segunda-feira, 25 de junho de 2018

A vida após a destituição

A Assembleia Geral

Os sportinguistas pronunciaram-se no sábado de forma clara e escolheram destituir Bruno de Carvalho e os restantes membros dos órgãos sociais que ainda o acompanhavam. Enquanto sócio que votou contra a destituição, apenas tenho que respeitar a vontade da maioria - neste caso, uma maioria que não deixa quaisquer dúvidas quanto ao sentimento do universo sportinguista face à continuidade do agora ex-presidente, pois o sim ganhou em todos os níveis de antiguidade: de forma mais acentuada nos associados com mais anos de filiação, com mais equilíbrio nos sócios mais recentes.

Infelizmente, a reação de Bruno de Carvalho à derrota não podia ter sido pior. Primeiro falou a frustração, anunciando a renúncia ao estatuto de sócio e o fim de toda e qualquer relação com o Sporting. Um punhado de horas mais tarde falou a falta de noção, invertendo o sentido de marcha de forma súbita e anunciando que, afinal, vai impugnar a AG e recandidatar-se à presidência. O dia não terminaria sem mais um par de intervenções em direto que culminou com a humilhação de ver a sua chamada a ser cortada pela SIC Notícias quando se repetia e divagava em questões sem interesse. A impugnação é uma tremenda falta de respeito pela vontade dos sócios e os recuos e avanços não revelam nada de bom sobre a sua estabilidade emocional, o que apenas vem dar razão a certo tipo de críticas que lhe foram feitas ao longo dos últimos meses/anos, e que acabará por colocar em risco a forma como muitos sportinguistas recordarão (ou não) a parte boa do legado da sua presidência. Uma coisa é certa: continuando a seguir este caminho autodestrutivo e indo a eleições, será um milagre se conseguir repetir a votação de 29%. 

As pessoas passam e o clube, melhor ou pior, fica. E é também pela parte boa do legado de Bruno de Carvalho que, após tomada a decisão da sua destituição, há dois grandes temas que terão de merecer completa atenção dos sportinguistas daqui para a frente.


A ação da Comissão de Gestão


O primeiro tema é a ação da comissão transitória nomeada por Jaime Marta Soares que fará a gestão corrente do clube até às eleições de 8 de setembro. É certo que estarão em funções apenas durante dois meses e meio, mas são dois meses e meio absolutamente críticos, durante os quais serão tomadas decisões muito importantes sobre temas extremamente sensíveis - o maior dos quais é, pela sua urgência, a condução do tema das rescisões. 

De acordo com as palavras de Artur Torres Pereira (na semana passada) e do, sabemos agora, presidente da SAD Sousa Cintra (ontem), a estratégia passará por fazer regressar os jogadores ao clube e, nos casos em que tal não for possível, negociar um certo valor de transferência com os clubes que os contratarem. 

Admito que possa ser possível recuperar um ou outro jogador, admito que os adeptos receberão bem um ou outro que tenha tido mais razões para querer abandonar o clube, mas nunca poderei esquecer que os jogadores decidiram abandonar o clube num dos piores momentos da sua história - a maior parte dos quais numa atitude de oportunismo puro para se colocarem a jeito de receberem generosos contratos e prémios de assinatura - sem sequer dirigirem uma palavra aos sócios e adeptos que, de forma esmagadora, repudiaram os acontecimentos de Alcochete.

O pior cenário possível, para mim, será a via da negociação. Querer negociar com jogadores e clubes em circunstâncias destas é um cenário que nunca admitirei, porque cheira a pedido de esmola e é um péssimo exemplo para o futuro que se está a dar aos jogadores que representam ou representarão o Sporting: compensará sempre apresentarem uma rescisão por justa causa, por mais absurdos que sejam os seus motivos, pois já sabem que o clube ficará satisfeito se recuperar umas raspas do seu valor do mercado. Para bem do futuro do Sporting, é obrigatório procurar fazer valer os nossos direitos pela via judicial até às últimas consequências, contra os jogadores e contra os clubes que os acolherem.

Há, também, as questões financeiras de curto prazo: a emissão do empréstimo obrigacionista e a criação das condições necessárias para concretizar o acordo de recompra das VMOCs. É uma oportunidade irrepetível que não podemos desperdiçar, pelo que será um crime contra o Sporting se esta Comissão de Gestão não fizer tudo ao seu alcance para fechar de forma satisfatória esta questão fundamental para o futuro do clube.

São temas prioritários sobre os quais espero ter esclarecimentos da Comissão de Gestão nos próximos dias.


O processo eleitoral que se segue

Estará agora na altura de aparecerem os candidatos com as suas listas e programas. Não encaro os resultados de sábado como um sinal de que o regresso da linhagem anterior é uma fatalidade impossível de contrariar. É óbvio que vão tentar retomar o poder do clube e da SAD, mas não tenho dúvidas de que muitos dos que votaram a favor da destituição de Bruno de Carvalho não tolerarão o regresso a esses tempos.

Estou, por isso, confiante que aparecerão listas alternativas que valorizarão o desígnio do ecletismo, transparência financeira, intransigente defesa dos interesses do clube e ambição desportiva, sendo certo que o tal lado bom da presidência de Bruno de Carvalho estabeleceu uma bitola elevada nos aspetos que referi atrás. Felizmente, o Sporting de 2018 é muito diferente do Sporting de 2006, 2009 ou 2011, pelo que acho difícil voltarmos a um passado em que direções centradas no futebol sénior masculino usam e abusam do clube para as suas negociatas. O nível de escrutínio e exigência dos sócios nunca foi tão elevado como é hoje.

