domingo, 6 de maio de 2018

Oportunidade perdida

Seguindo a regra que se tem observado esta época, o Sporting voltou a demonstrar dificuldades pouco compreensíveis na partida de ontem contra o Benfica. Em sete jogos já realizados em 2017/18 contra Porto e Benfica, não fomos claramente superiores em nenhum deles. É verdade que em alguns desses jogos conseguimos cumprir objetivos importantes (apuramento para as finais das duas taças), mas, do ponto de vista exibicional, fomos quase sempre uma equipa incapaz de controlar as operações, demasiado encolhida e com evidentes dificuldades de encostar o adversário às cordas quando a situação assim o impunha.

O resultado do dérbi de ontem acaba por ser simpático face ao que se verificou em campo. O Benfica teve as melhores oportunidades para marcar e só não perdemos graças a (mais) uma portentosa exibição de Rui Patrício. Não me lembro de o Sporting forçar Varela a qualquer defesa apertada. Oportunidades para marcar, do nosso lado, recordo-me de duas: aquela em que Dost prefere passar a Gelson - com a baliza e Varela à mercê - em vez de tentar marcar um golo que ficaria na memória coletiva sportinguista durante as próximas décadas pela magnífica roleta marselhesa que o deixou naquela posição privilegiada para finalizar; e um cabeceamento de Bryan Ruiz, na sequência de um canto, que saiu por cima da barra.

Em relação à arbitragem, Rui Vitória merece o Nobel do Descaramento pelas palavras que disse no final sobre o trabalho de Carlos Xistra. Não há penálti de Patrício sobre Rafa (que embate em Patrício após rematar), há penálti claro de Rúben Dias sobre Mathieu, o caso de bola no braço de William na área é apenas isso - bola no braço e não o inverso -, Rúben Dias faz penálti sobre Bas Dost, Rúben Dias (que já não deveria estar em campo) agride Gelson com o cotovelo, Bruno Fernandes também deveria ter visto vermelho em vez de amarelo, e não houve golo anulado a Jimenez porque o árbitro já tinha apitado há muito. No total, dois penáltis por assinalar a favor do Sporting e uma expulsão poupada para cada lado - sendo que o Benfica ficaria primeiro a jogar em inferioridade numérica, com todas as implicações que isso traria para o decurso da partida. Mais uma vez, foi o Benfica que foi salvo pelas arbitragens e não o inverso. Rui Vitória devia ter vergonha na cara, ainda mais quando se sabe a forma como conquistou os dois campeonatos anteriores.

O empate a zero adia a decisão do 2º lugar para a última jornada, estando o Sporting dependente apenas de si próprio para conseguir alcançar esse objetivo. No entanto, apesar de o resultado de ontem ter sido melhor do que a exibição, não podemos ficar satisfeitos com isso. Tivemos uma oportunidade para fechar em nossa casa a questão do apuramento para as pré-eliminatórias da Liga dos Campeões, e falhámos. Não há desculpas. Temos de ganhar na Madeira, dê por onde der.

P.S.: Parabéns aos portistas pela conquista do campeonato. Sendo o campeonato uma prova de regularidade e tendo sido o Porto a melhor equipa durante a maior parte da época, foram um justo vencedor. Um destaque particular para Sérgio Conceição, que sem poder reforçar a equipa "a seu gosto", soube construir um modelo de jogo muito eficaz para consumo interno com o material que tinha para trabalhar.

22 comentários :

  1. Nem mais. De novo os fulanos do costume a inverterem o impacto da arbitragem. Se eram contra o VAR e os sorteios é porque tinham interesse nisso. Agarrar alguém em Alvalade pelo pescoço na área do Benfica é uma curiosa excepção às leis do jogo. Há 2 anos o Lindelof fez isso para o 'jogo do título', agora de novo para o 'jogo da champions'. Vamos ver se para a semana não há padre para terminar o serviço

    ResponderEliminar
  2. O Sporting fez lembrar aquelas equipas pequenas que vocês tanto criticam a jogar para o pontinho. Mas sabemos que essa é a mentalidade do treinador que foi escorraçado do Benfica e que agora enfia o barrete ao vosso clube. Um barrete do valor das jóias da coroa inglesa.
    O vosso mestre da táctica foi completamente ultrapassado pelo professor de ginástica. Jesus sem ideias de jogo ou completamente ultrapassadas e queimadas (daí o fumo) e equipa sem fio de jogo (o único fio foi o que pendeu milagrosamente do céu).
    Zero oportunidades de golo, Varela o nosso Eddie Murphy até se riu pois não fez uma defesa.
    Ajuda divina de São Patrício e dos mais recentes gémeos santos milagreiros, São Postes.
    Agora a areia para os olhos e os gelados para as testas sportinguistas: penalti sobre Mathieu quando é o Rúben que corta a bola com o pé? Penalti sobre o Dost quando saltam os dois com os braços abertos e enganchados uns nos outros? E se Patrício não fez penalti, o que estava ele ali a fazer, obstrução ao Rafa? É o clássico penalti, guarda redes sai à bola, não toca nela mas toca no adversário. Mas já sabemos da predisposição do VAR para a verdeade desportiva. Falta sobre o Patrício quando salta com um defesa sportinguista, mas que falta? Não consegue agarrar a bola seguido de golo do Jimenez, isso sim.
    WC não faz penalti, concordamos. Rúben Dias e Gelson foi uma jogada normal de futebol, nem falta quanto mais cartão, agora o apagado e inútil Bruno Fernandes deveria ter sido expulso, concordamos.
    Claro que após estas ajudas, após o vergonhoso roubo na primeira volta e todas as ajudas que o VAR e os árbitros com relógios avariados vos deram, aos benfiquistas só resta que no próximo jogo entrem literalmente pela madeira dentro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta asneira dita..ai que crl :) Qual FC da fruta qual SL tretacampeoes...tu por mim levas a taça!

