quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Há petróleo em Alvalade

O anúncio das três contratações de inverno do Sporting tem demonstrado, mais uma vez, que as reações de muitos comentadores a situações idênticas variam consoante a cor das camisolas. Peço a vossa atenção para este pequeno vídeo em que têm a palavra José Sousa e Joaquim Rita:



É indiscutível que o Sporting é a equipa portuguesa que, até ver, investiu mais dinheiro em reforços nesta janela de transferência, assim como também é indiscutível que o Sporting é a equipa portuguesa que mais investiu no merrcado de verão. Uma situação que é nova, visto que o habitual é serem Benfica e Porto as equipas mais gastadoras.

A inflexão do discurso é evidente: quando eram Benfica (nos últimos 4 anos) e Porto (na altura em que o Porto tinha a hegemonia) os mais gastadores em contratações, muitos comentadores optavam por destacar a valia dos atletas e o músculo financeiro e desportivo que os clubes exibiam. Agora que é o Sporting, temos que gramar com bocas do tipo "há petróleo em Alvalade" e que estão a ser jogadas "as fichas todas", como se fosse um ano de tudo ou nada.

No que é que ficamos? Poderá o Sporting gabar-se igualmente de estar a exibir "músculo financeiro", ou estamos perante uma gestão irresponsável que, caso não ganhe o título, pode colocar em causa o equilíbrio das contas e da tesouraria da SAD? A resposta, como é hábito, não se situa em nenhum dos dois extremos.


O impacto nas contas: investimento vs custo


Estará o Sporting a arriscar-se a um enorme prejuízo por causa destas contratações? A resposta é simples e direta: não.

O significativo aumento dos gastos com salários registado ao longo das últimas três épocas colocaram o Sporting numa situação em que é obrigado a recorrer à venda de jogadores para equilibrar os resultados operacionais. Aquilo que o Sporting recebe de direitos televisivos, de publicidade, de bilheteira, de merchandising e de prémios da UEFA não é suficiente para cobrir os salários da equipa de futebol e as despesas de funcionamento da SAD. Como tal, se não vender, apresentará um prejuízo significativo, à semelhança do que acontece com os rivais. Ainda assim, os rivais têm uma dependência ainda maior da realização de mais-valias de vendas de jogadores.

No entanto, estas três contratações (cujo valor total deve rondar os 10 milhões) não vêm alterar muito o panorama, por causa da questão investimento vs custo. Ao contrário dos salários, que são custo puro, os valores investidos em passes de jogadores são considerados como investimento, o que significa que vão sendo convertidos em custo de forma diluída, ao longo da duração de contrato dos jogadores. Se os três jogadores tivessem assinado contratos de 5 anos, então, esta época, o acréscimo de custos rondaria os 2 milhões (1/5 dos valores da compra) mais os seus salários (que não devem ser muito elevados). Ou seja, acaba por ser um acréscimo pouco significativo em relação ao nível de custos que já tinha sido orçamentado para esta época.


O impacto na tesouraria

A questão da tesouraria é diferente. Se o Sporting se comprometeu a pagar uma percentagem importante dos 10 milhões a pronto, então terá de ter dinheiro fresco para os pagar de imediato. Desconheço a situação de tesouraria atual, ou seja, quanto dinheiro disponível que o Sporting tem nas suas contas, mas é bem possível que seja necessário aumentar o endividamento (seja através de empréstimos bancários de curto prazo, seja através da antecipação de receitas). Essa necessidade dependerá também das vendas que se façam neste período de transferências: obviamente que, vendendo agora um ou mais jogadores excedentários, o dinheiro que se receba poderá ser utilizado de imediato nos compromissos assumidos com a aquisição de Wendel, Misic e Rúben Ribeiro.

Teremos que esperar pelo final da janela de transferências para fazer esse balanço.


