terça-feira, 29 de julho de 2014

Mitos benfiquistas

A relação com os bancos, a Fly Emirates e a Benfica TV                                                               
Na caixa de comentários do post que escrevi ontem sobre os empréstimos que o BES concedeu aos três grandes, alguns leitores benfiquistas contestaram uma frase minha (também num comentário): "Lá por o Sporting ter uma situação de capitais próprios muito preocupante (apesarem de passarem a ser positivos após a reestruturação) isso torna a situação do Benfica menos grave?". Interpretaram que eu queria dizer que a situação do Benfica não é menos grave quanto a do Sporting, mas não era esse o objetivo da frase.

Para que não hajam dúvidas em relação ao que penso: assumindo que as contas apresentadas pelo Benfica traduzem efetivamente a realidade do clube, é evidente que a situação do Sporting é bastante pior (pelo menos enquanto a reestruturação não se concretizar).

O que eu queria dizer com aquela frase em itálico é o seguinte: lá por o Sporting estar numa situação preocupante, que atingiu o limite ao não ser capaz de cumprir as obrigações com os bancos, tanto no pagamento de juros como na amortização dos empréstimos, não quer dizer que o Benfica seja um bom cliente para os bancos. Não é por o Sporting viver uma situação pior que faz com que a do Benfica passe a ser boa.

Um bom cliente para os bancos é aquele que tem património superior aos montantes emprestados (ou seja, que o banco consiga liquidar para reaver o dinheiro emprestado em caso de incumprimento), que paga a tempo e horas, e que gradualmente vai amortizando a sua dívida.

Ora, o Benfica cumpre apenas um destes requisitos. Sim, tem pago a tempo e horas, mas como? Contraindo sucessivamente novos empréstimos para pagar os que vencem. Pior, os novos empréstimos vão sendo de montante progressivamente mais elevado para cobrir os juros e outras necessidades de tesouraria mais urgentes.

(*) Incorporação da Sociedade Benfica Estádio no perímetro de consolidação do grupo

Para além disso, o Benfica não tem património que cubra os mais de €300M de dívida bancária e obrigacionista - o que é que o banco iria fazer com um estádio, com um centro de estágios no Seixal, com um museu, ou com uma barreira de vidro à volta da estátua do Eusébio?.

Portanto, o Benfica provará ser bom cliente quando começar a conseguir pagar efetivamente os empréstimos que contraiu. A venda em massa de jogadores parece ser um bom sinal nesse sentido, mas vamos primeiro ver quanto sobra depois de os fundos, empresários e outros comissionistas deitarem a mão à sua fatia dos milhões que têm sido anunciados.

Mas já que estou a falar sobre o mito que Vieira construiu sobre a boa situação financeira do clube, aproveito para falar de outras duas questões que o mundo benfiquista não parece estar a avaliar devidamente.


Tragam os carrinhos de mão para transportarmos os sacos de dinheiro: vem aí a Fly Emirates!

O mundo benfiquista entrou em êxtase perante a notícia da assinatura de um contrato entre o clube e a Fly Emirates para o patrocínio das camisolas das camadas jovens do Benfica. Tal arrebatamento não decorre propriamente pelo acordo que foi ontem divulgado (cujos montantes são desconhecidos), mas acima de tudo porque entreabre a porta para um contrato para patrocínio das camisolas da equipa principal já a partir de 2015/16.

Quem tenha lido as opiniões benfiquistas na blogosfera durante as últimas 24 horas, sabe que os nossos amigos vermelhos já estão a sonhar com a chuva de notas que começará a cair sobre o Estádio da Luz a partir do próximo ano, que nem lã de vidro em dia de derby. 


Mas a sério, quais são as vossas expetativas? Quantas dezenas de milhões acham que vão receber?

Pensam que vão receber sequer perto dos $39M / ano (ou seja, €29M) que o Real Madrid recebe pelo patrocínio da mesma Fly Emirates? 

Os maiores patrocínios atuais de clubes futebol - Fonte: forbes.com

Acreditam que a companhia aérea vai pagar uma verba astronómica ao Benfica para promover o seu único voo diário que sai de Portugal, às 14h25, do Aeroporto da Portela? Isto num país de 10 milhões de tesos que nos próximos anos dificilmente serão um mercado interessante para destinos asiáticos? Admito que os donos da Fly Emirates possam ter um certo nível de excentricidade, mas de certeza que não são parvos. 

