quinta-feira, 15 de outubro de 2015

A investigação da FIFA à transferência de Mangala

Na passada terça-feira, o jornalista Tariq Panja (que acompanha os assuntos relacionados com a FIFA pela Bloomberg) deu a conhecer a existência de uma investigação da FIFA ao negócio Porto / Mangala / Doyen / Manchester City por eventuais infrações ao regulamento de transferências no âmbito do relacionamento entre clubes e fundos. 


Tendo sido o negócio concretizado no verão de 2014, ou seja, numa altura em que os TPO ainda eram legais, como é que esta venda pode constituir um problema para a Doyen e para o Porto? Segundo o que se percebe pelas palavras do porta-voz da FIFA citado pela Bloomberg, na base de tudo isto estará um dos documentos revelados pelo Football Leaks, no qual Porto e Doyen concordaram em negociar separadamente com o Manchester City as respetivas percentagens do passe de Mangala.

A FIFA estará a interpretar este documento como uma prova de que o Porto abdicou de direitos inalienáveis à luz do regulamento de transferências da FIFA, ou seja, a capacidade de determinar o destino de um seu jogador sem a interferência de terceiros. Ou fazendo a leitura numa outra perspetiva, de que a Doyen passou a ter poderes ilegítimos no processo de transferência do jogador. De que forma? A partir do momento em que este documento foi assinado, a Doyen passou a ter o poder de vetar a venda de Mangala ao Manchester City, já que o jogador nunca poderia ser inscrito em Inglaterra sem que os 100% do passe do jogador fossem transacionados. Ou seja, um acordo entre Porto e Manchester City ficaria sempre dependente do acordo entre a Doyen e Manchester City. O fracasso do segundo acordo determinaria inevitavelmente o fracasso do primeiro.

Considerando as excelentes relações entre Porto e Doyen, é evidente que este documento se tratou de uma mera formalidade (estranha, é certo, como tantas coisas na compra e venda de Mangala) que na prática nunca iria causar problemas na transferência. Mas é inegável que ao assinar o documento revelado pelo Football Leaks, o Porto colocou nas mãos da Doyen a capacidade de influenciar a independência de um clube na transferência de um seu jogador, coisa que é expressamente proibida pelo regulamento de transferências da FIFA - independentemente de o fundo acabar ou não por exercer o poder de influência que lhe foi voluntariamente dado pelo clube. O artigo 18bis, 1) é cristalino em relação a isso.

Como é evidente, o Porto terá a oportunidade de apresentar a sua versão e muita água correrá debaixo da ponte, mas a FIFA parece não estar a facilitar nestas situações, conforme se viu no caso do FC Seraing: punido com uma multa e a impossibilidade de inscrever jogadores durante 4 janelas de transferências (ou seja, dois anos).

Resta também saber se a FIFA ficará por aqui. Se estão atentos aos documentos do Football Leaks, então não lhes terá passado despercebido o documento Project Imbula, que sugere a existência de acordos de TPO encapotados já após a sua proibição, e que seguramente constitui uma infração bem mais grave que a eventual irregularidade da transferência de Mangala.

36 comentários :

  1. A partir do momento em que este documento foi assinado, a Doyen passou a ter o poder de vetar a venda de Mangala ao Manchester City, já que o jogador nunca poderia ser inscrito em Inglaterra sem que os 100% do passe do jogador fossem transacionado"

    Mestre, esta interpretação parece-me no mínimo forçada. Não está lá nada escrito nesse sentido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já é conhecido em todo o lado que na Inglaterra é proibido os passes de jogadores serem partilhados por fundos e/ou terceiros. O West Ham que o diga.

      Agora, se a Doyen não tivesse chegado a um acordo com o Man City, a transferência ficaria abortada, já que o City não podia ter só 66% dos direitos económicos do Mangala.

      Eliminar
    2. Hugo, não é uma interpretação forçada. Se o Manchester City não conseguisse chegar a acordo com a Doyen, então não haveria negócio para o Porto.

      Eliminar
  2. Curiosamente, na altura em que o Porto pode ficar proibido de contratar jogadores, o Sporting tenta chegar a acordo com o Carrillo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que exagero ;) o Porto está muito longe de ser proibido de inscrever jogadores. Não vale a pena colocar a carroça à frente dos bois.

      Eliminar
    2. Se até o Barcelona foi, sonhar não paga imposto...

      Eliminar
  3. Este tipo de investigação pode ajudar o Sporting no caso Rojo ?,é a questão que eu ponho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, duvido que tenha qualquer relação com o caso do Rojo. Não me parece que o TAS decida em função das investigações que a FIFA possa ou não estar a fazer. De qualquer forma não "desajudará"... :)

      Eliminar
  4. Mestre, este é um post mesmo à maneira para o gajo dos nicks. Quando acordar e pegar no trabalho vai ser aqui uma verborreia daquelas ;)

    Entretanto a entrevista do nelinho da doyen tb deve dar muito material.