A importância da reestruturação financeira

Ao contrário do que aconteceu nos dois primeiros anos de gestão de Bruno de Carvalho, o Sporting está hoje dependente de vendas de jogadores algo significativas. No entanto, o esforço de reequilíbrio levado a cabo aquando da reestruturação financeira ainda está a produzir efeitos, permitindo que o Sporting não esteja tão dependente de vendas como os seus rivais, pelos seguintes motivos:
  • Benfica e Porto têm custos de estrutura superiores (entre 25 a 30 milhões/ano a mais) 
  • Benfica e Porto e custos com juros superiores (entre 10 a 12 milhões/ano a mais)

Só aqui, são menos 35 a 40 milhões de euros de custos anuais que o Sporting tem de compensar à partida com receitas ordinárias ou com mais-valias de vendas de jogadores (não confundir com valores de vendas de jogadores). Para o bem e para o mal, o Sporting tem uma concentração de recursos muito superior na sua equipa de futebol - o que, por um lado, reduz a necessidade de receitas para ter orçamentos para o futebol ao nível dos rivais, mas, por outro, leva a que não haja departamentos de apoio tão funcionais - como em áreas como o marketing, área comercial ou corporate.

Será também importante que o Sporting mantenha a sua política de pagamento de comissões, caso contrário ficará bastante mais complicado realizar as mais-valias necessárias para manter o equilíbrio das contas.


O impacto desportivo

Numa época em que apenas o campeão se apurará diretamente para a Liga dos Campeões, e em que o terceiro classificado irá direto para a Liga Europa, é duplamente fundamental a conquista do título. Como tal, é importantíssimo que se acerte nas contratações. Wendel é um jogador caro mas muito promissor, que vem na linha de contratações como as de Bruno Fernandes, Acuña ou Dost. Há um maior risco associado, claro, mas as probabilidades de se acertar são bastante superiores, bem como o seu potencial de valorização. Misic entra numa lógica semelhante à de Piccini, Ristovski ou Battaglia, de custo moderado, mas também com potencial de crescimento e valorização. Rúben Ribeiro é a contratação mais barata e com menor potencial de valorização, mas é um jogador que vem para acrescentar desportivamente no imediato - não como titular, mas para dar maior profundidade ao plantel.

Convém não esquecer que o sucesso desportivo e a participação na Liga dos Campeões ajudam muito na tarefa de valorizar atletas.


O investimento acumulado

Ao que parece, muitos comentadores esqueceram-se de que o investimento acumulado dos últimos anos de Benfica e Porto é muito superior ao do Sporting. Se o Sporting "perdeu a cabeça" ao contratar Dost por 10+2M, Acuña por 10M, Bruno Fernandes por 8,5M ou Alan Ruiz por 7M (e agora Wendel por 7,5M), Benfica e Porto têm cometido loucuras bem superiores.

O Benfica contratou Jimenez por 22M (mendilhões, é certo, mas com impacto nas contas como se fossem milhões), Rafa por 16M, Pizzi por 14M, Samaris por 10M, Mitroglou por 7M, Jovic por 7M, Carrillo por 6,5M, Zivkovic por 6+3M ou Cervi por 6M. 

O Porto contratou no mês passado Oliver por 20M, mas também Imbula por 20M, Corona por 10,5M, Alex Telles por 6,5M, Depoitre por 6,5M, Boly por 6,5M, Felipe por 6,2M ou ainda Layun por 6M, 

No caso do Benfica, há uma agravante: enquanto o Sporting contrata quase exclusivamente com a ideia de reforçar a sua equipa principal, o Benfica, todos os anos, contrata um camião de jogadores que não tem qualquer intenção de integrar no seu plantel.

Em todos os clubes houve casos de sucesso e de insucesso, mas, até ver, diria que o aproveitamento do Sporting nas suas grandes compras tem sido bastante positivo. Não sei se o mesmo poderá ser dito no caso dos rivais. E, curiosamente, não me lembro de na altura ter ouvido comentários sarcásticos sobre haver petróleo na Luz ou no Dragão.