É perfeitamente óbvio para todos o caminho que os sócios querem, e isso irá refletir-se nos candidatos e programas que aparecerão. Caberá aos sportinguistas saber separar o trigo do joio e identificar aquele que tiver melhores intenções e maiores probabilidades de as cumprir com êxito.

P.S.: confesso que me meteu um certo asco observar a deferência com que os membros da Comissão de Gestão trataram certa comunicação social durante a conferência de imprensa de ontem. Espero que tenha sido um momento de hipocrisia e não de ingenuidade... porque aquela malta, que vos tratou nas palminhas nas últimas semanas, será a primeira a atacar-vos sem quartel se por acaso se tornarem incómodos para os donos disto tudo. Nunca se esqueçam disto.

58 comentários :

  1. Se ainda duvidas tive em relação a Bruno de Carvalho, agora ficaram totalmente dissipadas!
    Já nem sequer se trata da sua maior ou menor capacidade para tomar conta do Sporting, trata-se já de uma questão de saude publica e sportinguista. Isto está a tomar proporções doentias...
    Como este sr egocentrico não consegue deixar de ser protagonista, parece-me que os seus 29%, vão funcionar como alavanca desestabilizadora do clube. Há que deixar este Sr a falar sozinho, e dar-lhe o respeito de 29% dos associados.
    Da mesma forma que critico Pedro Madeira Rodrigues por usar o titulo de candidato para criticar o clube, também critico o BdC, que perdeu a destituição, e assim devia remeter-se para o anonimato/descrição de quem deixou de representar o clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desta vez, estou em total acordo consigo. Se não podia concordar com críticas subjetivas e até desfasadas do objeto concreto da destituição, não posso deixar de secundar e apoiar qualquer crítica ao estado de autismo face à inequívoca vontade dos sócios.
      o que não deixa de ser triste, pois (não tendo votado nele em 2013) reconheci rapidamente o bom trabalho que fez em todo o 1º mandato e em quase todo o 1º ano do 2º (acho que a deriva errática e ultra egocêntrica se inicia com o discurso de encerramento da AG de alteração de Estatutos). Mas não tinha perdido a legitimidade até ontem; a partir de ontem a vontade dos sócios não lhe dá sequer margem para os defeitos comunicacionais Não o perceber e continuar a estrebuchar delírios autistas só o farão perder o lugar que o 1º mandato ainda lhe podia reservar na História do Clube
      Saudações leoninas

      Eliminar
  2. Avança Mestre, o Sporting precisa de pessoas como tu.

    ResponderEliminar
  3. Não sei do que falas, porque os resultados foram manipulados.... mas quais 70%?! Também acreditas no pai-natal?
    Relativamente a reverter a golpada duvido que seja sequer possivel e como tal o proximo presidente será anunciado amanhâ e será o varandas.

    Discutir o futuro deixa de fazer sentido porque o clube morreu no sábado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quais manipulados? Porque estavam cerca de 100 pessoas a fazer barulho propositadamente e a mando de terceiros no altice arena? Não caias também nessa.. O bruno pediu a recontagem da votação e ainda ficou com uma minoria maior.

      Eliminar
    2. Deliras! Tem muito cuidado com o que andas a tomar.

      Eliminar
    3. Mas que provas existem de manipulação? Urnas transparentes e boletins contados à frente de todos. É puro "mau perder"!

      Eliminar
    4. Até podias ser tu contar os votos, que não ias ver nada.

      A burla foi nas credenciações e em boletins repetidos, pessoas que nunca tinham ido ( nem nunca mais irão ) a AG's do Sporting.

      Para que queria o Jaimão a pen ?
      O Sporting tinha, e tem, todas as condições para a verificar dos mesmos, bem como notário e Empresas isentas ( não Empresas da Cofina, nem notários arranjados à pressa ), bem como "voluntários" escolhidos pelo Jaimão.

      O Jaimão aé nos mandou abandonar as bancadas que estavam por cima das mesas de contagem.
      Porquê ?

      https://image.ibb.co/jVctn8/Cenas.png

      https://image.ibb.co/hNLEuo/Golpistas.png

      Eliminar
  4. Ponto prévio, BDC é passado, com as atitudes de ontem deve ter passado a sua percentagem para metade.
    É verdade que uma assembleia destitutiva é diferente de uma eleitoral, mas parece-me que caso BDC se candidate irá surgir uma lista única de união, que lhe vai tirar qualquer hipótese. BDC devia afastar-se disso, não percebo como ninguém lhe conseguiu explicar que vai ser sempre para baixo

    Quanto ao futuro, não deixa de ser curiosa como vai para presidente da SAD o presidente que mais parecenças tem com BDC na forma como exerceu a presidência. A diferença é que há 25 anos não havia facebook.
    Estamos a falar de um presidente que "ofereceu" um leão ao Sporting mas deixou a conta para o clube, que despediu um treinador após uma derrota (humilhante, é certo) europeia e um primeiro lugar no campeonato, e que não conseguiu evitar as saídas de Figo e Balakov da forma como saíram. Que criava belas equipas que nunca foram a lado nenhum porque o clube tinha tanta influência como hoje.
    O mesmo presidente que saiu de cena para entrar a geração da racionalidade económica, a qual começou, simbolicamente, por reduzir e referendar as modalidades.

