sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Balanço das arbitragens: 4ª jornada

Setúbal 0-5 Benfica (João Capela)

19': Golo anulado a Giovani por fora-de-jogo - decisão errada, o jogador do Setúbal está em posição legal no momento do passe

78': Zequinha cai na área após contacto com Samaris, o árbitro não assinala penálti - decisão errada, o jogador grego dá um pontapé no pé adversário, pelo que deveria ter sido assinalado penálti

=: o erro dos 19' pode ter influenciado o resultado, pois daria o golo do empate ao Setúbal (X2)


Sporting 1-1 Belenenses (Cosme Machado)

45': Jefferson acerta com a mão na cara do adversário, o árbitro não entende que seja agressão - decisão certa, no sentido em que não há agressão; é falta, mas nem sequer justificava o amarelo

55': Nani é derrubado por Filipe Ferreira e cai dentro da área, o árbitro não marca penálti e nem sequer falta - decisão certa, do ponto de vista do lance crítico, pois a falta é fora da área

88': Mané é derrubado à entrada da área por João Meira, o árbitro entende não mostrar o 2º amarelo - decisão certa, Meira é o último jogador a tocar em Mané, mas o sportinguista já vinha em desequilíbrio após uma carga por trás de outro jogador - esse sim, deveria ter visto o amarelo

90': Slimani agarra a camisola de Meira na área, o árbitro não assinala penálti - decisão certa, existem uma série de agarrões e empurrões de jogadores das duas equipas, e tudo numa zona onde a bola não poderia ter sido disputada

90'+3: Jefferson vê o 2º amarelo por protestos - decisão certa, o árbitro neste caso merece sempre o benefício da dúvida; no entanto é preciso referir que Cosme Machado também ajudou a provocar a situação ao empurrar o jogador por duas vezes

=: arbitragem sem influência no resultado


Guimarães 1-1 Porto (Paulo Baptista)

31': Defendi puxa o braço de Brahimi dentro da área numa altura em que seguia isolado, o jogador tenta seguir a jogada e acaba por não marcar; o árbitro não assinala penálti - decisão errada, Brahimi desequilibra-se e parece perder algum do controlo da bola em virtude da ação faltosa do adversário, o árbitro deveria ter assinalado penálti

31': Ao não assinalar a falta de Defendi, o jogador acabou também por não ver qualquer admoestação - decisão errada, o árbitro deveria ter mostrado o cartão vermelho ao jogador do Guimarães, pois travou uma situação de golo iminente

45': A bola bate no braço de Cafu na área do Guimarães, o árbitro não considera ação para penálti - decisão certa, o jogador tem o braço numa posição natural e não podia prever que a bola se dirigiria nessa direção, imediatamente após um toque de cabeça de outro jogador

60': Brahimi cai na área após disputa com Bruno Gaspar, o árbitro assinala penálti - decisão errada, Bruno Gaspar puxa de facto a camisola de Brahimi, ainda bem fora da área, o lance prossegue e já dentro da área embrulham-se sem que me pareça haver falta do defesa vimaranense; é verdade que Bruno Gaspar põe a mão sobre o braço de Brahimi imediatamente antes da queda, mas Brahimi tinha o braço completamente esticado à frente do peito do defesa, o que fazia com que o contacto fosse inevitável

62': Quintero cai na área após choque com Traoré, o árbitro mandou seguir - decisão certa, ambos os jogadores mudam de trajetória, Traoré ganha a posição e é Quintero que promove o contacto

63': Casemiro empurra Tomané ostensivamente num momento em que o jogador estava pegado com Maicon, o árbitro não entendeu ser agressão  - decisão certa, no sentido em que não há agressão, e como tal não havia lugar a cartão vermelho, mas Casemiro devia ter visto o cartão amarelo

69': André André cai na área após disputa de bola com Jackson, o árbitro assinala penálti - decisão certa, Jackson faz falta ao acertar no calcanhar do adversário

72': Golo anulado a Brahimi por fora-de-jogo - decisão errada, o jogador argelino está em posição legal no momento do passe

=: arbitragem com influência clara no resultado; o erro ao não assinalar penálti aos 31', com a consequente expulsão de Defendi, condiciona de forma decisiva todo o jogo; não havendo o erro, dificilmente o Porto deixaria de levar os três pontos para casa (2)


Estatísticas da jornada



Estatísticas acumuladas



Classificação



Jogos com influência da arbitragem no resultado



Erros de arbitragem com o resultado em aberto



Links para jornadas anteriores

3ª J: Porto - Moreirense; Benfica - Sporting: LINK
2ª J: Paços Ferreira - Porto; Sporting - Arouca; Boavista - Benfica: LINK
1ª J: Porto - Marítimo; Académica - Sporting; Benfica - Paços Ferreira: LINK