Conclusão

Investir mais dá maiores hipóteses de acertar nas contratações. Acertar nas contratações aumenta as chances de sucesso desportivo. Sucesso desportivo contribui para a valorização dos jogadores e para a realização de maiores encaixes.

É indiscutível que o Sporting tem arriscado mais em contratações avultadas do que era hábito, mas essas contratações têm-se revelado, genericamente, bastante acertadas. O aumento dos gastos no futebol coloca o Sporting na obrigação de vender mais do que o desejável, mas falamos de valores que, olhando para o plantel atual, parecem perfeitamente alcançáveis: o Sporting precisará de fazer duas boas vendas (na casa dos 20 milhões de mais-valias cada) ou uma GRANDE venda (na ordem dos 40 milhões de mais-valias). Olhamos para o plantel e, em ano de mundial, não parece uma missão assim tão complicada, pois William Carvalho, Acuña, Bruno Fernandes, Bas Dost, Battaglia, Coates e, sobretudo, Gelson, são jogadores com mercado e que darão certamente bons (ou grandes) encaixes numa futura transferência.

E convém não esquecer um outro pequeno-grande pormenor: na próxima época, entrará em vigor o novo contrato de direitos televisivos assinado com a NOS, que assegurará um novo aumento importante de receitas.

Por fim, esclarecendo José Sousa: não, não há petróleo em Alvalade. Como tal, existem riscos nesta aposta forte do Sporting na sua equipa de futebol. No entanto, face ao que está em jogo esta época, face ao bom uso que tem sido dado ao dinheiro, e face à valorização em curso dos jogadores do plantel às ordens de Jorge Jesus, é um risco que me parece perfeitamente calculado e razoável.

54 comentários:

  1. Caputa de post tão cheio de imprecisões:
    -"Estará o Sporting a arriscar-se a um enorme prejuízo por causa destas contratações? A resposta é simples e direta: não." - Não? e se saírem Alan Ruizes?
    -"Ainda assim, os rivais têm uma dependência ainda maior da realização de mais-valias de vendas de jogadores." - mentira, conseguem ter muitos mais proveitos em áreas em que o Sporting não tem ou são escassas.
    -"Desconheço a situação de tesouraria atual" - ehehe, o MdC conhece tudo menos aquilo que é negativo no Sporting.
    -"Benfica e Porto têm custos de estrutura superiores" - mentira, são semelhantes.
    -"Benfica e Porto têm custos com juros superiores" - certo, não têm VMOCs.
    -"O Benfica contratou"...ó diabo, quando vende é em mendilhões, quando compra já são milhões?
    -"E convém não esquecer um outro pequeno-grande pormenor: na próxima época, entrará em vigor o novo contrato de direitos televisivos assinado com a NOS" - falso, o Sporting já usufruiu de cerca de 1/4 dessa verba em adiantamentos, pelo que na próxima época não entrará dinheiro ou será outro adiantamento, com os inerentes juros bancários.
    É bom que estes assuntos sejam devidamente esclarecidos, para isso estou cá eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então cá estou eu para esclarecer.

      1. Das cinco contratações de valor elevado, três são comprovadamente boas: Dost, Bruno Fernandes e Acuña. Wendel logo veremos. Até ver, não há risco de enorme prejuízo por aqui.

      2. Sugiro que veja qual seria o prejuízo de um e outro clube caso não tivessem realizado vendas, para concluir qual está mais dependente.

      3. É impossível a alguém de fora saber com exatidão o estado da tesouraria de qualquer clube, devido ao fluxo constante de entrada e saída de dinheiro. Pode-se ter uma ideia, mas não ao ponto do detalhe da existência de 10 milhões disponíveis.

      4. São muito superiores, é ver custos de pessoal + FSE's no R&C

      5. Como diz o Rui Vitória: a vida é mesmo assim.

      6. Os mendilhões não têm impacto na tesouraria, mas têm impacto nas contas como se de milhões se tratasse - a curto prazo nas receitas, a médio/longo prazo nos custos.