      Eliminar
    2. Rudolfo, se a cotovelada do Ruben Dias lhe parece um lance normal, talvez esteja a confundir a futebóis.

      Eliminar
    3. O Varela perdeu ( desde o início do jogo ) tempo, o total foram 3:47

      Mas olha, bons 20 minutos de jogadores que se agigantam contra os grandes ( Rafa que faz 1 bom jogo de 10 em 10 ) e do patinho feito Douglas, que tanto criticam.

      Ao Sporting não deixaram fazer mais, o que é diferente de ( apenas ) não conseguir.

      Bom puxão do Jardel ao árbitro por levar um amarelo ( alaranjado ), o que daria outro amarelo logo de seguida.
      Boas entradas de Samaris, que dariam acumulação ( 2ª expulsão, e sem contar já com dupla expulsão ao Ruben Cotovelos todos os Dias ), e na imagem vê-se ele a olhar para os colegas a rir-se ( depois de sair de perto do lance onde fez mais uma animalidade )

      Este Rudolfo deve ser um gajo pouco agressivo, deve.
      Jogada normal no futebol, andar a dar cotoveladas..
      Deves andar pela rua a dar cotoveladas às pessoas.

      Com esta frase fica mesmo a ideia que és um jagunço e brejeiro, que só quer é porrada e confusão ( não sei se és, mas fica essa ideia.. Mas se for ao contrário, e fores apenas um sonsinho, o que é basante credível, também era giro andar pessoal às cotoveladas à tua pessoa em jogos da bola ou na rua, e depois levantar a camisola a comemorar à tua frente, e ter lá essa inscrição " Lance normal de futebol " )

      Oportunidades foram 1 ou 2 para o Sporting e 3 ou 4 para o benfica ( em termos de remates enquadrados ), e se dizes que o Varela não fez qualquer defesa, então aproveita os decontos em qualquer Óptica.

      Nos resumos não colocam sequer o lance bonito e que não acontece todos os dias.
      Resumos de outros jogos têm 4 ou 5 minutos, o do dérbi teve 3 minutos.

      Já todos sabemos quem serão os árbitros do último jogo :
      Capelão, Varíssimo

      Eliminar
  3. O Porco não foi um justo vencedor, foram levados ao colo pela arbitragem (quase dez pontos a mais) e pela federação (aquela rábula do estoril foi vergonhosa). Tiveram um jogo em que foram prejudicados (contra Beneficia no Ladrão), mas foram beneficiados em inúmeros outros jogos (aliás a vergonha só não foi maior, porque houve uma espécie de justiça divina nos penalties em ambas as taças).

    O Beneficia não merecia vencer também, esses foram levados não ao colo mas num andor, e nas federações nem se fala. E vamos ver como vai ser na próxima semana, porque a encomenda vai ser bem grande (aliás como foi em alvalade ontem, mas vá lá que novamente, lá fomos protegidos por uma espécie de intervenção divina).

    Não dou parabéns a corruptos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já nem falo da vossa moral para mandar bocas sobre arbitragens este ano, só quero saber que 10 pontos foram esses. Sem imbecilidades à Hugo Gil Clube de Portugal, sustentadas em análises independentes da arbitragem. Num ano em que até o (vosso) Rui Santos e o (vosso) José Maniuel Freitas admitem que fomos a equipa , cito - de longe - mais prejudicada, é preciso muita falta de vergonha.

      Eliminar
    2. Simples, Andrade: roubados no Ladrão, mo canil lã-pião do Norte e contra os rabolhos. 1+1+2-2 para ti. Se eu mandasse no Sporting levaria o escândalo do Estoril até às últimas consequências pois vocês são uma corja de ladrões tão grandes como os dentes de piano. E não serão os euros da próxima CL (onde se viu a vossa «grandeza» com o estalo de cinco dedos que levaram em casa) a salvar-vos da falência....

      Eliminar
    3. Disse opinião sustentada, não grunhos metralhados.

      Eliminar
  4. Concordo plenamente consigo, sobre o iogo, esperava mais do Sporting, sobre Rui Vitória e outros, aquela gente está desesperada, que perderam a vergonha.