    De agora e desta comissão não espero nada diferente. Ainda o cadáver de BDC estava quente já se falava nos acordos com jogadores para minimizar os riscos(Advogado Luis Filipe Carvalho na SIC, ex dirigente da Ordem dos Advogados no tempo de RA) e no fo«im das modalidades (na RTP3).

    Os pontos essenciais que deveriam arregimentar os sportinguistas são três: conclusão da reestruturação económica, modalidades e forma de lidar com os jogadores que rescindiram.
    Muitos deverão defender que Carlos Vieira seria uma boa hipótese. mas está umbilicalmente ligado a BDC, enquanto este estiver "vivo" não vai fazer nada.

    O novo Sporting será diferente do de BDC. Espero que difernete nos defeitos e igual nas qualidades. Mas não me parece.

    Quanto à imprensa, não me parece (nada) ingenuidade. Parece-me muito de agradecimento, sem o bombardeio diário desde o dia 15 de maio não estaríamos tanto aqui.
    (hoje, por coincidência, voltaram o Cashball e as rescisões/marcha atrás dos jogadores à baila como "resposta" à vontade de recandidatura).
    BDC foi um bom presidente nos primeiros 4 anos, devia ter percebido após dia 15 de maio que teria de se demitir e recandidatar. Os sintomas começaram com o episódio da "pxxx da gala", e foi um ano sempre a descer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LG, partilho em tudo a tua opinião. devolvi ao Sporting o meu cartao de associado na altura do episódio da gala, por entender que o mesmo se queria sobrepor ao clube. Tal como nao acredito em ídolos, o mesmo acontece com presidentes, nada está acima do clube.Ponto 1, nao vejo nada de anormal em se recandidatar, alias,nao esperava outra coisa( mesmo com o post da madrugada e o da tarde, qual é o argumento da bipolarização, quando o presidente da mesa que convoca essa assembleia fez o mesmo???? )Ponto 2,a votação está rodeada de suspeição, quem la esteve, nao pode negar isso, basta ver a quantidade de alertas que surgiram durante o dia e alguns vídeos que foram circulando, ainda as urnas nao tinham fechado e já se falava numa votação massiva na destituição.

      A minha opinião só nao está totalmente alinhada com a tua na questão do timing da sua demisso (acho que nunca se poderia apresentar a sua demissao, isso era dar o ouro ao bandido),no meu entender deveria ter deixado o "presidente" da mesa a "falar sozinho" e deixar AG ser realizada a 23, penso que se teria salvaguardado( em termos de opinião publica). Entrou em guerra com o episódio da comissão transitória elegida pelo Cd e a partir daí dividiu os seus apoiantes ( pessoalmente achei um episódio deprimente, violando gravemente os estatutos), porque sabemos bem, que a lei, muitas vezes, nao se encontra alinhada com o bom senso, mas ela existe e tem de ser aceite.

      ja circula pelos canais media a necessidade de se formar uma gestao profissional para a SAD (sportinguistas estejamos atentos ) ouvi esse argumento tres vezes no dia de ontem, o que me deixa preocupado( já acenderam o rastilho ;) ) basicamentente o que está implicito é a voz dos socios nao ter qualquer importância, no que se refere a gestao desportiva de duas ou tres modalidades ( as rentaveis) veremos se isso nao irá acontecer a curto prazo........com golpada ou de forma suave..........

      Se a votação é real, e olhando para o que foram as anteriores AGs e eleicões espero que seja aberto o caminho para uma terceira via, alguém com a mesma força na defesa dos interesses do sporting como o nosso presidente mas com um perfil mais unificador do que divisor.

      Eliminar
    2. Que tipo de viciação acha que houve?
      É que estive lá com mais 6 sócios, todos nós votamos 3 vezes no bdC e agora votamos no sim a destituição.

      Votamos na altura em que BdC estava no pavilhão e ficamos por lá mais uns minutos e saímos.

      Da percepção que tivemos é que o sim ganhava largamente e que contrariamente aos votantes do Sim, os do Não, muitos destes permaneciam no pavilhão.

      Tente explicar em que se baseia para dizer que houve viciação?

      Eliminar
  5. Esta comissão de gestão necessita de muita ajuda. Se o BdC falava sempre com duas pedras na mão, num discurso intimidante e medroso (a violencia verbal como resposta ao medo), agora parece que voltámos ao outro extremo, submissão e conformismo, so faltavam mesmo os whiskies e os salgados na mesa para dar á Comunicação Social.

    Depois continuam a falar e tratar dos assuntos como se o clube fosse uma colectividade de bairro. Honra ao discurso e postura e experiencia de Sousa Cintra, que creio, que com Inacio vão ser quem vai aguentar o barco.

    Em relação aos jogadores que rescindiram, penso que o assunto é demais estrutural para ser decidido por esta comissão. Deviam limitar-se a 2 posiçoes. Aceitar o regresso ao clube dos ativos mediante novo e semelhante contrato e anulação do pedido de rescissão. Ou continuar o processo em tribunal até ás ultimas consequencias. Tudo o mais devia ser decidido pela nova equipa diretiva a ser eleita em Setembro. Sob risco de doutra forma voltarmos a acordar fantasmas da tibieza que muito nos caraterizou no passado.

