quarta-feira, 9 de maio de 2018

Block party

Ontem à noite calhou estar a fazer zapping e acabei por ficar a rever a 2ª parte do jogo de andebol de domingo, e apercebi-me de que ainda não tinha feito referência à block party do Edmilson. Foram festejados como se fossem golos.



10 comentários:

  1. esta equipa de andebol fez me gostar de uma modalidade que nunca tinha sequer visto um jogo inteiro e depois há 2 anos que tenho visto alguns, no primeiro bloco não é invasão de área por parte do Edmilson (desculpem a ignorância)?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vir da área ou atravessá-la é que é proibido, cair nela não.

      Eliminar
    2. É, sim.
      Mas agora fizeste-me lembrar o Duarte Gomes aquando da marcação do livre para a área do Benfica onde Rúben Dias fez aquela gravata ao Mathieu, mas que os ãrbitros fizeram vista grossa.
      O artista Gomes conseguiu vislumbrar um detalhe que ninguém até ali tinha notado: o livre foi marcado com um toque na bola (não me lembro quem foi o jogador)e depois o Ruiz toca 2 vezes na bola (uma colocando-a mais à frente e a segunda centrando-a).
      Segundo o artista Gomes (e bem), a bola não se deslocou com o primeiro toque do companheiro e, portanto, o Ruiz ao tocar 2 vezes na bola, cometeu infracção.

      Digo eu: querem ser picuinhas a este ponto? Então marquem todas as infracções que durante os jogos acontecem (são centenas). TODAS!

      Eliminar
  2. Sim deveria ter sido marcado invasão da área o árbitro de baliza não estava atento 😀 (e ainda bem)...

    ResponderEliminar
  3. Bem... Com cada " ABAFANÇO " lolol

    E sim, parece-me que no primeiro bloco há essa infracção referida.

    ResponderEliminar
  4. Eu diria perdão bancário party, ou VMOC party.
    Só assim conseguem uma equipa de andebol com vencimentos ao nível de um Barcelona.

    ResponderEliminar
  5. Não há infracção. Só é invasão se tocar na bola e no chão enquanto está dentro. Impressionante o que sportinguistas fazem, até espalhar falsidades. E nem fazem de propósito mas sim a ânsia de serem "isentos".

    Se fosse os piolhosos estava tudo caladinho mesmo que fosse infracção, quer sportinguistas ou piolhosos. Somos os nossos piores inimigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho qualquer tipo de ânsia.

      Não tinha noção de que podias estar dentro da área ( imagino agora, mais perto da baliza, tipo 2 guarda redes ou assim ), mas desde que saltes, não há problema.

      Eliminar
    2. Se não tens noção, para que não usas o google para teres noção, antes de mandares o bitaite vergonhoso que o Sporting ganhou ilegalmente?

      Nem és o pior que aqui está a postar, mas um dia vou perceber o porquê de partirem para o ataque casual ao Sporting com uma leviandade...

      Eliminar
    3. lol

      Onde escrevi eu que o Sporting ganhou de forma ilegal ?
      Por causa de um bloco ?

      Ataque ao Sporting.. ? Por causa de um bloco ?

      Mas ainda assim, fiz o que dizes ( só porque disseste, porque o meu comentário era irónico ) e o que se encontra nas regras é que :

      Quando um jogador de campo entra na área de baliza é sancionado do seguinte modo :

      a)Lançamento de baliza
      quando um jogador de campo da equipa em posse da bola entrar na área de baliza com ou sem bola, obtendo vantagem ao fazê-lo

      b)
      Lançamento livre,
      quando um jogador de campo da equipa defensora entrar na área de baliza conseguindo desta forma obter alguma vantagem, mas sem impedir uma clara ocasião de golo

      c)
      Lançamento de 7 metros,
      quando um jogador da equipa que defende entrar na área de baliza e com isso destruir uma clara ocasião de golo

      Para efeitos desta regra, não se entende o conceito “entrar na área de baliza” como sendo apenas necessário tocar a linha da área de baliza, mas antes entrar claramente na área de baliza.

      Eliminar