domingo, 22 de abril de 2018

Passo em frente, passo de gigante e um dia que desejamos que seja histórico

Passo em frente

Após ter sido derrotada no Pavilhão da Luz por uns concludentes 3-0 no jogo 1 da final de voleibol, a equipa do Sporting reagiu ontem da melhor maneira aplicando uma vitória também de 3-0 sobre o Benfica. Uma excelente exibição que não deu hipóteses de resposta aos atuais campeões nacionais a partir de meio do 1º set.

O jogo 3 é às 15h de hoje no Pavilhão João Rocha, numa partida que merece um pavilhão a abarrotar pelas costuras.



Passo de gigante

A equipa de andebol foi ao Dragão Caixa vencer o Porto por 30-27, em mais uma exibição categórica. Mesmo com as ausências de Carlos Ruesga e Ivan Nikcevic, a equipa comandada por Hugo Canela teve o controlo do jogo durante a maior parte do tempo e não abanou quando, a meio da segunda parte, o Porto conseguiu aproximar-se em alguns golos no marcador.

Ao contrário de anos anteriores, esta equipa parece psicologicamente inabalável. Em vantagem sabe controlar de forma perfeita o ritmo de jogo e mantém-se concentrada e coesa quando os adversários conseguem ganhar alguma embalagem.

Com a segunda vitória da época (e da história) da equipa de andebol do Sporting no Dragão Caixa, foi dado um passo de gigante rumo à conquista do bicampeonato. Seguem-se agora mais dois jogos de dificuldade máxima: vamos ao Flávio Sá Leite defrontar o ABC e recebemos o Benfica no João Rocha. Vencendo esses dois jogos, o Sporting garante matematicamente o título (só não se sagra campeão de imediato porque precisa de comparecer nos restantes jogos, já que as derrotas no andebol valem 1 ponto).



Um dia recheado de Sporting que poderá ser histórico

O Sporting receberá o Boavista às 20h30 num Estádio José Alvalade esgotado, mas essa partida está longe de ser o prato forte de um domingo recheado de emoções. Às 19h, o Sporting defrontará o Inter Movistar na final da UEFA Futsal Cup. O jogo pode ser acompanhado na Sporting TV, mas também nos ecrãs gigantes do Pavilhão João Rocha - um aliciante adicional para quem for apoiar a nossa equipa de voleibol no jogo 3 da final, às 15h.

Tragam de lá o caneco, rapazes!

7 comentários:

  1. Estava a acompanhar em simultâneo o voleibol e o andebol, e , além da alegria pelos nossos desempenhos, havia algo que sobressaía: a imponência do PAVILHÃO JOÃO ROCHA comparado com o dragão caixa...

    ResponderEliminar
  2. E qual o ponto comum aos desportos aqui citados?
    --Futebol: o Sporting é o clube com maior orçamento, treinador incluído
    --Futsal: o Sporting é o clube com maior orçamento, treinador incluído
    --Andebol: o Sporting é o clube com maior orçamento, treinador incluído. Corresponde ao orçamento de Benfica e Porto juntos.
    --Vólei: o Sporting é o clube com maior orçamento, treinador incluído. Corresponde ao orçamento de Benfica, Espinho e Castelo juntos.

    Benditas VMOCs, eu também quero umas para mim que se pagam tarde, mal e nunca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este lampião continua a comer com a testa os gelados que o Vieira lhe serve...
      Incha novamente em voleibol!

      Eliminar
    2. Desde quando é que o Sporting é o clube com maior orçamento no futebol ó palhaço??

      Eliminar
  3. ... enquanto os jogadores do Benfica são pagos em sandes de presunto e sumos. É normal que o Sporting tenha de investir mais em certas modalidades, é a única forma de competir contra equipas que têm bases muito mais estáveis que só vários anos de disputa de títulos dão. Ainda assim, a diferença não será assim tão grande. Por exemplo, de quem é o jogador mais bem pago no futsal português? Vou dar uma pista: não é jogador do Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Robinho só receberá mais que o vosso Dieguinho se o Benfica for campeão.
      O prémio por este objectivo corresponde a cerca de 1/3 do seu vencimento anual.
      Já o Dieguinho tem vencimento pornográfico fixo. E o Cardinal está a jogar de borla.

      Eliminar
  4. A Rudolfina não lê emails. Não sabe que o funfica paga metade dos vencimentos por baixo da mesa.

    ResponderEliminar