    Mas agora, devia ser dado aos jogadores e imprensa / publico nacional, o sinal de que já não existe BdC no clube, logo se era esse o problema podem os jogadores regressar.

    Não deixa de ser sintomatico que co jogadores tão bons e livres, nenhum clube assine contrato. Escepção ao clube da gestifute !!!


    ResponderEliminar
  6. Vai ser penoso assistir aos próximos tempos de Sporting e julgo que todos nós agradecemos que as eleições possam ser antecipadas.

    Não sei será possível e muito menos espero desta CG algum atitude nesse sentido.

    Clube, sócios, adeptos, equipas e atletas merecem um elenco directivo estável e que permite também ele estabilidade a todos os que nos representam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este CD estava estavel... Ate JMS entrar em mission mode

      Eliminar
    2. Havia muito a resolver, mas a verdadeira instabilidade veio daí. Depois foi a campanha da CS e dos lustres nojáveis. Quem acha que a votação foi limpa e em consciência não tem visto tv.

      Eliminar
    3. Havia muito a resolver, mas a verdadeira instabilidade veio daí. Depois foi a campanha da CS e dos lustres nojáveis. Quem acha que a votação foi limpa e em consciência não tem visto tv.

      Eliminar
    4. Realmente vou concordar pela 2ª vez com Pedro Madeira Rodrigues, (a primeira vez foi qd insultava o BdC) a 2ª agora quando diz que as eleições deveriam ser na pré-época o mais cedo possível.

      A CG não fará nada neste sentido, mas o mínimo que poderá fazer é trabalhar em conjunto com os candidatos para que o que tenham em comum seja logo feito.

      Shredder a mim parece-me que a verdadeira instabilidade veio dos sms em conjunto com as agressões que foi digamos o entornar do copo que já transbordava.

      Eliminar
  7. Olha!Acordou novamente Sportinguista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por criticar bdc deixou de ser sportinguista? O único que ouvi/li a dizer isso foi o próprio do bdc...

      Eliminar
  8. Nem mais.... A salvaguarda dos interesses do Sporting pressupõe a contestação judicial dessas rescisões e a existirem negociações, que sejam feitas em sede judicial. Não tolero mercenários nem traidores que à primeira viraram costas ao clube que formou muitos e que lhes proporcionou o "estatuto" que têm. Para mim não voltam a pisar Alvalade com as cores do Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo a tua posição e a de outras pessoas que assim se manifestam em relação aos jogadores, mas temo que seja uma posição emocional e não racional.
      É absolutamente impossível não chegar a acordo com os jogadores.
      Imaginando que os processos seguem todos para o Tribunal do Desporto (ou lá que raio é), o primeiro problema que vamos ter é o das provisões. Ainda não ouvi ninguém falar desse tema e é só o mais importante. Tal como aconteceu com a Doyen, o Sporting teria que ter provisões para cobrir a eventual perda desses processos. Estamos a falar de ter que ter cerca de 60 Milhões de euros parados.
      O segundo problema e considerando que o primeiro nem sequer existe, é não nos podermos dar ao luxo de deixar sair os jogadores sob pena de não termos dinheiro para sobreviver. Não acredito que ainda alguém acredite no milagre económico. E se acreditam, deixo-vos a novidade de que não existe, nem nunca existiu. E isto não encerra em si nenhuma crítica à direcção anterior. São os factos do futebol e da gestão das SAD's em Portugal. Temos que vender e sem vender não vamos a lado nenhum.
      O terceiro problema, que não o é de facto, é que nenhuma sociedade comercial pode ser gerida desta maneira. A irracionalidade por trás de um braço de ferro entre partes não pode existir e ao contrário do que muitos afirmam, a posição negocial do Sporting é forte o suficiente para se conseguirem bons negócios. Nunca foi expectável que alguém pagasse 100M pelo Bruno Fernandes e nenhum tribunal o determinará. Mas isso não quer dizer que não determine um valor "justo" de mercado pelo jogador. 25M a 30M seria o valor mínimo e se ele quiser sair de facto, alguém irá pagar esse valor.
      Quanto ao bc, a linha dele chegou ao fim. Carlos Vieira foi hipótese antes de termos chegado a este ponto. Quando optou por se manter ao lado de bc, mesmo depois de este ter violado descaradamente os estatutos do Sporting, perdeu qualquer espaço no Futuro do Clube. Depois de Madrid foi a solução que defendi. Aliás, defendi que nem sequer devia haver eleições. Saia o bc e o Carlos Vieira assumia a presidência até Março de 2019 e aí sim se realizariam eleições. A opção dele foi outra e agora já não dá.
      Quanto a esta CG, tem dois meses e meio para defender os interesses do Sporting e entregar o clube em Setembro à nova direcção da melhor forma possível.
      O anterior CD não se deve poder candidatar. A violação das regras estatutárias é por de mais evidente e não admito que passe sem uma punição exemplar.

      Eliminar
  9. ...mais vergonhoso ainda foi a roubalheira do futsal ontem. Entreguem já a taça!

