quinta-feira, 15 de março de 2018

A revolta de Rui Pedro Braz contra a invasão de privacidade

Ao longo dos últimos anos, um acompanhamento completo dos temas que vão dominando o futebol português vem exigindo competências cada vez maiores que há muito ultrapassaram o mero conhecimento das regras do jogo, já que coisas tão díspares como a estratégia de comunicação ou a saúde financeira dos clubes são tão debatidas como o que se passa dentro das quatro linhas. Mas na passada terça-feira, provavelmente teremos alcançado um novo pináculo no que diz respeito à aplicação de conceitos de outras áreas ao futebol.

Como é sabido, Luís Filipe Vieira anunciou, após o final do jogo com o Aves, que o Benfica iria criar um gabinete de crise para acompanhar e agir sobre quem causa danos à marca.

Há quem tenha visto nisto uma medida que se impunha. Há quem tenha pensado que é apenas uma formalização, ou seja, dar uma designação formal a algo que já existia há meses, desde que o escândalo rebentou - é óbvio que o Benfica há muito que acompanhava de perto o assunto do ponto de vista comunicacional e jurídico. E há quem veja aqui uma manobra intimidatória em desespero para tentar conter um fluxo de notícias que, efetivamente, são muito prejudiciais para a reputação do clube. Portanto, houve reações de apoio, ceticismo e de desvalorização da medida. Mas depois, numa categoria à parte, houve a reação de Rui Pedro Braz:


É extraordinário: até nisto estão dez anos à frente. Braz acha que, no futuro, todos os clubes terão gabinetes para gerir este tipo de situações. É caso para dizer: "Saí da frente ó Drucker!", o Braz dos défices positivos parece querer também enveredar pelo ramo da estratégia organizacional. 

Obviamente que é ridículo que Braz esteja a tentar convencer o seu público de que esta medida do Benfica é algo de inovador no mundo do futebol, como se a reação natural de qualquer organização em situações de crise não fosse chamar pessoas de vários departamentos que, de uma forma ou outra, podem ter contribuições importantes para dar para a contenção ou resolução de situações muito delicadas. Seja no futebol, seja numa empresa, seja num organismo público, seja no Vaticano, isso sempre se fez. As únicas coisas realmente inovadoras neste caso são a teia intricada de influências que o clube tem, e o facto de haver várias iniciativas em várias frentes (leaks, PJ) para desmontar toda essa rede.

Por falar nos leaks, também foi curioso assistir, nesse mesmo programa, a ênfase que Rui Pedro Braz deu à questão da violação de privacidade. Tem sido um tema recorrente no seu discurso, como poderão ver neste pequeno vídeo:


Basta recuarmos um par de anos no tempo para vermos que a questão da violação de privacidade nem sempre foi uma preocupação fundamental para Braz. Por exemplo, quando decidiu noticiar ao cêntimo o valor auferido por Jorge Jesus quando este passou a ser treinador do Sporting:


Para quem se preocupa tanto com a privacidade, é estranho não levar em consideração o direito que um indivíduo tem de não ter o seu salário a ser dissecado na praça pública.

Claro que, para ser justo, o salário de Jorge Jesus era um tema quente na altura, e quem o divulgou inicialmente foi o Football Leaks, ao disponibilizar o contrato entre Jesus e o Sporting no seu blogue. Portanto, acho normal que Braz tivesse feito esta análise, como seria normal que fizesse outras análises igualmente exaustivas com os dados disponibilizados nos últimos meses sobre o Benfca -como, por exemplo, a inclusão na venda de Gaitán de direitos de opção de jogadores do Atlético Madrid para empolar artificialmente o valor da venda, ou o facto de Jonas receber parcialmente o salário através de uma empresa do irmão. Resta saber por que não o fez nestes últimos casos. Será que tem andado distraído?

Mas já que falamos em Football Leaks, vale a pena recordar a opinião de Braz quando eram os documentos privados do Sporting a serem despejados na internet:


Recapitulando:

Football Leaks? "A forma como nós estamos a ter conhecimento de inúmeras coisas relacionadas com o futebol que até há bem pouco tempo não tínhamos, isso é positivo!"

E-toupeira? "Isto é uma coisa que não pode acontecer. Em primeira instância estamos a falar de um crime de invasão de privacidade, estamos a falar de um crime de divulgação de informação privada." 

