quinta-feira, 5 de abril de 2018

A conferência sobre a violência no desporto

A Assembleia da República organizou uma conferência sobre a violência no desporto. Foram convidados os diretores dos desportivos para moderarem os vários painéis, que contaram com oradores divesos, como responsáveis de várias instituições e associações (entre os quais incluem-se os presidentes da FPF, da Liga, do Sindicato de Jogadores e da APAF), o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, representantes das forças policiais, e ainda elementos da comunicação social, como diretores e editores das equipas de informação/desporto da RTP, SIC e TVI, um vogal da ERC e a presidente do Sindicato de Jornalistas. Várias outras pessoas assistiram ou participaram das bancadas, com o destaque óbvio para os presidentes de Sporting e Benfica.

É um debate importante que tinha (e continuará a ter) de ser feito, mas que, ou muito me engano, nada de novo trará ao futebol. Aliás, a ideia principal que ficou no final... foi a hipocrisia de muitos dos intervenientes. 

Começo por Fernando Gomes, cuja principal ideia lançada foi a criação de uma entidade autónoma que se foque exclusivamente neste problema. Não consigo deixar de perguntar em que realidade paralela tem o presidente da FPF vivido nos últimos anos. Fernando Gomes, devido à sua inação, é um dos principais responsáveis - se não o principal - pelo assobiar para o lado que tem acontecido na Federação. O CD e o CJ têm meios para punir muitos dos tristes acontecimentos que têm ocorrido nos últimos anos, mas têm optado por aplicar sistematicamente medidas punitivas leves: por exemplo, quando um adepto entrou no Dragão no Porto-Benfica para tentar agredir intervenientes do jogo, nas muitas ocaisões em que adeptos benfiquistas lançam objetos pirotécnicos para zonas onde estão jogadores adversários, elementos das equipas de arbitragem ou adeptos da equipa adversária - sendo que o caso mais grave deste género até foi causado por adeptos do Braga, que atiraram um petardo que acertou num jogador do Moreirense que festejava um golo na final da Taça da Liga da época passada -, ainda no sábado passado o árbitro Luís Godinho foi atingido por um objeto no Braga - Sporting... e nunca houve coragem para interditar os respetivos estádios. Estão à espera de quê? Que aconteça mais uma tragédia?

Convém também não esquecer que é o mesmo Fernando Gomes que patrocinou a ideia peregrina de formar e patrocinar uma claque da seleção, formada com elementos dos grupos de adeptos que são uma parte dos problemas que estiveram em debate - ainda que a milhas dos problemas criados por outras claques ilegais. Ou seja, quando lhe dá jeito, não deixa de alimentar os mesmos grupos que agora quer, supostamente, controlar de forma mais rígida.

Também falou o presidente da Liga, o líder do organismo que achou boa ideia que se realizasse o Sporting - Benfica no dia seguinte ao assassinato de Marco Ficcini. A propósito, alguém se lembra da punição que o Benfica sofreu por causa dos cânticos ofensivos que os adeptos benfiquistas fizeram durante o minuto de silêncio? Pois...

Parece-me que, no geral, ninguém deu grande relevância ao que foi dito na conferência - basta ver como a maior fatia de atenção acabou por ser dedicada à presença dos presidentes de Sporting e Benfica, que ocupou um espaço mediático muito superior a tudo o resto. O que nos leva a outra questão importante que acredito que terá sido ignorada pelos elementos da comunicação social que participaram na conferência: o seu papel em tudo isto.

Não concordo com Bruno de Carvalho quando este disse que o discurso dos presidentes não contribuem para a existência de animosidade e comportamentos violentos por parte dos adeptos, pois parece-me óbvio que as palavras inflamadas e as acusações de parte a parte são um potente combustível para o estado de crispação que se vive. No entanto, concordo inteiramente nas acusações que Bruno de Carvalho fez à comunicação social, que, como muito bem sabemos, faz questão de alimentar as polémicas recorrendo a pirómanos comunicacionais profissionais. Há muito que a esmagadora maioria dos espaços noticiosos e de debate sobre futebol deixaram de ter qualquer valor informativo, dando lugar a entretenimento rasteiro, já que os jornalistas/comentadores/notáveis, em vez de serem escolhidos pelo seu profissionalismo e competência, são, na sua maioria, "colocados" por cunhas de clubes e pela apetência que têm para criar momentos televisivos virais. Ou seja, são espaços que passaram a ser dominados por cartilheiros e palhaços, que vendem fake news e dizem as maiores barbaridades que se possam imaginar sobre os adversários. Há muito que deixou de haver limites para estes indivíduos, que são, sem sombra de dúvida, os maiores promotores da crispação existente.