"Ah, mas a marca Benfica patati patatá e os 14 milhões de benfiquistas espalhados em todo o mundo patati patatá". A sério, acreditam mesmo nisso? Acham mesmo que são 6 milhões cá e 8 milhões lá fora? Onde estão os 6 milhões quando só enchem estádios quando os títulos estão à mão de semear? Já nem falo do ridículo dos 8 milhões: já viram a sondagem absurda que vos levou a determinar esses números?

"Ah, mas a visibilidade que o Benfica tem lá fora patati patatá um dos clubes mais prestigiados da Europa patati patatá". Pois, claro... Concedo que as duas últimas duas épocas foram muito boas e que a carreira na Liga Europa tenha aumentado essa visibilidade, mas esqueçam: não há nenhum clube português que rivalize, em termos de visibilidade mediática, com os grandes espanhóis, ingleses, alemães, franceses ou italianos. Se o Benfica fosse aquilo que vocês pensam que é, não estaríamos a assistir ao êxodo dos vossos melhores jogadores. Pensam que foi só por dinheiro que eles saíram? Claro que não, vão para campeonatos em que os clubes do fundo da tabela faturam duas ou três vezes mais em direitos televisivos que a Benfica TV - e porquê? porque têm, sim, isso, verdadeira visibilidade mundial.

A Fly Emirates há-de melhorar o contrato anual em relação ao da PT, é claro. Mas não pensem que vão ficar com todos os problemas financeiros resolvidos de um dia para o outro.

in record.pt (outubro de 2012)


O retumbante e inquestionável sucesso financeiro da Benfica TV

Domingos Soares Oliveira divulgou recentemente alguns números globais sobre o desempenho anual do canal benfiquista:

in rr.pt

Mais uma vez vemos a direção benfiquista a praticar o seu desporto preferido: brincar com os números e esconder a realidade.

No mês de Janeiro atingiram os 300 mil subscritores (em mês de Benfica - Porto e Benfica - Sporting). Quantos têm agora, num mês de férias e em que a pré-época do Benfica não entusiasma? Domingos Soares Oliveira tem os números, porque não os partilha?

Tiveram receitas de €30M, e quando não cuidavam das transmissões recebiam €7,5M. Porque está a misturar batatas com cenouras? Receitas é algo muito diferente de lucro. Para comparar lucro teriam que:

1. Retirar aos €30M os custos de funcionamento (DSO disse no passado que os custos anuais deveriam rondar os €9M)
2.  Retirar aos €21M aquilo que a Benfica TV já gerava em receitas antes de passar a canal premium

Como é evidente, financeiramente a aposta da Benfica TV não compensou a melhor oferta da Sport TV, mas isso não invalida que tenha sido globalmente uma aposta ganha. Já o escrevi no passado, na minha opinião (de sportinguista e rival) a transmissão dos jogos foi uma boa decisão. O que se verifica é que mesmo assim os dirigentes benfiquistas preferem omitir a pequena parte que não lhes interessa. Nem assim os infalíveis da direção conseguem divulgar números claros e transparentes para os seus sócios e adeptos.

36 comentários :

  1. enfim, lá estão eles com o complexo do Benfica de manhã à noite. Ainda por cima com mais um chorrilho de lapalicadas que são mais ou menos evidentes, mas que se podem igualmente ver ao contrário. Mas devíamos ficar triste com mais um patrocinador que é melhor e paga mais que o actual ? Não se preocupe, que lá trataremos de cumprir as nossas obrigações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah lapaliçadas ... pois.
      "...mais um patrocinador que é melhor e paga mais que o actual..." será wishfull thinking?

      ahahah lapaliçadas. Evidências lindas ... acréscimo de 400ME na divida .... é muita lapaliçada junta. Ainda bem que é uma evidência e que todos veem e sabem que está lá ;)

      Eliminar
    2. Isso de cumprirem as vossas obrigações logo se verá.
      Quanto ao MdC escrever sobre este e outros temas que não agradam a lampiões, tens boa solução, não leias e muito menos comentes...