Eu diria que a frase sobre o Football Leaks assenta que nem uma luva ao caso do e-toupeira, mas pelos vistos há privacidades de primeira e privacidades de segunda. É assim quando se fazem análises em função dos protagonistas e não em função dos factos.

39 comentários :

  1. É que a parvoice é tanta que só apetece dar-lhe um par de estalos pra ver se acorda daquele torpor nacional-lampiânico... Isto irrita, chiça!

    ResponderEliminar
  2. "E você? Já reiterou a sua confiança em Paulo Gonçalves, hoje?"

    ou

    "Manter publicamente a confiança em Paulo Gonçalves uma vez por dia, nem sabe o bem que lhe fazia"

    ResponderEliminar
  3. O último video não é uma raminha, é a frondosa copa do mais gigantesco nabo do universo. Aposto que a rudolfa está invejosa! O nabo que enfiaram no do brás é muito maior do que o que lhe enfiaram no dela ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já sei porque é que tu, Conadana, andas sempre com o nabo na boca.
      Deve ser por influência de outro Leão, o Tolstoi e do seu Nabo Gigante que tu idolatras:
      https://www.wook.pt/livro/o-nabo-gigante-alexis-tolstoi/79353

      Eliminar
    2. Por muito que te contorças, rena, não enganas ninguém. Já não há manobra de diversão que te safe.
      Quanto ao Nabo Gigante: é o do brás, pá! o teu é menor. Querias um e trabalhas para isso, é verdade, mas ainda não tens estatuto.

      Eliminar
  4. Diz Braz que "mais importante é o que a minha ética me obriga a fazer". E eu a pensar que ele tinha trocado a ética pessoal e profissional por um contrato que o impede de fazer jornalismo e dizer mal do Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a ética do Braz obriga-o também a pagar almoços nas repartições públicas para resolver um problema, como revelou há dias. Em ética, o Braz é um doutor.

      Eliminar
  5. Na mouche! Denunciar esta dualidade de tratamento por parte de supostos 'jornalistas' é um imperativo moral. De novo um grande trabalho

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Sem dúvida, a merda que lampiões como o Braz debita é mesmo aborrecida ó Bilhas...

      Eliminar
  7. Esse gajo merece cada cêntimo que lhe pagam para dizer estas alarvidades. E para não ter espinha dorsal.

    ResponderEliminar
  8. Dia 18 há mais novidades do #Paródia...Gigas e Gigas,o Brás é uma marioneta do mais famoso gabinete de crise do mundo !..ehehehehehehe

    ResponderEliminar
  9. Será que Rui Pedro Braz também se vai revoltar contra os processos seguintes que foi um e-sapo que mos transmitiu? Tal como outros que vocês adoram ver publicados, espero que também publiquem este:
    http://cdn.cmjornal.pt/images/2018-03/img_757x498$2018_03_12_23_42_20_718247.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. uau.... reclamações graciosas. uau... mas falares sobre processos CRIME nos quais o teu presidente é arguido está quieto :)

      Eliminar
    2. Bravo... tanta investigacão deve ter-te gasto a mioleira... vamos esperar que chegues até ao fim do mês inteiro, porque com o neurónio a trabalhar tanto ainda te dá o badagaio... cuidado, toma muito rennie para ver se alivia um pouco.

      Eliminar
    3. Jotinha1904, não te esqueças que arguidos podem ser inocentados, por isso para quê difamá-los ou dar publicidade gratuita a quem pode ser inocente? Não merecem.

      Eliminar
    4. também tinhas esse discurso no tempo da fruta?

      Eliminar
    5. Não.
      Mas os tempos evoluem e temos que nos adaptar a eles.

      Eliminar
    6. Fecha os olhos para não seres cego.

      Eliminar
  10. UM AUTENTICO CHUPA CÚS
    DIZ E DESDICE AO MESMO TEMPO
    METE OS PÉS PLAS MÃOS
    A falta de criterio devese ao estar vendido ao benfica comportase como tal
    Um semvergonha

    ResponderEliminar
  11. Este Brás é mais do mesmo, jornaleiro com contrato com o Benfica proibido de falar mal do clube, avencado de certeza, este é a porcaria que vai passando na TVI,dá vomitos ouvir esta gente.

    ResponderEliminar
  12. Aqui está, outro, exemplo da estupidez humana. É degradante saber que existem pessoas tão reles como este RPB.