Basta ver, aliás, a forma como a TVI abriu o jornal da noite de quarta-feira: o tema escolhido foi a conferência sobre a violência, mas abordaram exclusivamente a acusação feita por Bruno de Carvalho à comunicação social... e terminando com um resumo das frases mais polémicas do presidente do Sporting desde que assumiu funções. 


Como puderam ver, sobre a conferência propriamente dita, nem mais uma palavra. Isto é jornalismo sério? Obviamente que não. Sentiram-se ofendidos e decidiram, em vez de informar, alimentar ainda mais a polémica.

Este comportamento da TVI não deixa de ser sintomático do estado das coisas. Apenas demonstraram que, efetivamente, estão-se a borrifar para o que se passa no futebol, desde que isso dê audiências e o seu orgulho permaneça intacto. Entrento, nessa mesma noite, o canal de "informação" da TVI emitiria um especial sobre o Benfica. Participantes: Pedro Guerra e João Malheiro, acabando prematuramente devido à saída deste último em direto por se sentir ofendido pelo primeiro. Isto é que é serviço público, TVI!


37 comentários :

  1. um especial sobre o rabolhense com 2 analfabetos funcionais e não convidaram ninguém da polícia judiciária? nem um convitezinho para a bancada central?

    eu sei que o pisca foi engaiolado mas isso não explica tudo.

    ResponderEliminar
  2. BdC vende muito.
    Quanto mais mal falam sobre ele, mais as audiências aumentam e também maior é a franja de sócios do Sporting a apoiá-lo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "..maior é a franja de sócios do Sporting a apoiá-lo..." - depois das tristes figuras que diariamente nos apresenta? Só se forem nerds ou mentalmente cegos.
      Lê a opinião noutros blogues sportinguistas e vê o orgulho que eles sentem em terem um mentecapto como presidente.

      Eliminar
    2. Tu sabes o que significa nerd?
      Cada vez que falas/escreves só contribuis com mais evidências do teu analfabetismo...
      Nem vou pegar no "mentalmente cegos". Nunca tinha lido tal expressão mas deduzo que te tenha ajudado a ganhar muitos argumentos contra desdentados nas tascas.

      Eliminar
    3. Rudolfo de um neurónio, já percebi que és um leitor assíduo do camarote leonino. Mas não comentas por lá, estranho.....

      Eliminar
  3. Mestre,

    Sobre as intervenções de BdC na Assembleia e a atenção mediática que cada uma das suas intervenções suscita na Comunicação Social, apenas prova que é persona non grata para esta classe.
    O Mister do Café faz um excelente resumo dessas intervenções e como o moderador do seu painel (o Director do Jogo) tentou boicotar estas mesmas intervenções...

    Sobre o programa Malheiro vs. Gordoberra, fez-se juz mais uma vez à lavagem de roupa suja entre lampiões, ficando o jornalista o tempo todo a olhar para aquele triste espectáculo (terá sido ordem do Moniz?)

    Pobre Comunicação Social que tão mal trata o futebol português mas mesmo assim é convidada a moderar debates na casa da Democracia...

    ResponderEliminar
  4. Vamos interditar um estádio por causa de um anormal que atira um isqueiro? O que se deve fazer é apanhar o responsável e impedir que ele volte a entrar num estádio de futebol.

    Quanto ao resto (bdc) nem vale a pena comentar, já o conhecemos bem, ele é perito em sacudir a água do capote.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se proibires o estádio, uma e outra vez, por casos desses, da próxima vez que um anormal tentar mandar um isqueiro leva logo uma lambada do adepto ao lado dele para o impedir. Eu daria de certeza: não quero ver o meu clube prejudicado por anormais. E é esse o objectivo: punir de forma a que todos se sintam penalizados para que todos possam tomar atitudes que erradiquem os anormais.

      Sei que és do sl e-mail mas quero acreditar que consegues alcançar a lógica de um raciocínio destes.

      Eliminar
    2. Havendo casos recorrentes, sim, é de interditar. Os clubes passam logo a vigiar muito melhor os adeptos.

      Eliminar
    3. Pedro, isso faria de si também um anormal. Impedindo o insurreto de voltar a entrar num estádio evitaria-se novos episódios semelhantes e ainda comportamentos como aquele que o Pedro descreveu.

      Penso que consegue compreender isto, apesar de ser fanático.

      Cumprimentos

      Eliminar
    4. É oficial: a "lógica" com que o JF trabalha é digna de alguém a precisar de internamento urgente e permanente!

      Eliminar
    5. Ricardo, então faça o favor de nos explicar como resolveria este problema. Pois... nem deve ter pensado nisso ainda. Cá para mim o Ricardo é um dos que atira isqueiros. heheh

      Eliminar
  5. Por acaso até foi um optimo serviço público. Se mais fizessem o mesmo, não havia espaço de antena para Guerras.