      Eliminar
    3. Não é complexo meu, caro anónimo. Vejo é muitos benfiquistas com manias de grandezas que depois ficam visivelmente baralhados quando vêm jogadores a querer ir para clubes "menores" como o Atlético Madrid, Valência ou Zenit. Como não encaixa na realidade paralela em que vivem, acabam por causar muita confusão. Um abraço.

      Eliminar
  2. "Nem assim os infalíveis da direção conseguem divulgar números claros e transparentes para os seus sócios e adeptos" ... porque não os têm.

    O que me impressiona maisd, muito mais, é aquele gráfico de crescimento da divida. Dos 100 aos 500 (quase 5x mais) em seis épocas desportivas. É obra de fazer empalidecer o godinho e de fazer o vale e azevedo dar voltas na cadeia (ele que está na cadeia porque, entre outras coisas, gamou 2ME ao beifica numa transferência)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os dados não se referem ao mesmo universo de comparação e, por isso, não são directamente comparáveis.
      Não invalida que se trata de uma evolução assustadora e não comportável no longo prazo.

      Eliminar
    2. Exatamente, de 2009/10 o Benfica colocou o estádio no perímetro das contas da SAD, o que significa que os números apresentados não são diretamente comparável com os anos anteriores. De qualquer forma desde 2009/10 o Benfica já vendeu jogadores por valores astronómicos como Di Maria, Ramires, David Luiz, Witsel ou Fábio Coentrão, e a situação foi sempre piorando. No 3º trimestre de 2013/14 melhou pela 1ª vez, graças às vendas de Matic, Rodrigo e André Gomes. Um abraço.

      Eliminar
  3. É natural , já que a partir de 2010 inclui o estádio.

    ResponderEliminar
  4. E ainda mais, desses 30 milhões tem que se retirar o IVA, pois se é faturação, esse valor contem 23% de IVA, que tem de ser entregue ao Estado.

    Logo, os valores andam bem piores do que a proposta da OliveDesportos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também reparei que esse valor não está deduzido nas contas.

      Mestre, e os custos com a aquisição de direitos de transmissão dos jogos estão incluídos nos 9M€?

      SL

      Eliminar
    2. Não tenho forma de ter a certeza, mas normalmente quando se fala em receitas e em custos não se inclui o valor de IVA (ou seja, o Benfica terá faturado €30M + IVA, e os custos de funcionamento são €9M + IVA).

      Segundo DSO, esses €9M incluem os custos anuais das ligas estrangeiras (ou seja, €2,5M da liga inglesa - comprada a €7,5M por 3 anos).

      Um abraço.

      Eliminar
  5. Caro mestre...este post tem de ter uma versão de bolso - tipo Apontamentos Europa-América.
    Há-de aparecer cá sempre um benfiquista a contrariar...
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão no direito deles, Liga dos Mancos. Mas estou à vontade com isso porque tenho convicção naquilo que escrevi. Vivo num mundo real onde os ricos não gostam de despejar dinheiro em patrocínios só porque os adeptos desse clube pensam que pertencem à elite mundial. Um abraço.

      Eliminar
  6. Concordo com a sua opinião sobre a transmissão de jogos na Btv. Foi uma aposta ganha, embora financeiramente não compense nesta fase aquilo que foi a melhor proposta da Olivedesportos (nos termos em que foi divulgada).

    Relativamente ao tema Fly Emirates, quase que apetece perguntar: "Mas é suposto pedir desculpa por arranjar um patrocinador, mais a mais alguém com nome?
    Não sei quanto a empresa em causa colocará, posso até inverter a pergunta:Quanto acha que será? 7M/ano? Seria um aumento de 30% e tal por cento. Era mau?

    Não vejo mesmo o ponto de se enrolar neste tema da Fly Emirates, sobretudo num contexto em que pouco se sabe e em que pelo menos até junho de 2015 é a MEO quem tem o patrocínio principal do clube.
    Acho que uma justa avaliação deste tema carece ainda de tempo para se perceber o que realmente implicará de retorno.