      7. Pode ter usufruído de parte (que não é 1/4, isso é absurdo: no 1º trimestre de 2017/18, o Sporting tinha 26,2M de factoring, que representa cerca de 2/3 de 1 ano de contrato da NOS).

      Eliminar
    2. Vá, levanta-te do chão rena. Para a próxima corre melhor!

      Eliminar
    3. Rudolfo dias... Vai comer um cão! Deves ser do estado lampianico.

      Eliminar
    4. Como "desarmar" este anormal em poucas linhas...

      Eliminar
    5. Caputa de sova acabaste de levar, oh roto-fina!

      Eliminar
    6. Ca ganda confusão oh Rena... vamos ver uma coisa, pois o Mister desta vez também não ajudou;

      31 milhões de lucro : Neste exercício passado já estão incluídos o Dost o Battaglia o Bruno Fernandes o Alan Ruiz a renovação do Coates o Matheus Oluveira e outras coisas muito menores, como estão a venda do Rúben Semedo e outras coisas menores, a juntar à venda do João Mário e Slimani no fim do Verão de 2016... DE LEMBRAR QUE UM EXERCICIO COMEÇA A 1 JULHO ATÉ 30 DE JUNHO DO ANO A SEGUIR

      Portanto neste exercício ACTUAL q começou a 1 Julho de 2017, só tens a compra do Acuña e do Doumvia q são ~ 16 milhões, mais agora os ~10 Milhões até agora, mas ainda tens para contrabalancear os 29 milhões do Adrien mais ~ 5 milhões do Schelotto e Zeglar (bem no fim do Verão) outras coisas muito menores, e cerca de 20 milhões da Champions e passagem aos Oitavos da liga Europa...

      É SÓ FAZER AS CONTAS, mas para ajudar foi anunciado um lucro de ~25 milhões a 30 de Setembro de 2017, tendo em atenção que as coisas andam equilibradas, e ajudando aqui faltar receitas da Uefa de jogos (coisa que o Carnide vai receber 0 (zero))... Com as compras até agora pode-se suspeitar fortemente q o lucro para o 3o trimestre (31 Março de 2018) aponta para um lucro entre os 10 e 15 milhões (tirar 10 aos 25 anteriores)... ainda podemos gastar 10 milhões no tal casal po Dost q mesmo assim deve dar lucro...

      A mesma confusão passou-se com a me*da da doyen... quem me dera receber assim!.. Janeiro, depois Fevereiro mas mais Janeiro também, depois Março mas hei! mais Janeiro... esta é a confusão que a JORNALIXEIRADA SUJA *CORRUPTA* faz constantemente, sim o Sporting gastou um pouco mais de 40 milhões em contratações, mas foi no exercício fiscal em que fez cerca de 90 milhões em vendas, practicamente TUDO para o clube(SAD), com ~4 milhões em comissões e alcavalas...

      Sim o Sporting PERDEU A COBEÇA e fez 40 milhões em compras, mas isso foi no exercício q deu *31 milhões de LUCRO*, pois fez o dobro em vendas..

      Neste exercício as compras estão em cerca de 26 milhões ATÉ AGORA, mas já tem > 35 milhões em vendas (Adrien Schelotto Zeglar + coisitas menores)... por isso a JORNALIXEIRADA não entende o que é dito pela direcção (lucro de 30 milhões entre compras e vendas até 31 Junho de 2018 -> onde é que está o petróleo!??), eles (jornalixeirada) INVENTAM as suas próprias contas para o Sporting!!..

      Com 31 milhões de lucro mais o lucro até agora anunciado é ALTAMENTE DUVIDOSO q a SAD tenha q recorrer por agora a mais endividamento bancário a antecipação de receitas ou tenha q vender alguma pérola com mercado à pressa... ou empréstimos obrigacionistas e ou outros artefactos... a menos que as contas estivessem "mendilhadas" até mais não, e isso não estão de certeza, pois é a razão pela qual odeiam o BdC com o fígado e os bofes (visceralmente).

