sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Um precedente muito perigoso


Durante a partida de ontem no Cazaquistão, foi noticiado que Fábio Coentrão foi suspenso por um jogo por causa de um incidente ocorrido no final do confronto entre Porto e Sporting para a Taça da Portugal. Na base da suspensão está o relatório do delegado ao jogo (e não observador, como diz a notícia acima), que viu Fábio Coentrão cuspir na direção dos espectadores.

A suspensão de Fábio Coentrão será cumprida na próxima segunda-feira, no jogo contra o Tondela. Uma baixa importante numa partida que se adivinha complicada.

Esta decisão abre um precedente muito perigoso. Desconheço se há imagens que suportem o relato do observador. Não havendo, é com enorme preocupação que olho para esta suspensão, porque fica aberta a porta para qualquer delegado ou observador arranjar livremente pretextos para suspender jogadores.

Convém não esquecer que a divulgação dos emails do Benfica nos permitiu saber que a teia de interesses inclui delegados. Vale a pena recordar o caso de Simões Dias, antigo delegado da Liga, a quem foram "desenrascados" dois bilhetes para o Benfica - Nacional, jogo do título de 2015/16, por, segundo Paulo Gonçalves, ter feito uma omissão num relatório de jogo que o "safou" a ele e a Nuno Gomes de uma sanção mais pesada. Simões Dias acabaria por sofrer as consequências dessa omissão ao ser supenso por 18 meses por falsificação de relatório. Não estou, obviamente, a acusar todos os observadores e delegados de serem capazes de fazer servicinhos destes... mas se é possível haver um delegado a omitir para ajudar um clube, então não é impossível que haja um delegado a mentir para prejudicar um clube.

Para além disso, registe-se o facto de a suspensão ter sido dada pela secção não profissional do Conselho de Disciplina, que é composto por José Manuel Meirim e pelos seguintes membros:


Convém relembrar que três destes cavalheiros - Vítor Carvalho, Leonel Gonçalves e Jorge Amaral - são três dos elementos a quem o Benfica ofereceu bilhetes para o Benfica - Juventus por estarem cheios de moral por terem evitado uma suspensão a Jorge Jesus, na altura treinador dos encarnados:


Não estou a dizer que Coentrão não tenha feito aquilo de que foi acusado - não tenho forma de saber -, mas é fundamental que existam elementos de prova concretos que não se limitem à palavra de um qualquer delegado ou observador. No atual estado de suspeição que existe no futebol português, são legítimas as dúvidas sobre se não serão fretes levados a cabo por meninos queridos ao serviço de um determinado clube.

26 comentários :

  1. Castigar por cuspir para o público é um precedente perigoso? heheh

    O que dizer então de insultos racistas que não valeram castigo?

    Continue com a areia/choro, tem dado imensos frutos. heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quais insultos racistas? Aqueles de que se queixou Alan(Braga) e que o vosso finado Eusébio enxovalhou dizendo que "o que foi dito não são insultos...são verdade, és preto e deves ter orgulho nisso", escamoteando os grunhidos e gestos simiescos de algum público?
      Trata-te, JF, há coisas que nos deveriam levar-nos a olhar os nossos telhados e, só depois, falar.

      Eliminar
    2. Não urso, vê se aprendes a ler. Precedente é se a suspensão se baseou única e exclusivamente na palavra do observador. Aprende a ler antes de vires para aqui. É tudo tédio de não teres tido uma semana interessante?

      Eliminar
    3. Este é o rudolfo do nabo a dias disfarçado. Serve-se no mesmo fornecedor de legumes ...

      Eliminar
  2. Eu por acaso penso que o precedente perigoso é um jogador mandar o árbitro para o Caraxxx na sua cara e nem um amarelo receber... Por acaso acho que precedente perigoso é um jogador chamar preto de Mxxxa a outro jogador e nem um jogo levar... por acaso acho que precedente é um jogador partir o banco e nem uma multa paga. FACTOS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mandar para o caralho o treinador? Valeu algum processo disciplinar ao pizzi?

      Eliminar
    2. Já que estás tão indignado.