    ResponderEliminar
  10. Seria tudo muito lindo se:
    1 - a AG tivesse sido marcada de acordo com os estatutos (nao vimos as assinaturas nem foi confirmada a presenca dos subescritores na AG)
    2 - a comunicacao "social" fosse, como e seu dever, isenta e separasse factos de opinioes
    3 - os tugas nao empranhassem tanto pelos ouvidos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase 10 mil sócios votaram a favor da saída do ex-presidente. E ainda há quem tenha dúvidas que houve assinaturas.

      Eliminar
  11. Infelizmente, parece que BdC deve estar com dificuldades financeiras e tenta agarrar-se à presidência da SAD como tábua de recurso. Tantos e tão bons negócios que fez para o Sporting, pelos vistos confirmadamente sem receber quinhão por fora (ou estas dificuldades que aparenta não apareceriam), e sente-se agora atraiçoado...
    Não tem condições para regressar, mas os Sportinguistas deviam reconhecer tudo o que o homem deu ao clube, e responderam com uma destituição.
    Tem culpas? Obviamente que sim. Mas merece mais. Muito mais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. explica-me sff que eu devo ser muita burro porque raio um Presidente que ganha prémios atrás de prémios, que ganha comissões por baixo da mesa atrás de comissões, que ganha um balúrdio de 10.500 euros por mês, que tem motorista e carro do Sporting, que tem cartão de credito do Sporting, que tem a mulher também a ganhar um balúrdio, pode estar com dificuldades financeiras??

      como pode ser possível um homem que só vê dinheiro a entrar na conta e nunca a sair pode estar com dificuldades financeiras e agarrado ao ordenado??

      porque raio o homem não quererá genuinamente lutar por estar onde acha que tem legitimidade para estar depois de todo o trabalho que fez para fazer crescer o Sporting?

      sei que não criticaste o presidente no sentido que eu estou a escrever, mas quis saber realmente o que te leva, assim do nada, a vir para a net escrever que o Presidente está com dificuldades financeiras.

      Eliminar
  12. Esta comissao esta refem da CS porque esta os ajudou a fanhar aquela porcaria com as mentiras que diziam de BdC. Quando BdC chegou a assembleia estava a votar e ouvi muitas vezes gritarem-lhe que era chato ir perder ou que a derrotafaz parte do dia a dia, numa clara referencia as declaracoes inventadas de BdC. Custou me ouvir aquilo porque é uma vergonha que aquelas pessoas tenham direito a votar na vida do Sporting quando preferem ver a CMTv do que ouvir a conferencia do presidente.
    Edta comissao vai adorar a CMtv e esta vai ser muito amiga ate ao dia em que lhe facam frente como BdC fazia. No entanto, isso nunca ira acontecer porque adora todos sabemos que quem tiver o apoio da CMtv e outras merdas dessas controla os sportinguistas. Deixa se de defendrr o Sporting para defender a imagem pessoal nos media.
    BdC pode ser um estupido arrogante, mas defendia o Sporting sempre contra as injusticas que nos faziam. Agora quero ver como o Varandas (por exemplo) trata do assunto das rescisoes. Vai ter coragem de pedir 100 milhoes de euros aos seus grandes amigos que o adoram e que ele adora.
    Este é o ultimo comentario que faco sobre o Sporting nos proximos 6 meses. Estou convencido que:
    Nao vamos comprar as vmocd nos termos divulgados por BdC.
    Vamos diminuir o apoio as modalidades.
    Vamos negociar os jogadores por valores abaixo dos 20% das clausulas.
    Vamos aceitar de volta os traidores que nao arranjem clube (provavelmente apenas Ruben Ribeiro)
    Vamos tet uma CS amiga porque o Sporting nao lhes faz frente quando abafam as buscas ao Benfica ou outras merdas do genero.

    Se estiver enganado, nao tenho problema de assumi lo, mas infelizmente o Sporting de financas positivas e de luta pelos seus direitos e contra situacoes injustas dos ultimos 5 anos acabou e nao vai voltar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O drama, a tragédia e o horror...

      Eliminar
    2. Plenamente de acordo. Neste pais quem cham os bois pelos nomes ta fdd

      Eliminar
    3. Resumindo. 3.5 milhoes de adeptos e o unico que serve é o "estupido arrogante".
      Isso é pobreza de espirito.

      Já isto é desonestidade pura e dura:
      "Quando BdC chegou a assembleia estava a votar e ouvi muitas vezes gritarem-lhe que era chato ir perder ou que a derrota faz parte do dia a dia, numa clara referencia as declaracoes inventadas de BdC. "

      Inventadas?

      Eliminar
  13. O papel a que se prestaram alguns blogues sportinguistas nos últimos tempos chegou a ser penoso. Houve demasiada conivência e benefício da dúvida para com a direcção agora destituída, um sentido crítico irrepreensível quando o alvo eram membros dissonantes do clube, mas que parecia amolecer ou desaparecer perante erros graves da direcção.

    Todos temos as nossas convicções, mas nestes meses o Sporting passou demasiado tempo em segundo plano. Se as direcções anteriores nos serviram de exemplo para sabermos que queremos um Sporting de e para sócios, que esta sirva para percebermos que o culto da personalidade não serve o clube e que o sentido crítico nunca se deve suspender à condição. A blogosfera leonina deveria aproveitar o momento para fazer um exame à consciência, sob pena de se tornar irrelevante. Digo isto com todo o respeito pelo trabalho aqui feito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo! Ficou pelo menos comprovado que a blogosfera leonina não é de todo representativa da vontade dos sócios.