      Eliminar
    7. Esta "verdeade" do MdC é escrita com tinta verde e lida através de lentes progressivas verdes.
      Eu, como alguém afastado dos corredores esverdeados, consigo discernir melhor certos aspectos que os adeptos com palas verdes não conseguem.

      Eliminar
    8. 7 - Esse facto apenas tem impacto na gestão de tesouraria e nada tem a ver com as contas de exploração anuais. Ou melhor o único reflexo nas contas serão os juros que pagar da operação de factoring. Se em lugar de factoring emitisse um empréstimo obrigacionista era exactamente a mesma coisa. Alguém viu nos custos do Benfica o valor dos empréstimos obrigacionistas se não estou em erro de 45 + 50 + 60 = 155M de euros. Por outro lado a cedencia de receitas futuras dos contratos por exemplo da Coca Cola, através de uma cessão de créditos e dação em cumprimento, tem praticamente o mesmo efeito da antecipação de receitas através de factoring.

      Eliminar
    9. Eish, o que para aqui vai!... é só bocados de lampião espalhados pelo chão da tasca ... tudo sujo ...

      Eliminar
    10. Quanto ao resto, nada de novo. Quando cheira a macho, a Jotinha e o Caldo Dushe não me largam.

      Eliminar
    11. Cudolfo,

      É só olhares para as contas do Sporting quando Bruno de Carvalho entrou no clube e comparar com a actual situação.

      É só olhares para as vendas que o Sporting fazia na altura em que pouco ou nada recebia pois tinha de dar de mamar a muita gente, Mendes incluído.

      Agora olha para as contas do teu clube e à luz daquilo que tem vindo a público sobre negócios e contas marteladas e perante o facto do teu clube ter uma das maiores dúvidas entre clubes europeus.

      Se quiseres faço-te um desenho e Mato lá uns números para perceberes para onde caminha o Sporting e para que buraco vai o teu clube com o Orelhas à frente.

      Remember Alverca!

      Eliminar
  2. Esses artolas avençados basearam se na Soccerex ou na propaganda cá do feudo?


    SL

    ResponderEliminar
  3. Completamente de acordo! José Sousa é mais um palhaço que "comenta" futebol. Começas a ouvir este palhaço e mudas de canal. É mais um AZIADO e prontinho para receber a cartilha..... se é que já não a recebe.

    ResponderEliminar
  4. O Benfica e o Porto pagam 10, 12 milhões de juros por ano. Os juros do Sporting são pagos pelo contribuinte.
    E dizem isso cheios de orgulho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já do cadastrado escroque que é o teu presidente quem paga ao NOVO BANCO ?.

      Eliminar
    2. Nada que se compare ao dinheiro que vamos gastar em gesso para tapar o buraco de 600M€ no BES.

      Eliminar
    3. Ai são? E pagas pelos contribuintes tem sido as dívidas contraídas pelo teu querido presidente.

      Eliminar
    4. claro e os adeptos do SCP também andam aí a matar pessoas.
      meter tudo no mesmo saco e lavar as mãos, dá jeito não é? era bom que assim fosse não é?

      reestruturar dívida não é sinónimo de perdoar dívida, só em cabeças com cérebro de ervilha

      Eliminar
    5. quando abaterem parte das dívidas pessoais do LFV não te esqueças de vir para aqui armar em fogareiro

      Eliminar
    6. Bilocas, o Luís manda-te um beijo... e os lesados do Novo Banco dão-te um carolo no meio da tua cabeça de lampião.

      Eliminar
    7. Contribuinte?! Isso nao é com o orelhas do teu presidente encarnado que devia 600milhoes do BES? AH, e ja agora, retira isso do "rumo ao penta" pq vais ficar na melhor das hipóteses com o tri pois a época de à 2 anos pelo menos vai ser retirada.

