o único cenário - para dar o muito necessário reforço de legitimidade é a marcação de eleições para todos os órgãos sociais...''

    E os estatutos?????
    O cenário é seguir os estatutos, apesar de qualquer aberração achar que pode inventar...

    Todos os órgãos sociais a eleições???????????? Mas porque raio?????????? Onde está isso nos estatutos???

    Para dar o necessário reforço de legitimidade??????????? Este CD foi eleito há 15 meses com mais de 80%, há 3 meses, em AG, reforçou essa legitimidade para quase 90%...

    Fico na dúvida se este blog é exclusivo para acéfalos ou se é para gozar com a burrice de alguns...

    ResponderEliminar
  8. Querem evitar a todo o custo a reestruturação financeira.

    NÃO PASSARÃO!

    ResponderEliminar
  9. Cada vez está mais claro o que move jms. Notícias de hoje: Sobrinho pede uma AG da SAD afim de destituir o actual CD. Claro que, se isto suceder,virão logo os paladinos de sempre exigir o mesmo no que se refere ao clube. Se dúvidas houvesse, deixaram de existir.

    ResponderEliminar
  10. Dá para manter longe dos clube os 2?

    ResponderEliminar
  11. É óbvio que as intenções da Holdimo é ter assento na administração e sabe-se lá tomar posições que não servem o Sporting. Por outro lado, percebe-se que JMS tem uma agenda e alinhada com a CS. Mesmo que não seja assim alguém no lugar dele que deveria de ser de discrição e sobriedade quer chamar os holofotes para si e para a desestabilização do Sporting completamente alinhado com a comunicação social. Realmente não consigo compreender quais as motivações de JMS. Assim tenho de estar ao lado desta direção que demonstra defender os reais interesses do Sporting CP o que parece não agradar aos inimigos. Os opositores internos que sejam oposição em sede própria que é junto dos sócios e não alimentar esta penosa fogueira que só dá armas (ainda que demagógicas) aos rivais.

    ResponderEliminar
  12. https://misterdocafe.blogspot.com/2018/05/golpada-estatutaria-jaime-marta-soares.html?m=1

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Monteiro, escusas de citar como exemplo um blogue que é pago pelo próprio CD, pois de isento nada tem.
      Tal como o Camarote Leonino ou o A Norte de Alvalade não são exemplos de isenção, esse Mister também não é. Lavagem cerebral que só os mais incautos seguem.

      Eliminar
  13. Mas ha que dar mais voz aos Socios?!?!? este ano ja se deu a voz e saiu Bruno de Carvalho com 90% em todos os pontos... deixem mas e de merda e apoiem a direccao ate ao fim do mandato e depois fazemos as contas, nao e isso que dizem sempre do futebol??? nas outras direccoes que eram de bradar aos ceus nao era sempre o que se queria?!?!?! ja e a terceira vez que se da a voz aos socios na era Bruno de Carvalho....deixem mas e trabalhar quem esta a trabalhar bem e apoiem sem comprar as merdas que os croquetes querem impingir e voltar a sacar dinheirito do SCP porque agora ja ha dinheiro outra vez... tenho dito SL

    ResponderEliminar
  14. Possivelmente o clima de Alvalade pode ser finalmente de paz com eleições em Novembro, após o empréstimo obrigacionista e a compra das VMOCs.

    Assim sendo, podia candidatar se o Presidente, e os demais candidatos. Haveria um grande lavar de roupa suja e pelos vistos muitos candidatos. Coisas más e coisas boas poderiam vir de eleições. Em caso de vitória de BdC, teria até a chance de "limpar alguns traidores" refazer os conselhos fiscais, assembleia geral e reforçar o directivo.

    Mas em nada ganhariamos com eleições antes disso, tudo só iria piorar.

    ResponderEliminar
  15. https://www.jn.pt/desporto/videos/interior/jaime-marta-soares-disse-me-que-o-tinham-traido-9392099.html

    https://www.facebook.com/402107773535744/videos/442543529492168/

    https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/sporting/noticias/interior/subtil-de-sousa-confirma-candidatura-e-atira-marta-soares-devia-dedicar-se-mais-aos-bombeiros-9391484.html

    ResponderEliminar
  16. Mestre, Bruno de Carvalho está a tentar trabalhar, dirigir o sporting pois foi legitimado pelos sócios como nenhum outro presidente havia sido, pelo menos nos ultimos trinta anos!!! Ou temos que aceitar que pelo facto de TODA a comunicação social dizer que BdC tem que se demitir por (supostamente) não ter condições para continuar, nós sócios temos que lhes dar essa satisfação?? E porquê?? por uns posts e pelo facto de um grupo de delinquentes, marginais ter entrado na academia e de forma surreal ter agredido os nossos atletas!?? A culpa desse acto é de BdC??? Não me parece!! O que dizem e como se comportam os atletas das outras 54 modalidades que o sporting tem??? Criticam BdC ou apoiam-no e agradecem-lhe pelo trabalho realizado?? Como está, até ao momento, a época desportiva do sporting?? Temos ganho alguns títulos ou nem por isso...??? Os factos falam por si!!! Jaime Marta Soares É O CANCRO DENTRO DO SPORTING!!! Bruno de Carvalho, se depender de mim continuará a ser o meu presidente!!! Mas que já todos percebemos que estão a tentar dar um golpe no sporting e que Bruno de Carvalho, tal como sempre fez, está a tentar defender os interesses do sporting até ao limite das suas forças, isso já todos percebemos!! Porque o que está aqui em causa é, acima de tudo, a reestruturação financeira que está a ser levada a cabo!! Quem achar o contrário, na minha opinião, ou anda distraído ou é intelectualmente desonesto!! JAIME MARTA SOARES É O CANCRO QUE CORROÍ POR DENTRO O SPORTING E ESTÁ AO SERVIÇO DOS INTERESSES OBSCUROS QUE TODOS SABEMOS DE ONDE PROVÊM (SHOW ME THE MONEY)!!