      Eliminar
  14. Como é possível chegar a isto?
    Este homem endoideceu de vez? Não consigo perceber esta deriva, esta insanidade?
    Como é possível alguém ainda apoiar este demente, este cretino?
    Inqualificável!
    Depois de semanas de palhaçada, 15.000 pessoas. de forma digna e ordeira, vão votar para expressar a sua opinião e amor ao clube, apesar do circo montado por meia dúzia de energúmenos acéfalos aos berros pelo messias... 70%, de forma clara, destituem este louco, apesar da rábula de afinal ter ido à AG, para aumentar ainda mais a confusão, de forma encenada, como todos os que estávamos a votar na altura viram, com o exército de t-shirts brancas a chegar na hora marcada para ir adorar o salvador.
    Depois desta palhaçada, vai para o adorado FB ofender toda a gente que é do clube, a corja de atrasados mentais que não o percebem e reconhecem como iluminado, afinal todos os adeptos.
    E ao fim do dia já mudou o estado de espirito (só pode ser mesmo do tal pó?) e recomeça a palhaçada e o desrespeito pelos adeptos e pelo Clube!
    Bruno, vai bardamerda... tu é que tens que desaparecer e largar o osso... tem um mínimo de vergonha!
    Será que este homem não tem amigos ou família que o ajudem a ter um mínimo de decência e bom senso?
    Inacreditável!
    Expulsem este gajo que se julga dono do Clube, pf!
    Mas quem é este anormal para depois de tudo o que fez e da vontade expressa de mais de 70% dos sócios, impedir seja quem for de entrar no Clube?!
    Isto já é um caso de polícia!
    Pf expulsem este louco antes que ele acabe com o que resta do Sporting!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebes? Eu explico-te, quando uma pessoa é atacada todos os dias injustamente e essa pessoa não se deixa ficar chega a um ponto que se passa e foi o que aconteceu. Está doente por todos os ataques que sofreu e por nós não o termos ajudado na defesa do seu nome e do sporting. é triste ver onde um homem chega por se defender a ele e uma causa em que acreditava e ser atacado por todos os lados todos os dias..

      Eliminar
    2. Ah! Ok!!
      Assim já percebo.
      Porreiro.
      Bruno destrói lá o clube à vontade para defender o teu "bom" nome... como se precisasses de ajuda para dar cabo dele.
      O Sporting que se foda no processo... também aquela merda é só atrasados mentais ingratos.
      Então deve ser mais ou menos isto, certo?
      Obrigado!

      Eliminar
    3. Vou ser muito sincero, ele é atacado porque atacou as pessoas que a maioria dos sócios que votaram nele defendem.

      Ex. Eu apoio o meu melhor amigo, mas se ele pinar com a minha mulher pode esquecer o meu apoio po resto da vida.

      Vida Real: Os socios apoiaram-no nas lutas contra os "ilustres" ou lá como ele os chama, mas quando atacou os jogadores várias vezes sabendo que os sócios defendem ainda mais os jogadores que ele, estragou todo o seu apoio e virou vilão.

      Não foi injusto o que ele teve, foi merecido e claro ficou doente. Mesmo doente ao ponto de precisar urgentemente de ajuda psicológica, que ele anda a estragar a sua vida pessoal e nem dá conta disso.

      Eliminar
  15. Também concordo com o Mestre. Fui apoiante de Bruno de Carvalho até à 2 meses atrás. Nessa altura o CD devia de ter-se demitido e haveria eleições. Não foi feito assim e Bruno de Carvalho pagou pelos seus erros. Marta Soares foi um grande incendiário disto e ao nomear uma brigada do reumático já a cheirar a naftalina ainda deitou mais gasolina para a fogueira.
    O Sporting e os verdadeiros Sportinguistas não mereciam isto. Se Bruno de Carvalho quer ser candidato, que se candidate e se perder que se afaste de vez do Sporting.
    Quem lá está agora que fecha o acordo com ma banca e realiza o empréstimo.
    Quanto aos jogadores, o Sporting deve levar até ao fim esta luta nos tribunais. Fazer acordos com jogadores/empresários/clubes é vender galinha gorda por pouco dinheiro. Voltarem a vestir a camisola do Sporting ? Nunca mais na vida. E se isto acontecer a minha box não é renovada.
    Vamos aguardar com calma.
    Sempre Sporting

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O grande incendiário, o grande responsável, foi BdC. O JMS foi apenas mais um bobo de serviço. Antes e depois de se virar contra BdC.

      Eliminar
  16. Os sócios falaram. Mal ou bem falaram. Não era o resultado que eu queria, mas há que aceitar.
    Concordo na integra com as palavras do Mestre.
    Apenas deixo duas notas:
    - Se BdC não sair de cena, isso pode vir a hipotecar o aparecimento de uma lista alternativa à do "sistema"
    - O jogo de futsal de ontem mostrou bem o que aí vem. O polvo a actuar livremente e sem escrutineo, nem reclamação institucional. Agora podem bater à vontade que a besta já foi controlada.