    ResponderEliminar
  5. apesar das muito boas investigacoes que o MdC costuma fazer, nesta nao foi coerente.... aconselho a leitura deste artigo

    http://otribunaldodragao.blogspot.be/2015/10/as-diferencas-entre-mangala-e-ola-john.html

    os lampioes bem tentam, mas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu li o que escreveu o Tribunal do Dragão, manu... é a interpretação dele, e esta é a minha...

      Eliminar
    2. corrrecto
      bom, em todo o caso mais cedo ou mais tarde se vera a decisao da fifa (essa entidade tao pura e limpa)

      estou curioso se tambem vao "analisar" os milhoes que circulam entre carnide valencia e monaco

      Eliminar
  6. Mestre,

    http://www.liberation.fr/sports/2015/10/14/nelio-lucas-le-trader-de-footballeurs_1404086

    está aqui muita coisa interessante. O parágrafo relativo ao Imbula é magnífico. Tudo claro, transparente ... menos a origem do $$. Quem são de onde vêm, etc, etc ...
    Nelio ...uma dona branca do futebol mas mais bem vestida e mais bem sucedido por sinal ;)

    ResponderEliminar
  7. A Bloomberg L.P. é uma Agência de notícias financeiro operacional em todo o mundo com sede em Nova York. A empresa foi fundada em 1982 por Michael Bloomberg, ex-Presidente da Câmara de Nova York de 2002 a 2013. A empresa emprega mais de 15.500 pessoas em todo o mundo.

    (...)

    Actualmente, a Bloomberg está aplicando os seus extensos dados, notícias e tecnologia para oferecer novas ferramentas nas áreas de governo, da lei, da energia e de desporto.

    In Wikipédia...

    Ou seja... Uma Agência de Noticias que factura 8 Mil Milhões a plantar noticiais...

    E que tem mais de 15.500 funcionários e correspondentes avençados em todo o Mundo.

    Lógico, óbvio que esta notícia 'nasceu' em Lixoboa por um desses cuscos que mexem no lixo tipo Nuno Luz, Afonso de Melo ou Leonor Pinhão, para citar alguns mais conhecidos... que
    trabalham como Correspondentes para essas tais Agências de Informação, de Comunicação, de Intoxicação de massas.. e que depois de publicada por esse tal indiano em Londres, é de novo replicada cá em Portugal.. metendo ao barulho até a ninhada de gatinhos e o bando de pardais estagiários da LUSA para depois os Pasquins de Lixoboa poderem publicar como se fosse uma noticia oficial !!!

    E o curioso é que a própria FIFA diz que está a analisar... MAS os mais fanáticos empedernidos, até já dizem 'Investigar!!!

    E são tão imbecis, tão palermas, tão patéticos que nem sabem que a única entidade que poderia invetigar seria a FA da Premier League, pois a FIFA nada tem a ver com isso !!!!

    Mas como a tal notícia plantada fala em FIFA.. continuam o embuste, a ludibriar os tais gatinhos e pardalitos ingénuos e ignorantes !!!

    E até aqui o MdC em 2 dias já é a 3ª não-noticia que faz, publica sobre o FCP, evitando assim falar dos eu clube. E são tão néscios que julgam que o Depto Jurídico do FCP com Advogados portugueses, suiços, americanos andam a dormir !!!

    Coitados..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A FA é que investiga uma violação de regulamentos de transferências da FIFA??!?!? A FIFA não trem poderes nenhum de investigação do cumprimento do seu regulamento? tá bem morcão!

      Eliminar
    2. Depois o MdC leva a mal por eu responder a estes girinos...

      Oh panão, o Reg. da FIFA só entrou em vigor em 30 Abril de 2015. O Mangala foi vendido em 2014 !!!!

      E, nem por te mandarem ler o Tribunal do Dragão.. tu lá vais. Tira as rumelas pa´zinho e não fales daquilo que não entendes.

      Eliminar
    3. IN,ON,IN,ON,IN,ONIN,ON,IN,ON....IN,ON,ON,IN,ON

      Eliminar
    4. hahahhaha adoro quando um jumento levanta as orelhas e pensa que já é gente!!
      É que eu estive a ler uma das versões desses regulamentos que diz na página 3:
      "REGULATIONS ON THE STATUS AND TRANSFER OF PLAYERS
      Based on article 5 of the FIFA Statutes of 19 October 2003, the Executive
      Committee has issued the following regulations and annexes, which form an
      integral part of the basic text."