    Saudações,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não têm que pedir desculpas por isso, caro anónimo. A questão é que lendo e ouvindo alguns comentadores e adeptos benfiquistas fica a parecer que a assinatura com a Emirates vale um campeonato. É um patrocinador importante, claro, com grande exposição por alguns clubes que patrocina, e certamente que representará um aumento em relação ao contrato atual com a PT, mas fiquemos por aí.

      Concluindo: não desvalorizei a obtenção da Emirates enquanto patrocinador, desvalorizei as reações excessivas que li e ouvi relativamente ao facto de a Emirates poder assinar um contrato com o Benfica no futuro.

      E claro, não me importava que um patrocinador desse tipo assinasse um contrato mais vantajoso para o Sporting. Nestas coisas acima de tudo o que conta é o dinheiro que entra no clube. Um abraço.

      Eliminar
  7. Ahah...demolidor como sempre.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. Só dor de corno. Adoro ler este tipo de textos, em que a azia escorre pelos cantos do monitor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que aprecia, Benfiquista Tripeiro. Não era esse o meu propósito, mas se gostou na mesma fico satisfeito. :)

      Eliminar
  9. Mestre, você é um autêntica central de comunicação! Você presta serviço público! Tem de ir para a Sporting TV, já!! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente já lá temos quem o faça muito bem, caro anónimo. :)

      Eliminar
  10. É isso Mestre!

    Eles que continuem a 'varrer o lixo (dividas) para debaixo do tapete'... Não tarda nada têm um elefante na sala...

    E depois, lá vem a 'propaganda lampiónica' (vulgo tapete), com esta do patrocinio da emirates, como se isso é que fosse a salvação... É o estilo do 'orelhas', a última noticia é sempre 'o melhor jogador do planeta', ou 'a melhor venda', ou 'o melhor e maior patrocinio', etc, etc... E depois, um passivo de mais de 550 M € (SAD + clube)... E as galinholas a cacarejar... É assim como se passo a passo as galinholas se fossem aproximando cada vez mais do precipicio, mas tá tudo bem... O azar deles é que as galinhas não voam, esvoaçam... Por isso quando cairem há-de ser com estrondo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E como há propaganda, YaZalde... somos inundados regularmente com relatos das proezas de gestão do Benfica, mas a verdade é que os resultados continuam a estar altamente dependentes das vendas de jogadores. Um abraço.

      Eliminar
    2. Yasalde continuas a ser mentiroso.
      Ainda estou a espera que me digas quais são os 5 titulos do sporting nos ultimos 10 anos! Afirmação tua. 550M? Só mais uma mentira das tuas... Mas para vocês faltar á verdade não é mentir é ironizar esqueci.

      Eliminar
  11. MdC

    Os taberneiros ainda não perceberam que andam a ser dirigidos por um grupo de malabaristas.A Chevrolet vai patrocinar o Man United com um contrato de 7 anos de publicidade nas camisolas que vai render ao clube mais de 450 milhões de euros.A Adidas vai durante um período de 10 anos fornecer equipamentos ao Man United num negócio que envolve 900 milhões de euros.E andam os taberneiros eufóricos por terem enganado a Fly Emirates...mas o negócio deve ser tão bom que ninguém sabe os valores.

    De resto MdC se a Fly Emirates só tem um voo para as Arábias qual vai ser o retorno para a companhia áerea ?.

    Já agora MdC no Sábado passado depois da final do jogo do Tabernas estava o Andrade a fazer comentários naquela televisão que se brasileira ou sérvia que se chama BTV(os parolos até do nome deles tem vergonha).Lembrei-me que ele foi jogador do Sporting durante vários anos e senão me engano até lá fez a formação.Mais tarde jogou no Benfica,ou no tempo do Vale Azevedo ou já no inicio da era orelhas.Mas que gajo burro.Que trolhão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, para já o patrocínio cobre apenas as camisolas das camadas jovens, pelo que o valor deve ser residual. Acredito que tenha valores muito interessantes para a nossa realidade se no final da época que agora se inicial a Emirates passar a patrocinar as camisolas da equipa principal, mas sempre longe dos valores que clubes dos grandes campeonatos europeus recebem. Um abraço.