    Mas viu-se no que deu quando o BdC lançou o repto: nenhum paineleiro do SCP largou o tacho, e o BdC continua transloucado no Facebook.

    ResponderEliminar
  6. Concordo que, no fundo, esta conferência sobre a violência no desporto é para "inglês ver". E não irão ser multas e multinhas que vão resolver o problema.
    Mas faltou comentar a birra do Carvalho, MdC. O que diz sobre esta falta de respeito a todos os portugueses em plena "casa da democracia"?
    http://www.cmjornal.pt/multimedia/videos/detalhe/20180403_1848_bruno-de-carvalho-faz-birra-no-parlamento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nem devia estar a responder, mas se queres mesmo saber sobre o assunto vai ler o post sobre isso do Mister do Café.

      Eliminar
    2. Ele não quer saber do assunto. Está mesmo só a seguir a agenda.

      Eliminar
    3. Ler um post do vosso avençado capitão? Encomendado e fantasiado pelos jovens trabalhadores da net? Nunca. Até Goebbels sentia vergonha.

      Eliminar
  7. Engraçado este texto...

    Primeira curiosidade é mesmo como se consegue dar exemplos de maus comportamentos de adeptos, esquecendo completamente o Sporting.

    Curioso que, inclusivé, a direcção do SCP divulgou hoje mesmo um comunicado lembrando os GRAVES incidentes por altura do último confronto com o Atlético de Madrid. Optando também por ignorar que, depois do Benfica, o Sporting é o clube que tem mais incidentes registados pela PSP, bem acima do Porto, por exemplo.

    Segundo pormenor importante é a culpa da CS... Mas porquê?? O clube que retire os seus representantes desses programas!! A CS vive de audiências.

    Finalmente, realmente interessante a maneira como ignoram, consciente ou inconscientemente, o VOSSO papel nessa violência.

    Os blogs dos vários clubes são dos maiores impulsionadores à violência no actual panorama desportivo português.

    No caso do Sporting em particular, existem vários, nos quais incluo ESTE, cujo único assunto é um clube rival. Se isso não é fomentar violência ou, no mínimo, um fomentar e extremar de rivalidades, então o que é??

    Ou será que vocês cuja temática a 80% (número calculado por mim), é o Benfica, acham que saem com as mãos limpas de "sangue" desta história??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sporting não está isento de casos de violência, obviamente, mas nos últimos anos os adeptos mais problemáticos têm sido, de longe, os de outros clubes.

      Eliminar
    2. Como os vossos casuais nas jantas? Os distúrbios em Madrid frente ao Real? Ou com o Atlético em casa? Ou porque aceitaram o confronto com os NN em terreno rival? O multicadastrado Mustafá e sus muchachos?
      São todos a mesma merda MdC, não os distinga pela cor clubística.

      Eliminar
    3. Concordo em absoluto e a resposta do Mestre ainda dá mais força a este comentario. Passam a vida a fugir das responsabilidades, sempre a culpar o vizinho.

      Eliminar
    4. Ainda para mais quando atualmente o maior instigador à violência é precisamente um daqueles que mais responsabilidades deveria ter. Sim, Mestre, refiro-me a bdc (até um miúdo de 11 anos do Braga teve um comportamento inadequado devido a esse presidente).

      Cumprimentos

      Eliminar
    5. JF, quando afirmas que por culpa do BdC é o culpado pelo comportamento que o miúdo teve, passo a saber que o BdC além de Presidente do Sporting é pai e educador de todos os miúdos mal comportados. Assim se prova a tua limitação mental.

      Eliminar
    6. Engraçado Pedro Miguel é esse teu discurso não o fazeres nos blogs do teu clube. Engraçado é afirmares que a CS vive de audiências e esqueces-te que existe um código deontológico. Engraçado é um blog mais representativo do teu clube, constantemente lançar lama e denúncias sobre outros clubes e o teu nome não aparece a criticar. Engraçado é a policia ter concluído que no assassinato do Marco Ficini, foram os adeptos do teu clube a irem primeiro a Alvalade para provocar e os comentadores afectos ao teu clube na TV a única coisa que questionam é o que os adeptos do Sporting faziam perto do estádio da luz. Se há coisa que ainda não percebeste e se calhar nem conheces a palavra, é moralidade para falar.

      Eliminar
    7. 1º Eu intervenho nos blogs do meu clube quando acho que o devo fazer. Ainda há dias fui "ameaçado" pelo administrador de um desses blogs de que me iria bloquear. Não porque fui ofensivo, apenas porque penso pela minha cabeça.

      2º É verdade que a CS vive de audiências, e o código deontológico só se aplica a jornalistas. Portanto, os comentadores podem dizer o que quiserem.

      3º Remeto para o ponto 1. Precisamente por me revoltar este tipo de postura e "lixo", eu critico esses espaços, quer sejam do meu clube ou não!