      E depois tem o 18 bis que diz na mesma
      "Article
      18bis
      Third-party infl
      uence on clubs
      1.
      No club shall enter into a contract which enables any other party to
      that contract or any third party to acquire the ability to infl
      uence in
      employment and transfer-related matters its independence, its policies
      or the performance of its teams. "

      A data do documento é de 2007
      http://www.fifa.com/mm/document/affederation/administration/regulations_on_the_status_and_transfer_of_players_en_33410.pdf

      E uma outra publicação diz
      "The Current Regulatory Position
      The current regulatory position is as follows. In October
      2007 the Executive Committee of FIFA voted to tighten
      FIFA’s rules surrounding third-party ownership of
      players. As of 1 January 2008, the FIFA Regulations
      came into effect. New Article 18bis states that:
      “No club shall enter into a contract which enables any
      other party to the contract or any third party to acquire the
      ability to influence in employment and transfer-related
      matters its independence, its policies or the performance of
      its teams.”
      https://www.teacherstern.com/documents/Sport%20and%20the%20Law%20Journal.pdf

      Caro Asno, como pode constatar uma cenoura não será igual a uma couve!! Certamente estará confundido com a proibição dos TPO que também é um vegetal como a couve mas diferente da cenoura (a influência no negócio)!!!
      Bons Zurros!

      Eliminar
    5. Ou seja, estás a dar-me razão. é que eu já ontem AQUI disse que quem teria de investigar, se houvesse algo de anormal, seria a FA da Premiere League e não a FIFA. É que estás a citar Regulamentos próprios da Premier League, não da FIFA

      E a explicação correta podes lê-la no Blogue Tribunal do Dragão.

      O City comprou 100% do passe do Mangala. Pagou 32 Milhões de £ = 43 milhões de Euros. O FCP recebeu pela sua parte, 30,5 milhões. Ponto final parágrafo.

      - - -

      Não sei o que tem ISSO de mal, de ilegal. O que sei, sim é que foi mais uma não-notícia, plantada na Bloomberg por algum Avençado ignorante e mal informado tipo Nuno Luz ou Afonso de Melo.. só para distraírem a manada. E depois, claro, é óbvio que os pasquins cá em Portugal, em Lixoboa aproveitam para dar palha, milho a gaivotas, pardais e lagartixas..

      Eliminar
    6. Caro Asno não deve compreender inglês mas tente meter num tradutor o que quer dizer:
      "In October
      2007 the Executive Committee of FIFA voted to tighten
      FIFA’s rules surrounding third-party ownership of
      players. As of 1 January 2008, the FIFA Regulations
      came into effect. New Article 18bis states that:
      “No club shall enter into a contract which enables any
      other party to the contract or any third party to acquire the
      ability to influence in employment and transfer-related
      matters its independence, its policies or the performance of
      its teams.”

      Eliminar
    7. Ouve lá, não vale a pena... tu estás falar de cabras e eu estou a falar de ovelhas.

      Já te aconselhei a ires ler o Blogue do TD..

      O City comprou o jogador por 100% do seu passe.. depois se esse valor foi dividido por 2, 3.. que importa isso?!

      Olha não queres comprar, investir comigo num rebanho de cabras.. tu vais pastá-las e e chupá-las, e depois quando as venderes, dás-me a minha parte?!

      :-)

      OK?!





      Eliminar
    8. Tu é que deves de andar a ver se andam por cá mais asnos como tu!! Começaste por atacar a Bloomberg e depois dar como argumento definitivo de o quem tinha o direito de investigar era a FA e que a FIFA nem teria nada a ver com isso, Claro que os dois argumentos são mentirosos!
      Quanto ao TD, nem para limpar o cú me serve mas bom proveito!

      Eliminar
    9. Pela última vez - santa paciência - vou-te explicar, fazer-te um resumo.

      O Mangala foi comprado em 2014 pelo Man City por 32 milhões de £, o que
      em Euros, deu quase 43 milhões. Ponto.

      Desses 43 milhões de Euros, o FCP recebeu 30,5. Ponto.

      Agora, passados 15 meses.. algum Nuno Luz ou Afonso de Melo, cá, em Portugal,
      mal informado e ignorante quis armar-se em esperto e tentar ganhar uns cobres, como correspondente da Bloomberg plantando uma não-noticia. Ponto.

      Vai daí, os pasquins Tugas (90% de Lisboa) pegam na não-notícia e dão-lhe difusão..
      espalham o boato. Ponto.

      - - -

      OK?!

      Agora pensa a que propósito, 15 meses depois, vão buscar essa não-notícia para tema de Capa?!

      Olha, pergunta aos Deptso de Comunicação dos clubes SLB e SCP.. como é que se plantam essas tretas para distrair a maralha, 15 meses depois do baptizado feito!!

      Ponto.

