segunda-feira, 7 de maio de 2018

Glória em dose dupla

Foi no Estádio José Alvalade que se iniciou um dia de glória em dose dupla para o Sporting: perante mais de 7.000 espectadores, a equipa de futebol feminino venceu o Valadares por 4-1 e assegurou, a uma jornada do fim, a conquista do bicampeonato na Liga Allianz. 

A partida não começou bem: o Valadares inaugurou o marcador ao quarto de hora e o Sporting tardou a conseguir impor o seu jogo. Foi necessário recorrer ao talismã da equipa à meia hora de jogo: Ana Capeta entrou e mexeu com o jogo de imediato, assistindo Diana Silva para o empate. Os minutos seguintes foram um vendaval ofensivo e o Sporting chegou no espaço de cinco minutos ao 3-1, com golos de Carole Costa e, claro, de Ana Capeta. Na segunda parte, Carole Costa bisaria e fecharia a contagem do marcador, havendo ainda, antes do final, o bónus de termos o regresso da capitão Solange Carvalhas após longa ausência por lesão.

Parabéns a todas as jogadoras e equipa técnica por mais este êxito, esperando, naturalmente, que concretizem a dobradinha vencendo a final da Taça de Portugal contra o Braga. Depois que se comece a olhar para a próxima temporada tentando evitar alguns erros que foram cometidos na preparação desta época e que acabaram por contribuir para alguma estagnação exibicional à medida que o ano foi avançando.


À noite seria a vez do andebol assegurar o bicampeonato, com uma vitória sobre o Benfica por 33-27. A entrada em jogo foi absolutamente demolidora (com Pedroso, Carneiro e Portela em destaque) e rapidamente se construiu uma vantagem confortável que se manteve até ao intervalo. O Benfica voltou muito bem dos balneários e dominou o início da segunda parte, tendo sido capaz, inclusivamente, de anular a desvantagem e passar para a frente do marcador. A isso responderia o Sporting da melhor forma, aumentando os níveis de agressividade defensiva (que grande jogo de Valdés e Edmilson), contando com um enorme Cudic e voltando a ser eficaz nos lances de ataque, rapidamente repondo uma vantagem confortável que se foi ampliando até final, assegurando a 28ª vitória consecutiva (novo recorde nacional) e o 21º título da história.


De referir também o inacreditável ambiente que se viveu no Pavilhão João Rocha, onde marcaram presença mais de 2.500 espectadores. Apoio ensurdecedor do princípio ao fim que os jogadores souberam corresponder dando o título que todos queríamos.


Parabéns a todo o plantel e equipa técnica, e em especial a Hugo Canela, que demonstrou ser o homem certo no lugar certo e superou com distinção a desconfiança que existiu na altura em que foi chamado a substituir Zupo como treinador principal.


Agora vamos à Taça!

8 comentários:

  1. Parabéns leoas! Mais um título!!!
    Parabéns leões! Que raça!!!! Que entrega!!

    Mais duas taças para o nosso museu.
    Obrigada Sporting! Obrigada direcção! Obrigada equipas!

    Agora que os jogadores de futebol se inspirem nestas últimas conquistas e que mostrem de que são feitos na Madeira.

    ResponderEliminar
  2. Boas,

    Pequena correção: a final da taça ainda não está garantida. Falta a segunda mão contra o Estoril (vitória 1-0 na primeira mão).

    CTC

    ResponderEliminar
  3. Como não atingir a glória com orçamentos desses?
    Em andebol o orçamento é superior ao do vossos aliados e do Benfica juntos.
    Em futebol de saias o orçamento é semelhante ao de todas as outras equipas juntas.
    Relembro que orçamentos desses só são possíveis com VMOCs e permitidos com perdões de dívidas. 94, o número mágico.
    Com esta deslealdade concorrencial, eu este ano como benfiquista, provavelmente a única Gloria que posso alcançar é a minha vizinha, e mesmo assim não é quando eu quero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. epa mas quais orçamentos diz lá? o orçamento do teu clube de volley era SUPERIOR ao do Sporting, para começar.

      e que culpa tem o Sporting disso? que eu saiba a futebol tens o maior orçamento maior e mesmo assim se calhar nem o 2o lugar asseguras. Segues a mesma linha de pensamento aí também?

      E se são o clube português que gera mais lucro porque não investem nas modalidades?

      E queres falar de VMOC's? Vai instruir-te. Nem isso sabes o que significa.

      E perdão de dívidas? Queres falar do bpn? Queres falar dos milhões que o carnide ainda deve à banca? Enfia-te num buraco toupeira.....


      Eliminar
    2. Agora disseste tudo, não percebo de VMOCs. Mas suponho que dessas VMOCs lagartiónicas ninguém percebe, principalmente quando envolvem um perdão de dívida de quase 100 Milhões de euros de bancos intervencionados com o nosso dinheiro.
      94 milhões que podem ser aplicados noutro lado, nas modalidades, por exemplo.
      Facto: o plantel de futebol do Benfica é o que tem menor orçamento, treinador incluído.
      Facto: foi uma falsa notícia a que divulgou que o orçamento do volei do Benfica tem um orçamento superior ao do Sporting. Pelo contrário, o do Sporting é muito superior, tal como o de andebol é muitíssimo superior.
      Facto: confundes a vida privada com o desempenho de uma empresa. É o mesmo que confundires o Sporting com as sucessivas falências do teu querido líder Bruno.
      Facto: tu também não percebes de VMOCs e o perdão da dívida é um assunto que até a ti te deixa desconfortável.
      Facto: estás muito nervosa ou aproxima-se o período menstrual.
      Último fato: e gravata.

      Eliminar
  4. Lotação esgotada no site e depois estão centenas de cadeiras vazias? Tem de se arranjar solução para isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Havia imensa gente de pé no topo da bancada, em posições mais centrais.

      Eliminar
    2. E não eram centenas de cadeiras vazias.

      Eliminar