      4º No caso do Marco Ficcini, ninguém é inocente. NINGUÉM!! Os idiotas do Benfica que foram a Alvalade, fizeram-no porque esse italiano resolver ter a brilhante ideia de, na noite anterior, danificar o mural dedicado ao Eusébio que, salvo erro (eu não sou de Lisboa), fica nas Laranjeiras.

      Ou seja, idiotas são todos os que andam metidos nessas escaramuças, e não apenas "os outros"!!

      Moralidade?? Mas conheces-me de algum lado???

      Pensa pela tua cabeça e não andes a colar o teu próprio nickname na testa!!

      Eliminar
    8. Pedro, esse argumento de não haver ninguém inocente é absurdo. Quer dizer que a partir do momento em que alguém faz alguma coisa que possa ofender outros, esses outros têm legitimidade para matar? Era só o que faltava.

      Eliminar
    9. MdC, não foi isso que eu disse.

      A morte de alguém, pelo menos neste contexto, é sempre injustificável.

      O que eu estou a dizer é que o adeptos do Sporting até começaram as provocações nessa semana.

      Depois, houve um idiota ignorante que acha que as diferenças clubísticas justificam matar alguém.

      Mas não vamos retirar o cerne da questão. Houve provocações de ambos os lados e, segundo foi relatados nos autos policiais, os adeptos do SCP vinham munidos de paus e ferros. Por certo não eram apenas para "intimidar".

      Ninguém pode levar as mãos como Pilatos.

      E, se é isso que este (e outros) blogs querem fazer, então são parte do problema e não da solução!!

      Eliminar
    10. Pedro Miguel, falaste em CS, não em comentadores. Comentadores não pertencem á CS mas quem modera é a CS e é com cada pardal...O que é que a moralidade tem haver com conhecimento pessoal? Se pensas pela tua cabeça gostava de saber a tua opinião sobre toda a "cabala" que existe.

      Eliminar
    11. E tens que ter noção de uma coisa, se não fosse este blog e o Mister do Café muito Sportinguista andava mal e porcamente informado pela CS, sem contar com a manipulação, isto é uma facto!

      Eliminar
  8. Nem tinha visto isso, que comédia. Já não há adjetivos para descrever essa personagem. heheh

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Mestre, o que tem feito não se faz! Permitir que os rabolhos tenham os seus comentários validados, somente com o objetivo de os humilhar pelas suas próprias palavras é muito feio! Mas pronto, sempre dá para rir.

    ResponderEliminar
  10. No caso do "Especial Informação" da BTVI24, parece-me que foi mais um caso de planos que saíram furados. O "senhor" Moniz, provavelmente, quis aproveitar o facto do Recreativo de Carnide estar na liderança para enfiar ali um espaço de exaltação das tropas. O que ficou demonstrado é que, mesmo em primeiro, todas as alegações de batota, corrupção, aliciamento e tudo o mais puseram mesmo aquela casa a arder.
    Aliás, o momento-chave foi mesmo quando o Malheiro perguntou diretamente ao Guerra quantos anos ele tinha de clube, pois nunca o tinha visto antes, fosse nas AG's, fosse nos estádios, fosse onde fosse e este último ficou mudo e calado. E só quase um quarto de hora depois é que o Guerra lá se lembrou de evocar os seus tempos nesse lixo chamado O Independente - pena é que, até agora, nenhum artigo dele a falar de Vale e Azevedo tenha emergido até agora (porque será?).

    ResponderEliminar
  11. Na "lógica" clinicamente demente de alguns: expor podres com argumentos + factos + lógica científica = acicatar os ânimos.
    Mestre, de uma vez por todas, ouça o meu (e mais alguns) apelo: ponha estes avençados da WL Partners à porta da entrada. Só poluem o ar com a sua desonestidade intelectual e, em última instância, insanidade mental. Já nem vontade rir! Pena é o que eu sinto. E como esse é um sentimento pouco nobre de se ter, barrar-lhes a entrada até seria um favor que lhes fazia. Podia ser que começassem a questionar o seu propósito neste planeta e lhes fizesse bem. O primeiro passo para a regeneração é não ser condescendente com eles.
    Fica a dica.

    ResponderEliminar
  12. Mestre, a ironia a concluir o post está de cair para o chão.

    A tvi sentiu-se ofendida por uma coisa que eles sabem bem que é verdade e contra-atacaram. Pena não terem tomates de expor o sistema lampião, e só cobrirem o "discurso de ódio" (o nosso Presidente dizer ânus e que o vieira dirige um cartel)

    ResponderEliminar
  13. Comentam mais rabolhos que sportinguistas.

    É bom que reflictas quw futuro queres para este blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo! É como enumerar artigos da constituição num blog lampião mas depois existe censura nos comentários quando os mesmos não são ofensivos....

      Eliminar