    ResponderEliminar
  13. Existem duas coisas. Por um lado as empresas possuem um gabinete de crise. As maiores têm sempre e mais não é que um grupo de pessoas que pode comunicar o que se passa quando algo corre mal, seja um incêndio, um derrame quimico ou uma morte acidental. Existe sempre alguêm preparado para comunicar com os media e para conter os danos dentro do possivel.
    Por outro lado há o que o carnide implementou agora, que mais não é que um orgão de censura. Nenhuma empresa possui um gabinete que ataca juridicamente quem causa "danos" à marca. O que as empresas possuem é o departamento juridico, que faz o que é preciso, não há cá gabinetes para perseguir os orgão de comunicacão social que escrevem sobre os assuntos, e tudo o mais.

    Isto é ainda mais preocupante quando é desvalorizado pela p*ta que ontem foi ao Parlamento dizer que está tudo bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Por outro lado há o que o Benfica implementou agora, que mais não é que um orgão de censura." - não comprem jornais, não vejam TVs, saiam dos programas desportivos não é censura? Eheheh
      Se não é censura é psicologia pura e dura para carneiros acéfalos.

      Eliminar
    2. Ai essa lampionite... "se querem que eu mude, então façam x, y e z". E as pessoas fazem ou não fazem. De sua livre vontade. É preciso um desenho?

      Eliminar
    3. Realmente Deus quando distribuiu inteligências, devias estar noutra fila... o que o BDC fez, foi pedir aos sportinguistas para não ver programas desportivos e não comprar jornais (coisa que já faço ha muito tempo por vontade própria). Ele não anda a controlar aquilo que cada sportinguista vê ou compra para castigá-los... Isso seria censura!
      Agora agir judicialmente contra qualquer pessoa que publique notícias sobre o benfica já é outra coisa... e não venham falar de segredo de justiça porque pelos vistos também andavam a querer saber dos processos antes dos outros...
      Não percebo o que vos motiva a vir aqui comentar todo o santo dia... Tristeza!

      Eliminar
    4. Ana A Guiar, tens razão nessa das filas, pois Deus também criou uma para os sobredotados.
      Fala com o Vitor Espadachim sobre censura que ele explica-te.

      Eliminar
  14. MdC, excelente a forma como tem vindo a desmontar as teses deste jornalista da treta.
    Recordo que, consubstanciado em trabalho seu, talvez há menos de dois anos atrás,
    lhe enviei um email para a tvi. De forma objectiva e correcta. Que me asseguraram ter sido devidamebte encaminhado. Ainda não teve tempo para a resposta... Atendendo ao teor do que então escrevi, sabendo pautar-me por regras de relacionamento, o seu mutismo diz de que tipo de pessoa se trata.
    Que não lhe doam os dedos para desmascarar este intragável sujeito.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Artista do Dia, certo? O Mister do Café é na porta ao lado.

      Eliminar
    2. MdC Significa Mestre de Cerimónias e não Mister do Café.

      Eliminar
    3. Obrigado, Sérgio Leão pela defesa...
      SL

      Eliminar
    4. jmfiqueiredo passa a vida no do Café que já se baralha todo.
      Até prometeu não mais voltar ao de Cerimónias.

      Eliminar
  15. É pá o Braz é ferrenho do Benfica nunca verá as coisas como jornalista como aqui bem se demonstra vezes, sem conta. Assim que o vi pela primeira vez nestas lides desliguei automaticamente. Só me lembra do pseudo- central com a sua orgulhosa camisola do Benfica nos jogos de futsal entre amigos e do acérrimo defender do SLB que sempre esteve presente no seu discurso pessoal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te iludas camarada, o tipo não é isento porque está no contrato:
      https://opolvo.pt/2017/12/28/rui-pedro-braz-tem-um-contrato-de-licenciamento-com-o-benfica/

      Eliminar
  16. Este cromo faz jus à organização de sócios que dirige o benfica. Enterrados até ao pescoço!

    ResponderEliminar
  17. O bacalhau à Braz é um prato muito apreciado por lampiões.
    Diz sempre aquilo que os acéfalos mais gostam de ouvir...

    ResponderEliminar
  18. Por piedade, já chega de espancar este sujeito!

    Depois de tanto arrear neste atrasado mental só mesmo a velharia info-excluída é que continua a papar as alarvidades do mesmo...

    ResponderEliminar