    ResponderEliminar
  17. Esta Comissão de Gestão está, estatutariamente em modo de gestão corrente, por isso deveria limitar-se a actos de gestão corrente imprescindíveis para a imediata continuidade funcional e operacional do clube. O mesmo se passa com a Direcção interina da SAD. (cont)

    ResponderEliminar
  18. E sobra a roubalheira do futesal, nada !!!
    Tudo normal !!!

    ResponderEliminar
  19. Grande, Mestre...

    O problema é que há pessoas que não conseguem separar o trigo do joio... "Uma coisa é uma coisa..., outra coisa é outra coisa..."

    Bruno de Carvalho (a pessoa) NÃO MAIS TERÁ CONDIÇÕES PARA VOLTAR A SER PRESIDENTE DO SPORTING...
    O 'programa' de Bruno de Carvalho É IMPERIOSO QUE CONTINUE A SER O PROGRAMA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL...

    O problema (medo mesmo), é que poderemos chegar ao ponto de ter Bruno de Carvalho (a pessoa incluída) de um lado, e do outro,..., os medonhos últimos 20 anos... antes dele...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mesmo programa sem BdC. Sempre foi o que defendi desde Maio.
      So que ele não consegue sair de cena, nem sequer para dr o seu lugar ao Carlos Vieira. É definitivamente um mau estratega.
      Agora, até isso comeca a ser posto em causa !!!

      Eliminar
    2. Ao menos do outro lado seremos campeões 2x resta saber se por acaso conseguimos que sejam esses os unicos anos a repetirem-se

      Eliminar
  20. Relativamente ao telefonema de BdC para a SIC N ontem à noite e perante o indescritível argumentário que dele ouvi, fui ver os restantes 5 quadrados do meu boletim de voto. Neles não consta qualquer questionário que leve o presidente destituído pelos sócios a concluir o que quer que seja sobre a "forma e conteúdo" manifestados pelos Sportinguistas votantes...
    Será que me deram um boletim de voto diferente?

    ResponderEliminar
  21. O homem não esta bem nem tem ninguém inteligente que o aconselhe. Podia muito bem afastar-se por agora e daqui a uns meses iriam surgir grupos de apoio e ainda iam pedir para que voltasse. Coincidência, apenas isso, mas assim que ele é destituído, vai-se perder o título no futsal. E é previsível que muitos outros ganhos este ano se percam para o ano. Em menos de um ano iriam pedir por amor de deus para o homem voltar. Assim, queima-se de forma irremediável.

    ResponderEliminar
  22. O Sportingado vai se recandidatar. Então, mas ele disse que vai deixar de ser sócio, e que não vai mais apoiar o Sporting. Também disse que era um verdadeiro Sportingado.
    Deixou de ter condiçoes para se candidatar. Inclusive condições mentais para isso !!!

    ResponderEliminar
  23. Estou de tal forma desiludido com tudo o que se tem passado com o clube, com os responsáveis por esta situação, com a conjuntura desportiva em Portugal, que a minha vontade real é de me tornar indiferente ao fenómeno, deixar de gastar dinheiro e tempo como consumidor de algo que apenas me entristece e revolta.

    Por um lado tenho completa noção do que provocou tudo isto, de todos os interesses e manipulações que levaram a destituição, as constante guerras e jogos de interesses, onde o Sporting foi o maior prejudicado, os Sportinguistas diariamente achincalhados.

    Por outro sou obrigado a reconhecer que Bruno de Carvalho, pessoa a quem defendi até a exaustão e lhe reconheço mérito e respeito pelo que fez no Sporting não pode andar a dizer a mudar de opinião subitamente ou ter declarações como as que teve depois do que se passou na assembleia geral, uma pessoa pode ser honesta, mas ao mesmo tempo tem que ser racional, um honesto irracional não é tem o perfil para gerir um clube como o Sporting.

    E custa-me escrever isto, porque me parece de todo irracional... sobretudo para o Sporting, que este impasse e lutas se mantenham com providências e requerimentos judiciais, o Sporting não pode estar refém disto.

    Preocupa-me igualmente o futuro do clube, porque tenho a convicção que existe um plano já estabelecido para vender a SAD ou a maioria da SAD a um comprador estrangeiro e que toda esta situação tenha sido cozinhada para esse propósito, o Sporting é dos sócios e terá sempre que ser dos sócios, e o Sporting é um clube de várias modalidades e não apenas futebol, o clube deve ter responsabilidade social e fomentar a prática de desporto na sociedade, ser um exemplo nesse âmbito.

    Durante muito tempo revi-me em Bruno de Carvalho porque é antítese do típico político ou pessoa que usa cargos como rampa de lançamento, considero que o seu amor pelo Sporting é genuíno, que as suas razões e frustrações, tem não só sustentação e como também alguma legitimidade, porém, falha em toda a linha na irracionalidade com que horas depois do anuncio da destituição cuspiu no clube, anunciou virar-lhe as costas... para depois anunciar impugnação de tudo e ir a eleições.