      Eliminar
    8. Para nao falar das dividas ao fisco e á segurança pessoal que Manuela Ferreira Leite fez o favor de perdoar...

      Eliminar
    9. Pior que isso oh Billou Redneck... O Frutas teve 90 milhões de despesa com o pessoal, o Merdica teve 125 milhões (devia-te cair o queixo, pois ter um polvo não é nada barato)... e o Sporting teve 68 milhões.

      Os valores estão nos respectivos RCs, e se o Sporting aumentar um bocado esta rubrica, não vem mal ao mundo nenhum, pois o Sporting é quase tão grande como o Carnide em Portugal (bem maior que o Porto) e os Sportinguistas estão a voltar em massa (as receitas têm vindo a aumentar substancialmente)... e no estrangeiro o Sporting é muito maior q os outros dois (enorme potencial de negócio, não só cobrar cotas a estrangeiros e ou a Portugueses no estrangeiro).

      Eliminar
    10. O teu presimente não se gaba de ser um grande negociador?
      Deve estar quase a renegociar a vossa dívida tal como renegociou tão bem o contrato da NOS...

      Eliminar
  5. Usando a musica do Jose Cid: Há petroleo em Alvalade / tudo tranquilo na luz / fazem falta jornalistas a sério / aqui no meu país.

    ResponderEliminar
  6. Veio o Bas Dost e logo alguns afirmaram que, assim, compensa apostar mais num jogador com provas dadas - há certeza de resultados.

    Mas calma, virem mais é que já é de estranhar. Depois de um jogador da seleção argentina, agora o brasileiro? Naaaa estes gajos estão de mão dada com investidores. É tudo fuga fiscal e falta de fair play e ____________ (juntar mais tretas).

    A verdade é somente esta: depois vemos.

    ResponderEliminar
  7. Ah e o "árbitro" Rui Costa tem que ser proibido de apitar o SCP pois o seu fanatismo é evidente!
    Não marca penaltis a favor do SCP,mesmo com indicação do VAR!E depois marca penaltis inexistente contra o SCP!
    Só não vê quem não quer!

    SL

    ResponderEliminar
  8. Porra Mestre, fale lá um bocadinho de futebol e deixe lá esse complexo de inferioridade para mais tarde. O Sporting jogou ontem, caso não saiba. heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na realidade, olhando para a qualidade do futebol exibido pelo Sporting, não diria que "jogou". Os jogadores deviam pensar que estavam num treino um pouco mais competitivo.

      Eliminar
    2. Mas o certo é que jogou!! E, bem ou mal, passou!
      Pergunte ao JF com quem jogou o seu clube.

      Eliminar
    3. Realmente o Sporting jogou ontem. E, com maior ou menor mérito, ganhou e passou às meias-finais da Taça de Portugal. E o seu clube, com quem jogou ontem?

      Eliminar
    4. Sim, jogou (mal infelizmente mas jogou) e passou numa competição que tu já estás fora. Algum comentário?

      Eliminar
    5. jf, e tu, ficaste isento nesta eliminatória, foi? heheh...

      Eliminar
    6. Sim, o Benfica já está fora, e? Estavam á espera que ganhasse sempre? hehehe

      De qualquer das formas dá sempre para rir esse tipo de resposta vinda de gente que provavelmente nunca viu o seu clube ser campeão desde que nasceu.. heheh

      Cumprimentos

      Eliminar
  9. Bom dia. Critérios...
    O Rita, há muito sabemos o que vomita.
    O Sousa, pergunto-me como é que este gajo é comentador. Será pela "complexidade física"?
    E já agora, o Miguel Prates devia estar com uma bezana do caraças, durante o nosso jogo de ontem. Efeitos do "Bar TV"?