    ResponderEliminar
  5. Reforçar que há um cabeceamento de Coentrão que passa muito perto da baliza. Este ano sinto que fomos o contrário do que temos sido nas épocas anteriores. A qualidade de jogo não foi a mesma mas acho que fomos muito mais pragmáticos...
    Ontem houve 0 utilizações do VAR, pelo menos 3 que caso acontecessem seriam a favor claro do Sporting... Penaltie sobre o Mathieu, fora de jogo muito mal assinalado a Gelson do qual resultava um lance perigoso e aquela expulsão perdoada a Ruben Dias. De referir que Ruben Dias é o intocável e ontem consegue acabar o jogo sem um cartão, espero mais um repreensão por parte do CA. Bruno Fernandes foi perdoado também mas pareceu mais uma compensação pelos erros do que um "erro"...
    Parabéns ao Porto, e para nós agora é ganhar as duas finais que faltam

    ResponderEliminar
  6. Atenção que quem depende apenas de si é o slb... Basta ganhar o seu jogo.

    Este sporting, obviamente, que não passa na Madeira.

    Embora vá jogar o BFernandes (vergonha alheia pelo Xistra e pelo Macron) o arbitro certamente será do agrado das toupeiras.

    ResponderEliminar
  7. Estava a espera de ler a sua opinião sobre o pênalti do Patrício... Vindo de quem achou que o Matheus do Braga fez pênalti sobre bas dost.
    Ora em Braga em que ninguém tem a bola controlada e os dois jogadores vão no mesmo sentido você diz que há pênalti (porque não falta ofensiva?). Mas aqui diz que não há? Patrício toca a bola? Não. Toca Rafa? Sim. Impede Rafa de continuar a jogar? Sim. É que não há dúvida nenhuma... Ah e tal ele rematou... Mas houve um ressalto no poste! Não é por ter rematado que pode sofrer falta depois e não ser assinalada. (Em Braga a bola já ia do outro lado da pequena área e vocês queriam pênalti... Ou seja, já não chegar a bola pouco vos importava nesse lance). Lol... A piada é a vossa coerência.

    Se os lances de Ruben dias são penalti vai começar a haver penaltis a cada canto! E ainda lembro a vossa desfaçatez há uns anos num pênalti claro do ruiz sobre o luisao a dizerem que não era ou que se agarraram os 2. RD expulso? Lol... Só na vossa visão alucinada que fez do castigo ao Slimani um crime (em Inglaterra agrediu e levou logo 3 jogos na semana em que agrediu).

    Os dois campeonatos anteriores foram conquistados com muita qualidade... Ederson, Nelson, lindlof, Guedes, gaitan... Não foram fazer número para os Leicester da vida. Os 11 de ontem (e suplentes) que vão a Alvalade jogar sem gr e empatam o jogo! Mas estamos a falar de que? De colocar o presidente da liga? De "combinar" datas para os castigos?
    Você adepto da equipa mais beneficiads deste campeonato (Setúbal, Braga casa e fora, Benfica casa e fora, Moreirense, Tondela)
    até devia ter alguma vergonha.

    PS. Obviamente, parabéns ao vencedor e ao 2o...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lampionagem contra a unanimidade da opinião especializada, name a more iconinc duo!

      Eliminar
    2. Toupeira ridícula, o merdas do braga ceifou Dost, aqui é o azeiteiro que choca com o Rei RVI na pequena área. Além do Merdas a Dias também Pizzi deveria ter ido para a rua. Já Semedo, Lindelof e Gaitan são flops quase tão grandes como Sanches ou Gomes. Ficaste TRETA por causa do Sporting e ainda podes ficar PENTA cabeçudo nas modalidades: No Andebol, Voleibol e Ténis de Mesa já foste, logo veremos no Futsal e no Hóquei.

      Eliminar
  8. Mestre, ainda falta referir o fora de jogo mal assinalado ao Gelson que seguia isolado para a baliza. Um erro muito grave e que vai contra a norma do protocolo do VAR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais. E contra o carnide, era claro fora de jogo e mesmo assim continuaram a jogada.

      Eliminar
    2. Este erro e a cotovelada ao Gelson são os mais graves e difíceis de aceitar. O fora de jogo não existe nem sequer é duvidoso, era deixar jogar e depois pedir apreciação do VAR.

      Eliminar
  9. Discordo totalmente.
    Se há uma equipa que dispõe de toda a legitimidade para reclamar com a arbitragem, essa equipa é o slb, visto que são eles quem lhes paga.

    ResponderEliminar
  10. A discussão que interessa ter se realmente queremos ver o nosso clube campeão é esta: como é que cometemos esta proeza de fazer apenas 4 pontos em 16 possíveis contra Braga, Porto e Benfica. Talvez porque se sobrevalorizem alguns dos nossos talentos, talvez porque o nosso treinador seja demasiado conservador e rígido nas suas ideias de jogo, talvez por a arbitragem ser miserável. Uma coisa é certa, com estes números nos confrontos directos com os quatro primeiros era muito difícil ser campeão.

    ResponderEliminar