9 comentários :

  1. Mais uma vez é preciso coerência.
    O penalti fora da área no ano passado não teve influência no resultado porque ficou 5...Quando esse golo bastava para fazer o resultado final e foi o momento decisivo do jogo. Este ano um fora de jogo em que após o apito do árbitro o jogador marca golo com o jogo parado num jogo que fica 5 já é considerado com influência. Quando se não fosse marcado ficava o resultado nas mesmas circunstâncias que ficaria o do famoso penalti. Ou seja ambos os erros dão origem a criação ou manutenção de uma vantagem de 1 golo, mais ou menos no mesmo período do jogo, o resultado acaba 5 em ambos... 1 tem influência e outro não. Se conseguir explicar!
    Não vou discutir novamente o penalti do slimani pq é óbvio que não querem reconhecer.
    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em que jogo, Nuno?

      Dou-lhe outro exemplo igual: Sporting 3 - Belenenses 0, do ano passado. O primeiro golo é marcado a partir de um penálti não existente sobre o Cédric. Coloquei 1X. Igual, portanto.

      Eliminar
    2. E mais, Nuno: nesse Sporting - Belenenses houve pouco depois um penálti sobre o Montero não assinalado (ainda com o resultado a 1-0), que daria a expulsão ao Meira. Mesmo assim não considerei que uma coisa compensasse a outra, e coloquei 1X.

      Continuo à espera que me diga em que jogo é que não fui coerente - não digo que não tenha sido, mas gostava de saber qual.

      Eliminar
    3. Nuno lampião, porco lampião paneleiro,
      és a vergonha de Portugal inteiro.
      O Slimani só agarra o pastel porque foi empurrado primeiro. Não ver isto é ser cego. À boa maneira lampiónica, claro.

      Eliminar
  2. MdC, reveja lá o lance do Brahimi aos 72m veja esta fotografia(http://3.bp.blogspot.com/-PHhGKK1p_W0/VBa9LiXRsgI/AAAAAAAAX6Y/3ocGJKxYVfg/s1600/screenshot018.png), a linha está mal colocada pois deveria estar na anca do jogador do Guimarães, mas note bem onde está a cabeça do jogador do FCP, para mim o jogador está em fora de jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já agora repare na colocação do fiscal de linha está 1,5m à frente do local onde deveria estar.

      Eliminar
  3. Eu mantenho que o golo do Brahimi é muito bem anulado.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Mestre de Cerimónia, vai me desculpar , mas quando diz que o lance do penalti sobre o Argelino é decisão errada do Árbitro, faz-me um bocado de confusão,
    Eu não sou especialista em Arbitragem, mas julgo que nem é preciso ser para ver que o lance é Penalti.
    O Jogador do Guimarães faz duas faltas seguidas, a primeira é fora da área mas a segunda que desequilibra o jogador é dentro da área, e digo mais,o jogador em causa é um jogador exemplar, quando digo que é jogador exemplar refiro-me a não ser manhoso como muitos que andam no nosso campeonato, que com qualquer coisa estão logo estendidos no chão a pedir falta.
    Outro jogador nessa linha é o Jackson, se fosse outro jogador a fazer o penalti que ele fez nem imagino qual ia ser a reacção, mas ele aceitou sem reclamar.
    Mas voltando ao lance, é a primeira pessoa que vejo a dizer que o penalti contra o Guimarães é mal ajuizado, até o RGS admitiu que foi penalti.
    É o único ponto em que estou em desacordo consigo, e olha eu não gosto de fruta. : )
    só acho que temos de ser coerentes.
    Argelino, sabe o que é manipular imagens? Qualquer miúdo da primária pode o fazer.
    No lance em questão o fiscal de linha está mal posicionado só por essa razão marcou o fora de jogo. Não vou pela corrente dos que dizem que é por ele ser Benfiquista.

    António Lamego

    ResponderEliminar
  5. O Benfica dominou claramente o jogo, marcou 5 golos, e depois abrandou o ritmo. Era expectável para o autor do blogue que o Setúbal aguentasse o forcing do Benfica em busca do 2-1!? O Setúbal demonstrou o jogo todo que não estava preparado para suster a forma de atacar do Benfica... oportunidades atrás de oportunidades...

    Na mesma mensagem num jogo que ficou empatado dar a vitória do Porto como certa, e de seguida não dar a vitória por 5-0 como certa, nem que fosse por apenas 1 ou 2 golos é muito difícil de sustentar...

    A partir disto dá para argumentar o que se quiser, não há qualquer lógica...

    ResponderEliminar