    ResponderEliminar
  10. Ao fim destes 5 anos ainda não perceberam que o Sporting com BdC mudou!
    A reestruturacao e o facto de se vender melhor (recuperacao de % dos passes dos jogadores, maior valorizacao dos jogadores com JJ e menos comissões) permitiu ao clube aumentar o orçamento do futebol.
    Mas tambem seria interessante saber porque é que não há “petroleo” nos outros clubes.
    Por exemplo o benfica “alegadamente” teve um lucro de mais de 100milhoes em vendas, para onde foi o dinheiro?
    Porque não investiu na equipa? Porque insiste em contratar jogadores aos lotes e muitos nem chegam a jogar 1 único jogo pelo clube?

    ResponderEliminar
  11. O Polvo concorda consigo, Mestre. :)
    Valorizar um defesa esquerdo que custou 1,5/2milhões, após a excelente e inigualável campanha LC "zero pontos" e vendê-lo por 30milhões, é obra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom jogador, mas é absurdo pensar que já vale aquele dinheiro todo, e ainda por cima com o histórico de lesões que tem...

      Eliminar
    2. não é um bom jogador...

      porque é um lesionado crónico.
      porque não sabe defender e joga como defesa esquerdo.

      Eliminar
    3. Provavelmente, é o melhor defesa esquerdo jovem do mundo.
      30 milhões é vende-lo ao desbarato.

      Eliminar
    4. E isso do melhor jovem do mundo vem dos 10/15 jogos que faz por ano? LOLOL

      Eliminar
    5. Rodolfo, se essa cotação for a mesma usada no Renato "menino de ouro" Sanches, não vale um caralho.

      Eliminar
    6. Se esse gajo vale 30M, qual a cotação do Alex Tells ?

      Eliminar
  12. O meu comentário vai apenas à qualidade dos 'comentadores':

    - O Rita é dos comentadores mais cheios de si que existem no nosso meio, arrogância e opiniões completamente enviesadas, e lá está sempre ele na SIC a vender o seu 'conhecimento';
    - O Sousa é outra história, é um bronco (basta ver os comentários de ontem ao acompanhar Caldas-Farense) sem mínima cultura e conhecimento para comentar nada sobre futebol, no entanto o seu público lambebotismo ao Vieira lá lhe vai safando estas 'oportunidades'.

    ResponderEliminar
  13. que mais pode fazer o Sporting senão tentar ser campeão e reduzir os outros a meros figurantes? Não tem compensado ser campeão nacional?

    Gastem menos em cartilhas, vouchers, meninos queridos e digam ao janela para não comprar jornalistas.

    Assim já tem dinheiro.

    ResponderEliminar
  14. O que é um jogador de "grande complexidade física"?

    ResponderEliminar
  15. Há sim senhor petróleo em Alvalade!

    Estes senhores ainda não compreenderam que o CRÓNICO VOLTOU! Vão ter de levar connosco, mesmo que a dor de cotovelo seja muita. Por tudo isto BdC é um alvo a abater, faz muita comichão a muito "boa" gente.

    ResponderEliminar
  16. Não existindo petróleo em Alvalade, não estou convicto, que não haja areia na cabeça do comentador

    ResponderEliminar
  17. Old news!

    O Rita, já todos os conhecemos. E o outro imbecil -que de futebol percebe zero, é só mais outro lampiolho doente e anti Sporting primário que parasita na SIC.

    ResponderEliminar
  18. AO RAPAZINHO DA SPORT TV NEM LHE DOU IMPORTANCIA!! O RITA É UM DOS MAIORES NOJENTOS DA "VELHA GUARDA"!!! ANTI SPORTINGUISTA PRIMÁRIO QUE FINGE OU TENTA (MUITO MAL) FINGIR SER ISENTO!

    ResponderEliminar
  19. É assim que eu gosto deles!Cheios de dor de cotovelo! e que dor!
    Temos petróleo sim! com muito gosto! Deu-nos muito trabalho descobri-lo, chama-se Presidente Bruno de Carvalho! É com este filão que vão levar nas próximas décadas! É mesmo petróleo do bom e não pó branco, logo é legal e não dá prisão!

    ResponderEliminar