sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Balanço das arbitragens: 2ª jornada

Paços Ferreira 0-1 Porto (Manuel Mota)

=: jogo sem casos

Nota: anda a circular pelas redes sociais ligadas ao Benfica um vídeo com uma suposta agressão de Martins Indi a um jogador do Paços em plena área do Porto, a poucos minutos do fim. Verifiquei o lance através das gravações automáticas, olhando para toda a imagem (e não apenas para o plano apertado que foi divulgado) parece-me um lance absolutamente normal - em que quer o jogador do Paços quer Indi mudam de direção poucas décimas de segundo antes de chocarem. O próprio telemóvel que filma desloca-se no momento em que o jogador do Paços muda de direção, dando uma sensação errada do movimento desse jogador. O avançado do Paços estava de de olhos na bola e não esperava o impacto, pelo que acaba por ser abalroado pelo holandês, que já esperava o contacto e é mais forte fisicamente. Mas não me parece falta, e muito menos agressão.


Sporting 1-0 Arouca (Nuno Almeida)

47': Carlos Mané cai na área após contacto de Galo; o árbitro não assinala penálti - decisão errada, o defesa do Arouca empurra o jogador do Sporting com as mãos

63': Balliu joga a bola com a mão após cruzamento de Carrillo, o árbitro assinala penálti - decisão certa, é um caso claro de mão na bola

63': Na sequência do penálti, o árbitro não mostra amarelo a Balliu - decisão errada, o jogador do Arouca devia ter visto o 2º amarelo e consequente expulsão

=: apesar dos erros, a arbitragem acabou por não ter influência no resultado


Boavista 0-1 Benfica (Marco Ferreira)

35': Jara cai na área em disputa de bola com João Dias, o árbitro entende que é simulação e exibe-lhe o amarelo - decisão certa, o jogador do Benfica já vai em queda antes de se dar o contacto com o adversário

83': Árbitro anula lance em que Brito remata para golo, por fora-de-jogo de Lucas - decisão certa, o fora-de-jogo de Lucas é milimétrico (mesmo admitindo que a linha da emissão da Sport TV pode não estar bem colocada), mas parece existir, e o jogador do Boavista tenta disputar a bola imediatamente a seguir

88': Golo anulado ao Boavista por fora-de-jogo de Pouga - decisão certa, o jogador do Boavista está adiantado no momento do passe

=: arbitragem sem influência no resultado



Estatísticas da jornada





Estatísticas acumuladas



Classificação



Jogos com influência da arbitragem no resultado

Ainda não houve nenhum.


Erros de arbitragem com o resultado em aberto



Links para jornadas anteriores

1ª J: Porto - Marítimo; Académica - Sporting; Benfica - Paços Ferreira: LINK

6 comentários :

  1. A situação do pénalti assinalado ao Arouca nao se trata de infracção para amarelo.
    Foi instituído que cruzamentos para a área que sejam interceptados com a mão deixam de ser advertidos.
    A nao ser que seja um passe para um jogador em concreto que tenha grandes possibilidades de a receber.
    Cruzamentos assim para a molhada nao vão ver amarelos em nenhuma situação.
    Ja assim foi a época passada e este ano igual.
    A lei mudou, isto esta escrito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde é que isso está escrito, caro anónimo? No ano passado devia andar tudo distraído, porque os lances deste tipo eram punidos quase invariavelmente com amarelos.

      Eliminar
    2. Começam cedo na campanha de desinformação e manipulação. Lance para amarelo mais que evidente, e que atendendo à vermilhice do apitador daria amarelo 2 km mais abaixo e do outro lado da estrada.

      Eliminar
    3. Deve ser daquelas leis "instituídas" e não escritas que apenas se aplicam ao SCP.

      Tenho que tentar ver outra vez o lance do golo anulado ao Brito. Pareceu-me evidente que a linha de fora de jogo está mal colocada e que os jogadores estão em linha. Lembro que em caso de dúvida se deve beneficiar quem ataca. Isto está mesmo escrito :)

      Eliminar
    4. Sar, no lance do Brito assumi q a linha está bem colocada. Olhei para a posição das pernas dos dois jogadores. O do Benfica vai em corrida e com o corpo mais encolhido, o q faz com que a perna esticada do Brito acabe por ficar uns centímetros à frente. De qq forma é verdade a questão da dúvida - e o fiscal de linha não pode ter tido certezas. Um abraço.

      Eliminar
  2. Que grande artista o autor deste blogue, nojo...

    Falta clara de Martins Indi.

    ResponderEliminar