      Eliminar
    3. Não é novidade nenhuma estares convencido de que o que tu pensas(?), martinholas, passar a ser um facto. Compra um nabo. Ou pede emprestado ...

      Eliminar
    4. Outro que não tem palha no ninho!
      Xô!

      Eliminar
  3. Mas mesmo que o tenha feito, cuspir é proibido? Não estamos a falar de cuspir para algum colega de profissão, árbitro, apanha-bolas, etc., mas cuspir para o ar, "na direcção", é proibido? Pode ser censurável, mas castigar com que pressuposto? E para onde se pode cuspir? Para o chão?, devia ter virado a cara na direcção dos adeptos do Sporting? Junte-se a isto o castigo ser baseado apenas numa suposta visualização de delegados de uma secção NÃO PROFISSIONAL, e o castigo ser cumprido na liga, numa competição PROFISSIONAL, mas estar tudo inquinado. Mais um tesourinho deprimente para o baú das "merdas que só acontecem connosco"!

    ResponderEliminar
  4. Que filhadaputice!
    Agora qualquer acto de indisciplina terá sempre atrás a desculpa dos emails?
    Esta atitude porca cuspideira é uma das maiores faltas de respeito, seja para com os colegas de profissão seja com o público. Um jogo é pouco.
    E aguarda-se ainda o castigo exemplar ou a irradiação por ter colorido de tons negros o Marega. Ai se tivesse sido numa prova da UEFA (no to racism).
    É destes jogadores que o nosso futebol não necessita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com umas asinhas brancas, eras um anjinho papudo. Que querido, também serás gordinho, meu anjo??

      Eliminar
    2. "Ai se tem sido numa prova da UEFA"

      Clube dos assassinos, traficantes de droga, corruptos, claques ilegais...

      Vai comentar o teu clubezeco

      Eliminar
    3. Mas dar cacetadas aos colegas de profissão podendo pôr em causa o seu futuro no futebol aí está tudo bem não é? :)

      Eliminar
    4. Queres mesmo falar de filha-da-putices, tu? ou de atitudes porcas ou faltas de respeito?? tira o nabo, põe pomada e espeta com outro na peida outra vez. Ah, e aproveita e vai bardamerda, dançarino.

      Eliminar
    5. Mais um sem palha no ninho!
      Impressionante!
      Xô...

      Eliminar
  5. O Coentrão só foi castiga "por ter cuspido", para não o ser por atitudes como a que se viu relativamente ao árbitro a quem mandou para o ca*%&*$ e pela BOCA RACISTA dirigida ao Marega (sorte a dele que o Marega não lhe fez o que o George Weah tinha feito ao Jorge Costa por atitudes RACISTAS)! A publicação da fotografia do Coentrão abraçado ao William, para provar que o Coentrão não é RACISTA diz tudo. Precedente perigoso? Nah! A eterna hipocrisia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fala o lampião cujos jogadores dão cacetadas a torto e a direito, mandam treinador para o caralho e continuam com a ficha limpa. Que nunca acabe essa vergonha na cara. BENFICA É MERDA

      Eliminar
    2. Oh Saraiva o Weah partiu a cara ao Jorge Costa por causa das entradas assassinas e não por atitudes racistas.
      Está mesmo a dizer que o CD inventou uma desculpa para castigar o Coentrão?
      Se calhar esse é um precedente perigoso, não?

      Eliminar
    3. Há mesmo falta de palha para os lados do galinheiro!
      Xô...

      Eliminar
  6. Mestre e que tal esta entrevista a um dia da AG?

    https://www.noticiasaominuto.com/vozes-ao-minuto/957154/nao-ha-um-polvo-acho-e-que-ha-muitas-lulas

    ResponderEliminar
  7. 4 comentários, 3 de lampiões. Está a tocar na ferida Mestre :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora bem! ... se bem que o que já não faltam são feridas nessa pandilha. Já é fácil.

      Eliminar
  8. A pujança com que os rabolhos de serviço comentam isto é a mesma com que se calaram nos post sobre o Luis "Arguido" Vieira. Alguém pode pensar que estão a ser pagos.

    ResponderEliminar