    O Sporting não pode ser esta montanha-russa, eu não posso nem devo andar a perder o meu tempo com coisas que hoje são mentira e amanha são verdade, tão pouco quero perder o meu tempo com causas que considero perdidas, e por tudo isso, vou dedicar-me mais a minha profissional e pessoal, e tentar envolver-me o mínimo possível no fenómeno Sporting, participar menos em forums, blogues, já nem os jogos da selecção ou do mundial tenho qualquer interesse em assistir, porque a minha desilusão é tal forma enorme que é como se o Sporting, ou tudo o que o rodeia me tivesse traído, como se o meu amor da minha vida me tivesse cuspido na cara e tenha constatado que andei enganado durante tanto tempo, que o clube e o desporto não é nada pelo o qual valha a pena perder o meu tempo.

    E penso que não serei o único a sentir isto, é com enorme amargura que escrevo e transmito isto, mas é também uma verdade, começo a sentir-me indiferente com o que se está a passar no Sporting, e com o desporto em geral, pois estou a constatar que não é nada que mereça a pena perder tempo.

    ResponderEliminar
  24. Bruno de Carvalho diz:

    "Porque temos de dar a voz aos Sportinguistas mas temos de ser correctos na sua avaliação e depois no cumprimento das formalidades, vou a eleições. Vamos ver quem vence!"

    Vais a eleições é mas é o caraças. Não tens nenhuma possibilidade de escapar a uma longa suspensão por graves ofensas aos estatutos, nomeadamente a de teres tentado alterar os estatutos através de uma AG ilegal marcada por órgãos sociais fajutos. Tu és passado. ACABOU. Vai-te queixar aos juristas que te aconselharam a cometer todas as ilegalidades que te vão tramar. Tchauzinho, sim. Bye bye.

    ResponderEliminar
  25. " Estou, por isso, confiante que aparecerão listas alternativas que valorizarão o desígnio do ecletismo, transparência financeira, intransigente defesa dos interesses do clube e ambição desportiva "

    Deus te oiça MdC.

    É completamente aflitivo ver as acções de BdC completamente instáveis e contraditórias, que estranhamente não acrescentam nada. Parece um velho a contar a história da vida dele, com todo o respeito.

    Posto isto... Prefiro um maluco instável que defenda os interesses do meu clube que um bando de roquettes que não se estão para esforçar muito para contrariar algumas pessoas para lutar pelo bem do clube.

    Temos a certeza de que a comissão de gestão vai tentar negociar os jogadores, humilhando o Sporting e provavelmente prejudicando o financeiramente também. E tenho 99.99 % de certeza que vão querer deitar fora a compra das VMOCS porque foi com a ajuda da Holdimo que não a comissão de gestão chegou ao clube.

    Mas não deixa de ser aflitivo... Este presidente emana um espírito bem diferente daquele que tinha em 2013 e até pior que 2017.

    ResponderEliminar
  26. Penso que o Artistadodia e muitos sportinguistas acreditam no coelhinho da pascoa e no pai natal. O bruno de carvalho pode ter cometido enormes erros mas acho que quem deu o tiro de misericórdia ao Sporting foram os sócios no dia 23. Nada do que esta acontecer espanta-me, a subserviência aos jogadores que saíram e a comunicação social não passa de um agradecimento de bons serviços prestados. Próximo passo o sobrinho compra mais acções do Sporting em troca dos tão necessários milhões. A reestruturação financeira vai ser deitada as urtigas. Daqui a 6 meses o resto da sad é comprada por um grupo americano que pretende comprar o Sporting por 500 milhões. Como o sobrinho tem 30% por enquanto ganha no mínimo 150 milhões, nada mal para quem investiu 18 milhões. Mas o que é mau é o salário do bruno e o cartão de credito.

    ResponderEliminar
  27. Caro Mestre, viu domingo à noite na TVI as declarações de Paulo Paiva dos Santos? Assustador...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apresentou uma eventual lista com João Viegas Soares e Tomás Froes a dizer que iam limpar aquilo facil, nem interessa o projeto... isso logo se via... arranjava-se um consultor que o elaborasse. Mas vale a pena ver as declarações. Depois n me digam q n é o regresso dos croquetes... ate é outra vez o Sousa Cintra a fazer a transiçao. E o CV do João Viegas Soares é muito interessante.

      Eliminar
  28. Finalmente o Presidente Louco foi desitituido e proibido de entrar nas instalações. Não me revejo no tipo de liderança deste senhor. Foi vergohoso demais assistir à demência mental em directo na tv e com o logotipo do Sporting em marca d´agua. Voces que são adeptos tão apaixonados, não percebo como continuam a defender este gajo. independentemente do bom trabalho inicial, NAO SE PODE DESCULPABILIZAR os actos de gestão extremamente danosa ao clube do coracao de todos nós. NUNCA!! E quem não consegue perceber a razão pela qual os jogadores rescindiram, correm o risco de serem apelidados de adeptos onde a razão não conseguiu acompanhar os altos níveis de paixão pelo clube, e isso, por mais romântico que aparente parecer, tem um nome:

    Fanatismo!

    ResponderEliminar
  29. Pelo menos nas primeiras palavras como candidato, o Varandas parece-me vir a poder ser uma alternativa credível e que pode dar seguimento ao lado bom do Bruno de Carvalho. É um homem que sente o Sporting - só alguém muito esquecido não se lembrará de festejos efusivos ao longo do período em que foi médico do Sporting.
    Parece-me ser uma pessoa com um discurso coerente. Vamos ver que equipa terá com ele!

    ResponderEliminar