      Eliminar
    2. Ó king parolo... compara as receitas do Benfica com alguém que jogue no mesmo campeonato do Benfica! Fizeste um contratozito com a macron ou lá o que é e ficaram a parecer a naval... tens as receitas do meo e das transmissões antecipadas e mesmo assim facturas menos de metade.

      Eliminar
    3. Tá calado ó taberneiro.Depois das 7 da tarde devias estar a dormir.

      Eliminar
  12. Mestre,

    Outra coisa que não se fala quase nada actualmente, no contexto do futebol português, é o caso do 'dopping'... O que para aí deve ir de vergonhas...

    Ora vejam lá o clube de carnide e as lesões mais que estranhas que para ali vão... E nem uma palavra na comunicação social... No SCP, o Dier sofreu um traumatismo no joelho no jogo com o Utrecht, e era só noticias... Os de carnide têm 6 ou 7 lesionados (3 defesas centrais) e não se fala nada sobre isso...

    Como se sabe o Jesus, por alturas do seu nascimento (finais de Dezembro), gosta que os seus jogadores bebam através do "santo graal" para aguentarem o resto da temporada... Diz que é um 'chazinho'...

    Enfim, 'mitos'...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. YaZalde, é verdade que houve aquelas histórias do doping das equipas de Jesus, mas tanto quanto me lembro vieram cá para fora dias depois de Casagrande ter dito que se dopava no Porto, ou seja, parece uma notícia na ressaca de outra de doping. Não sei se tem algum fundo de verdade ou se foi simplesmente contra-informação, mas não acredito que Jesus faça isso no Benfica. Parecem-me mais táticas à anos 80 e 90, e aí acredito que determinados clubes o tenham praticado - e houve notícias que o confirmaram. Um abraço.

      Eliminar
    2. Mestre,

      Eu também não tenho a certeza sobre o 'doping', mas no contexto do 'post', isto é como as bruxas... Muita gente diz que não acredita, 'mas que as há há"...

      Abraço Leonino

      Eliminar
    3. Sabes uma coisa que não é mito? Um vice depositar dinheiro na conta de um árbitro.

      Eliminar
    4. Outra vez arroz??!??

      Ou será FRUTA???

      Eliminar
    5. Eu percebi a ideia, YaZalde. :) Um abraço.

      Anónimo das 21:44, quanto tempo é que demorou para esse vice ser forçado a sair do clube? Há quanto tempo os presidentes de Benfica e Porto, apanhados em escutas a escolher árbitros, estão nos seus cargos e a ser re-eleitos pelos respetivos sócios?

      Eliminar
  13. Não se chamasse ele Jesus para fazer os "milagres" quando são precisos ,aliás desde o tempo do Felgueiras que ele é conhecido pelas suas receitas milagrosas.Coitado do Felgueiras tão depressa esteve na Europa como acabou por descer de divisão.Por causa disso é que dentro dos meandros do futebol todos diziam que as equipas do Jesus só eram boas no inicio da época e depois abafavam.

    ResponderEliminar
  14. Nunca poderei estar de acordo com a transmissão televisiva dos jogos pelo próprio clube. Isso não existe em lugar nenhum do mundo, exceptuando este, onde os dirigentes de futebol são mais protegidos que no país da Máfia (lembrar a descida de divisão do Benfica/Juventus do sítio...).
    Numa competição desportiva tem de haver (um mínimo) de equilíbrio, Justiça e equidade, ou seja, ou todos transmitem, ou ninguém transmite, só num país do salve-se-quem-puder é que um clube transmite os seus jogos e manipula (e repete) as imagens como muito bem entende.
    Ainda na época passada ouvi pelo relato da Antena 1 que o JJ "atacou" um fiscal de linha (no jogo com o Estoril, após um golo anulado) ao ponto de o homem ter fugido para dentro de campo! Acham que a Benfica TV mostrou alguma coisa?

    Um sportinguista nunca poderá estar de acordo ou querer imitar estas trampolinices de um dos clubes mais aldrabões do mundo. O nosso presidente falou muito bem, mas infelizmente há muitos sportinguistas que não só invejam um canal camaleónico e farsante (BTV) como, ainda por cima, o pagam mensalmente, contribuindo directamente para a destruição do clube que dizem amar...

    ResponderEliminar