    ResponderEliminar
  17. Bora pessoal.
    Vamos compactuar com certos " artistas " internos e externos, para irmos a eleições de 3 em 3 meses, ou de 6 em 6 meses.

    Penso que é o normal, e o "cenário", bem como "inevitável".

    É "necessário" legitimar a direcção do Sporting, de 3 em 3 ou 6 em 6 meses, com 80% ou 90% dos votos.

    Assim criamos todos muita estabilidade em todo o clube, na direcção, nas equipas, e em todas as modalidades.

    Tristeza.
    Ao que isto chegou.
    E tudo devido a " pressões à noite " de outras pessoas externas, que altasram para alguns " internos " que se demitem, mas não se demitem, que depois se demitem.

    Agora lembram-se leões citadinos, Nojásveis, Accionistas, de convocar uma AGE de destituição de 3 em 3, ou 6 em 6 meses, sempre que houver alarido na Intoxicação Social.

    Ganhem juízo e tenham vergonha dos neurónios que utilizam. ( Ou dos que não utilizam )

    ResponderEliminar
  18. Mestre, creio que o adiar quaisquer eleições até um período menos crítico é essencial, ponto. Não é mais ou menos conveniente para BdC e a sua direcção.

    A MAG e o CFD precisam de eleições e esse é o assunto premente. Em relação a eleições para o CD não tenho tanta certeza. Existe quórum. Se há de facto razões para eleições no CD então que se sigam os estatutos e acabou.

    Todo este circo à volta do assunto e tentativas débeis de lançar lama (as assinaturas já apareceram?) não justificam eleições nenhumas do CD. Pelo contrário: só vêm dar credibilidade a quem, como eu, acha que isto é uma tentativa antidemocrática de parar a operação financeira.

    ResponderEliminar
  19. O seu raciocínio enferma mais uma vez em vários erros básicos de lógica...

    Há cerca de 3 meses este mesmo presidente foi relegitimado em AG por uma maioria esmagadora de 90 por cento...

    O que aconteceu desde aí que ponha em causa a sua continuidade como o presidente em quem 90 por cento dos sportinguistas confiaram o destino do clube há cerca de 3 meses?

    Uns atritos, desentendimentos, discórdias, com alguns jogadores de uma (a mais importante, sem dúvida) das 55 modalidades do clube?

    Uma invasão da Academia protagonizada por umas dezenas de encapuçados que ficarão engavetados no mínimo meio ano, acusados de “terrorismo não lampiónico” (o pior de todos), sem que ninguém da direcção tivesse algo a ver com isso?

    Uma vaga de demissões, na sequência dos "atritos" e da “invasão”, de uma série de bufos, traidores, e ratazanas, cujo interesse não é outro senão fazer regressar o "Antigo Regime" ao Sporting?

    Serão estas razões suficientes para que o presidente que há 3 meses teve 90 por cento de apoio se demita?

    A resposta parece-me óbvia, como tão óbvio me parece que os muitos, poderosos, e influentes inimigos do Sporting (sempre aliados com as ratazanas internas) tentam aproveitar ao máximo a situação entre os sportinguistas que ficaram desorientados com a intensa pressão mediática para a “imediata e irrevogável demissão” do único presidente que defendeu vigorosamente os interesses do Sporting desde o saudoso João Rocha...

    Se o presidente se demitisse estaria apenas a fazer um favor aos inimigos internos e externos do Sporting, uma vez que a grande maioria dos sportinguistas continuam obviamente (basta consultar as várias sondagens no forum do Sporting) ao lado do único presidente que defendeu, defende, e defenderá sempre os interesses do Sporting em primeiro lugar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sai mais um gelado para a mesa do JMF, por favor.
      "Há cerca de 3 meses este mesmo presidente foi relegitimado em AG por uma maioria esmagadora de 90 por cento..." faltou acrescentar que daí para cá tomou atitudes e proferiu palavras que o deslegitimizou por completo.
      Pode ser cornetto.

      Eliminar
  20. Concordo plenamente com as eleições em setembro ou outubro, os sportinguistas estão muito divididos devido em grande parte à desinformação levada a cabo pela comunicação social desonesta que temos neste país e é fundamental acabar com esses estado de coisas pois temos que estar unidos em prol do SCP. Mas agora há outras prioridades, preparar a próxima época e afastar de uma vez por todas o incompetente do Marta Soares, este palhaço nojento que está apenas a defender os interesses do benfica e dos opositores de BdC... vá-se lá saber a troco de quê.

    ResponderEliminar