      Eliminar
  8. na próxima janela de transferencias os clubes terão de revelar todos os documentos que acompanham as transferencias dos jogadores nomeadamente a partilha de passes. Os jogadores terão de confirmar por escrito as percentagens dos passes de cada parte para evitar que só o clube seja futuramente punido em caso de TPO. Vamos ficar a saber o que se compra e o que se vende, quem compra e quem vende.

    ResponderEliminar
  9. Como o tema deste Post não tem por onde se lhe pegue, e é mais uma noticia recessa, ressabiada, a procurar distrair a ninhada, sugiro aqui ao MdC que 'analise' e 'investigue' esta noticia do Maisfutebol:


    http://www.maisfutebol.iol.pt/reportagem/vilafranquense/ha-uma-ponte-em-vila-franca


    «Por detrás destes projectos estão normalmente empresários de jogadores: foram eles que pegaram em emblemas como o Corinthians Alagoano, o Desportivo Brasil ou o Grémio Anápolis. Em Portugal a lista de clientes destas plataformas negociais é longa."

    «Isto é o futuro. Com a alteração na FIFA da forma dos negócios acontecerem, e na limitação de fundos, o caminho é cada vez mais as empresas de agenciamento estarem nos clubes. Este é o futuro e nós já estamos à frente de muita gente», frisa Rodolfo Frutuoso, empresário da Eurofoot e presidente da SAD do Vilafranquense.»

    Ou seja, o FCP foi o 1º em Portugal a seguir, a liderar este caminho (para combater o poderio económico dos Magnatas e Multi-milionários russos, árabes, chineses Donos dos Chelseas, PSGs, Manchesters..) e depois, claro, obviamente o SLB e o SCP como bons seguidores - imitadores, copiadores, plagiadores - fizeram igual, foram atrás do FCP.

    E a maioria da ninhada de girinos e do bando de pardais, como são básicos, ignorantes, analfarrecos.. só passado 1 ano, 2 anos é que se apercebem, abrem a pestana, destas formas de poder fazer frente, combater, lutar contra os tais clubes tubarões da Europa!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. IN,ONIN,ON,IN,ON,IN,ON, IN,ON a ZURRARR desde 18...ups ups 19...ups IN,ON,IN,ON,INONNNNNNNNNNNNN.

      Eliminar
  10. Já se previa a reacção do palerma.

    Num texto com vários parágrafos, pouca substância e muito insulto. É normal, visto que pousa muito no NGB.

    No entanto, nota-se que já foi bastante pior. As réguadas que levou do dono do blog fizeram-lhe bem.

    Com jeitinho, qualquer dia, estará aqui a argumentar como uma pessoa normal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão.. ontem apercebi-me, dei conta de que não estava ser correcto com vocês.
      Peço desculpa, Não se deve pisar, tirar partido, gozar de quem está por baixo, desmoralizado, frustrado.

      E vocês, coitados, estão fartos de serem pisados, de serem o elo mais fraco, de serem os biobos da corte, fazerem figura de ursos com os Cintras, Gonçalves, Roquettes, So ares, Bettecnourts, Godinhos, Teles, Duqes e cenas tristes.. e agora levam com um membro da claque da Juve Leo. Realmente é dose a mais. Vou deixar de vos picar.. se fosse ao contrario eu - reconheço - também levaria a mal. O meu mal é que falo de barriga cheia.

      Já vi o meu Clube ir a 11 Finais Internacionais e vencer, ganhar 7 !!!

      Eliminar
    2. IN,ON,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ION BURROOO a ZURRARRRRRR

      Eliminar
  11. IN,ON,IN,ON,IN,ON, IN,ON,IN,ON,IN,ON,IN,ON.....sempre a ZURRARRRRR

    ResponderEliminar
  12. Águias pedem a Jesus um euro por cada adepto
    ENCARNADOS FALAM EM "VALOR SIMBÓLICO" POR DANOS NÃO PATRIMONIAIS


    O Benfica exige a Jorge Jesus o pagamento de uma indemnização de 14 milhões de melões, na sequência do corte de relações entre o antigo treinador e o clube da Luz, que terminou com a polémica ida do técnico para o rival Sporting.

    #lampionism

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chegou-me aos ouvidos que o Orelhas anda muito ofendido com os sportinguistas e como tal vai pedir uma indemnização simbólica no valor de 600 milhões de euros para serem entregues a título de donativo para uma instituição de caridade de nome Novo Banco !...

      Eliminar
    2. http://verdadeleonina.blogs.sapo.pt/clube-fantasma-que-nunca-realizou-um-10689

      É tudo transparente no clube do Orelhas !...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  13. Estes jornaleiros... epah pelo menos dignifiquem o clube corrupto que vos paga os ordenados, anda o Midas a largar o guito para voçês dizerem disparates...

    nova medida lampionica

    ...megabites... classic lampionism

    ResponderEliminar